Bhagavad Gita

*

Bhagavad Gita

Por que te preocupas sem motivo?
A quem temes, sem razão?
Quem poderia te matar?
A alma não nasce, nem morre.

Qualquer coisa que aconteça,
Acontecerá para seu bem;
O que está acontecendo,
Está acontecendo para o seu bem;
O que vai acontecer,
Também acontecerá para o bem.

Não deves lamentar pelo passado.
Não deves te preocupar com o futuro.
O presente está acontecendo …
Que perda te faz chorar?

Que trouxestes contigo,
E que achas que perdeste?

O que produzistes,
O que achas que foi destruído?

Não destes nada,
Não trouxestes nada contigo,
qualquer coisa que possuas, recebestes aqui.

Qualquer coisa que tomastes, foi tomada de Deus.
Tudo o que seja que tenham te dado, Ele te deu

Chegastes de mãos vazias,
E voltaras de mãos vazias.

Tudo que tens hoje,
pertencia a outra pessoa ontem,
e pertencerá a outra no dia de amanhã.
Erradamente desfrutastes da idéia
que isso te pertence.

É esta falsa felicidade
a causa de seus sofrimentos.

A mudança é a lei do universo.

O que tu consideras como morte,
É, na realidade, a vida.

Em qualquer momento tu podes
ser um milionário e, no seguinte, podes
cair em pobreza.

Teus e meus, grandes e pequenos
Apagues essas idéias de tua mente.

Então, tudo te pertencerá e
todos serão donos.
Esse corpo te pertence,
Também tu não és desse corpo.

O corpo é feito de fogo, água, ar, terra e eter,
E retornará pára esses elementos.
Mas a alma é permanente – então quem és tu?

Dediques teu ser a Deus.
Ele é o único em quem se deve confiar.
Aqueles que conhecem esta verdade são para sempre livres do medo, preocupação e dor.

Aconteça o que acontecer,
Faças como uma oferta a Deus.
Isso te levará
A experimentar da alegria, da liberdade e da vida para sempre.
*
Colaboração:
Maria Christina Camargo Leal
Pindamonhangaba-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Filhos

*

GIBRAN KAHLIL GIBRAN

Foi um ilustre poeta libanês, filósofo e artista.
Nasceu em 1883 e morreu em 1931.

Sua fama e sua influência se derramaram por todo o mundo.

Suas reflexões e sua poesia foram traduzidas para mais de vinte idiomas, e seus desenhos e pinturas são expostos em grandes cidades do mundo.

Dizem que em certa ocasião, uma mulher que levava uma criança nos braços, propôs a Gibran:
“Mestre, falemos dos filhos”.
E ele respondeu:

Seus filhos não são seus filhos.
São os filhos e as filhas dos desejos que a vida tem de si mesma.

Vêm através de vocês, mas não são de vocês e, ainda que vivam com vocês, não lhes pertencem.

Podem dar-lhes seu amor, mas não seus pensamentos, pois eles têm seus próprios pensamentos.

Podem abrigar seus corpos, mas não suas almas, porque suas almas moram na casa do amanhã, que nem mesmo em sonhos lhes será permitido visitar.

Podem empenhar-se para ser como eles, mas não tentem fazer como vocês fizeram, porque a vida não anda para trás, nem se detém no ontem.

Vocês são o arco por meio do qual seus filhos são disparados como flechas vivas.

O arqueiro vê o alvo sobre o caminho do infinito e dobra o arco com toda a força, a fim de que suas flechas partam velozes e para muito longe.

Que o fato de estarem nas mãos do arqueiro seja para suas felicidades, porque, assim como ele ama a flecha que dispara, ama também o arco que permanece firme.

Por isto vocês tiveram a liberdade de amar e a oportunidade de viver e fazerem suas vidas.

Deixem que seus filhos voem sós de seus ninhos quando chegar a hora e não lhes reclamem para que voltem.

