Muçulmanos Indonésios

*

22/05/2009 – 14h30
Clérigos muçulmanos indonésios autorizam uso “prudente” do Facebook

Religiosos muçulmanos indonésios pediram aos internautas que utilizem os sites sociais, como o Facebook, com cautela, já que para eles os portais favorecem “as fofocas e as obscenidades”. O pedido foi feito nesta sexta-feira (22), após um debate sobre o quão prejudicial poderiam ser os sites de relacionamentos.

Reunidos em uma escola muçulmana da ilha de Java, os religiosos discutiram o uso da internet e as consequências religiosas, morais e educativas na Indonésia –maior país muçulmano do mundo.

31.jan.06-Reuters

Parte dos clérigos defendeu que proibição do Facebook não soluciona “obscenidades”
Parte dos 700 clérigos reunidos –dentre eles, o Conselho de Ulemás da Indonésia– defendeu durante os debates que a proibição do Facebook não solucionaria o problema.

Os imames estão preocupados com a possibilidade de os jovens indonésios usarem redes de relacionamento para oferecer serviços sexuais através da internet, como acontece na Tailândia.

Ao fim da reunião, os religiosos publicaram um conselho, no qual reconhecem que sites como o Facebook e o Orkut permitem reduzir as fronteiras e favorecer os contatos. “Mas também favorecem as fofocas e a crítica aos demais, algo contrário à lei do islã”, acrescenta o texto.

“Proibimos o uso de Facebook e de outros sites de socialização, caso não favoreçam o ensino do islã”, afirmou à imprensa o porta-voz da reunião, Abdul Muid Shohib.

O Facebook é um sucesso na Indonésia, país com a quarta maior população do mundo, com 234 milhões de habitantes. O uso da internet ainda é limitado. O site é o mais visitado do país, à frente de ferramentas de busca como Google e Yahoo, segundo o Alexa.com, que avalia o tráfego na rede.

Com agências Efe e France Presse
*
Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u570044.shtml
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Anúncios

Peregrinação de Hajj,

*

Peregrinação de Hajj

Muçulmanos se posicionam para orar em Meca.

Centenas de milhares de pessoas lotam a Grande Pesquisa, em Meca, destino dos muçulmanos na peregrinação de Hajj.

Cerca de dois milhões de muçulmanos estão na cidade sagrada para peregrinação religiosa.

Fonte:
http://noticias.uol.com.br/album/081205meca_album.jhtm?abrefoto=12
*