Eles os quererão para sempre e terão também seus lares, nos quais, algum dia, ficarão sós, porém terão sido seus lares e suas vidas.

Deixem-nos livres.

Amem-nos com liberdade, não apaguem o fogo de suas vidas.

Vivam e deixem viver, assim eles os quererão sempre.
*
Colaboração:
Maria Christina Camargo Leal
Pindamonhangaba-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Ser feliz!

*

Ser feliz!


Ser feliz é ter os pés na terra e a cabeça nas estrelas; ser capaz de sonhar, sem medo dos sonhos, mas saber transformar os sonhos em metas.

Ser feliz é ser determinado e nunca abrir mão de construir seu destino e arquitetar sua vida; não ter medo de mudanças e saber tirar proveito delas. Saber tornar o trabalho objeto de prazer e realização pessoal.

Ser feliz é ter força para ser firme, mas ter coragem para ser gentil; é ter coragem para ter dúvida.

Ser feliz é ter o universo como caminho; o amor como lei; a paz como abrigo; a experiência como escola; a dificuldade como estímulo; o trabalho como bênção; o equilíbrio como atitude; a dor como advertência; a perfeição como meta.

Ser feliz á amar a Deus e ao próximo.

(autoria desconhecida)
*
Colaboração:
Maria Christina Camargo Leal
Pindamonhangaba-SP
*

Propriedades da Linhaça

*

Propriedades da Linhaça

Nos últimos anos tem-se publicado uma grande quantidade de informação sobre os efeitos curativos da semente de linhaça moída.

Os investigadores do INSTITUTO CIENTÍFICO PARA ESTADO DA LINHAÇA DO CANADÁ e dos Estados Unidos, têm enfocado sua atenção no rol desta semente na prevenção e cura de numerosas doenças degenerativas. As investigações e a experiência clínica têm demonstrado que o consumo em forma regular de semente de linhaça, previne ou cura as seguintes doenças:
CÂNCER: de mama, de próstata, de colon, de pulmão, etc., etc

A semente de linhaça contém 27 componentes anti-cancerígenos, um deles é; a LIGNINA.

A semente de linhaça contém 100 vezes mais Lignina que os melhores grãos integrais. Nenhum outro vegetal conhecido até agora iguala essas propriedades. Protege e evita a formação de tumores. Só no câncer se recomenda combinar semente de linhaça moída com queijo cottage baixo em calorias.

BAIXA DE PESO:
A linhaça moída é excelente para baixa de peso, pois elimina o colesterol em forma rápida.
Ajuda a controlar a obesidade e a sensação desnecessária de apetite, por conter grandes quantidades de fibra dietética, tem cinco vezes mais fibra que a aveia.
Se você deseja baixar de peso, tome uma colher a mais pelas tardes.

SISTEMA DIGESTIVO:
Prevêem ou cura o câncer de colon. Ideal para artrite, prisão de ventre, acidez estomacal. Lubrifica e regenera a flora intestinal.
Expulsão de gases gástricos. É um laxante por excelência.
Previne os divertículos nas paredes do intestino.
Elimina toxinas e contaminadores.
A linhaça contém em grandes quantidades dos dois tipos de fibras dietéticas solúvel e insolúvel. Contém mais fibra que a maioria dos grãos.

SISTEMA NERVOSO:
É um tratamento para a pressão.
As pessoas que consomem linhaça sentem uma grande diminuição da tensão nervosa e uma sensação de calma.
Ideal para pessoas que trabalham sob pressão.
Melhora as funções mentais dos anciãos, melhora os problemas de conduta (esquizofrenia).
A linhaça é uma dose de energia para teu cérebro, porque contém os nutrientes que reduzem mais urotransmisores (reanimações naturais).

SISTEMA IMUNOLÓGICO:
A linhaça alivia alergias, é efetiva para o LUPUS.
A semente de linhaça por conter os azeites essenciais Omega 3, 6, 9 e um grande conteúdo de nutrientes que requeremos constantemente, faz com que nosso organismo fique menos doente, por oferecer uma grande resistência às doenças.
Contém grandes quantidades de rejuvenescedor, pois retém o envelhecimento.
A linhaça é útil para o tratamento da anemia.

SISTEMA CARDIOVASCULAR:
É ideal para tratar a arteriosclerose, elimina o colesterol aderido nas artérias, esclerose múltipla, trombose coronária, alta pressão arterial, arritmia cardíaca, incrementa as plaquetas na prevenção da formação de coágulos sanguíneos.
É excelente para regular o colesterol ruim.
O uso regular de linhaça diminui o risco de padecer de doenças cardiovasculares.

Uma das características UNICA da linhaça é que contém uma substância chamada taglandina, a qual regula a pressão do sangue e a função arterial e exerce um importante papel no metabolismo de cálcio e energia.

O Dr. J H. Vane, ganhou o prêmio Nobel de medicina em 1962 por descobrir o metabolismo dos azeites essenciais Omega 3 e 6 na prevenção de problemas cardíacos.

DOENÇAS INFLAMATÓRIAS:
O consumo de linhaça diminui as condições inflamatórias de todo tipo. Refere-se a todas aquelas doenças terminadas em “TITE”, tais como: gastrite, hepatite, artrite, colite, amidalite, meningite, etc.

RETENÇÃO DE LÍQÜIDOS:
O consumo regular de linhaça, ajuda aos rins a excretar água e sódio.
A retenção de água (Edema) acompanha sempre à inflamação de tornozelos, alguma forma de obesidade, síndrome pré-menstrual,todas as etapas do câncer e as doenças cardiovasculares.

CONDIÇÕES DA PELE E CABELO:
Com o consumo regular de sementes de linhaça você notará como sua pele volta-se mais suave.
É útil para a pele seca e pele sensível aos raios do sol.
É ideal para problemas na pele, tais como: psoriase e eczema. Recomenda-se também como máscara facial para uma limpeza profunda do cútis.

Ajuda na eliminação do pano branco, manchas, acne, espinhas, etc.
É excelente para a calvície.
Essa é uma boa notícia para quem sofre de calvície. Também é útil no tratamento da caspa.
Use-a como geléia para fixar e NUTRIR teu cabelo. Não use vaselinas que danificam teu couro cabeludo e teu cabelo.

VITALIDADE FÍSICA:
Um dos mais notáveis indicativos de melhora devido ao consumo de linhaça é o incremento progressivo na vitalidade e na energia.
A linhaça aumenta o coeficiente metabólico e a eficácia na produção de energia celular.
Os músculos se recuperam da fadiga do exercício

MODO DE USAR:
Duas colheres de sopa por dia, batidas no liquidificador, se mistura em um copo de suco de fruta, sobre a fruta, com a aveia, no iogurte, café da manhã ou almoço.
Podem tomar pessoas de todas as idades (crianças, adolescentes e anciãos). Inclusive mulheres grávidas.

DIABETE:
O consumo regular de linhaça favorece o controle dos níveis de açúcar no sangue. Esta é uma excelente notícia para os insulina-dependentes.
*
Faça chegar a seus amigos ou toda aquela pessoa que necessite. pois isto pode significar uma grande esperança….!
*
Enviado por:
Severo Moreira
severomoreira@yahoo.com.br
*
Colaboração:
Maria Christina Camargo Leal
Pindamonhangaba-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

O Diamante

*

O Diamante

Um velho sábio hindu chegou aos arredores de certa aldeia e aí sentou-se para dormir debaixo de uma árvore.

Chega correndo, então, um habitante daquela aldeia e diz, quase sem fôlego:

– Aquela pedra! Eu quero aquela pedra.

– Mas que pedra? Pergunta-lhe o Hindu.

– Ontem à noite eu vi meu Senhor Shiva e, num sonho, ele disse que eu viesse aos arredores da cidade, ao pôr-do-sol; aí devia estar o Hindu que me daria uma pedra muito grande e preciosa que me faria rico para sempre.

Então, o Hindu mexeu na sua trouxa e tirou a pedra e foi dizendo:

– Provavelmente é desta que ele lhe falou; encontrei-a num trilho da floresta, alguns dias atrás; podes levá-la! E assim falando, ofereceu-lhe a pedra.

O homem olhou maravilhado para a pedra.
Era um diamante e, talvez, o maior jamais visto no mundo. Pegou, pois, o diamante e foi-se embora. Mas, quando veio a noite, ele virava de um lado para o outro em sua cama sem conseguir dormir.

Então, rompendo o dia, foi ver novamente o Hindu e o despertou dizendo:

Eu quero que me dê essa riqueza que lhe tornou possível desfazer-se de  um diamante tão grande assim tão facilmente!

E você já aprendeu a desfazer-se de alguns diamantes seus assim tão facilmente….?
*
Autoria:
Aylla Harard
Guaratinguetá-SP
*
Colaboração:
Maria Christina Camargo Leal
Pindamonhangaba-SP
*

Sabedoria

*

Sabedoria


A vida tem um lado claro e outro escuro, pois o mundo da relatividade é composto de luz e sombras.

Se você deixar que os seus pensamentos se ocupem com a maldade, você se tornará feio.

Veja o bem em tudo e você absorverá a qualidade da beleza.

Paramahansa Yogananda,
“O Mestre Disse”


Evite olhar a vida
de modo negativo.

Por que baixar o seu olhar para os esgotos quando há encanto por todos os lados?

Pode-se sempre achar alguma falha, mesmo nas maiores obras de arte, da música e da literatura.

Mas não é bem melhor gozar seu encanto e grandiosidade ?


Não se ocupe com os defeitos dos outros.
Use o pó mágico da sabedoria para manter limpas e impecáveis as dependências da sua própria mente.

Pelo seu exemplo, outras pessoas sentir-se-ão inspiradas a fazerem sua própria faxina.

Máximas de Paramahansa Yogananda


Eu nada espero dos outros;
Logo, suas ações não podem se opor aos meus desejos.
 
Swami Sri Yukteswar,
“Autobiografia de um Iogue”


Resolva que você não será mais afetado pelos problemas;
que não será mais tão sensível;
que não será mais vítima de hábitos e humores;
resolva que você será livre
como um pássaro.
 
Paramahansa Yogananda,
“Self-Realization Magazine“


Mantenha no seu íntimo um santuário secreto de silêncio, onde não será permitida a entrada das oscilações de humor, das aflições, das lutas ou da desarmonia. Todos os sentimentos de ódio, vingança e desejos em geral, devem ser deixados do lado de fora. Neste refúgio de paz, Deus lhe visitará.
Paramahansa Yogananda,
“Lições da Self-Realization Fellowship”.


A libertação do homem pode ser definitiva e imediata, se ele assim o quiser; não depende de vitórias externas, mas internas.
 
Paramahansa Yogananda,
“Autobiografia de um Iogue”


Portanto, aquele que ouvir estas minhas palavras e segui-las, eu o compararei ao homem sábio que construiu a sua casa sobre uma rocha: E veio a chuva, subiram as marés, o vento soprou e se abateu sobre aquela casa e não a derrubou, porque estava construída sobre uma rocha.
 
Jesus Cristo,
“Novo Testamento”

Colaboração:
Maria Christina Camargo Leal

Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/

Depressão

*

Exercícios Físicos ajudam a combater a depressão

Pesquisa realizada na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em parceria com cientistas da Fundação Oswaldo Cruz, mostrou que as atividades físicas interferem no humor e no estado mental das pessoas, proposta cultivada por especialistas das áreas envolvidas, como psiquiatras, psicoterapeutas e profissionais da educação física. A comprovação se deu através de exames realizados em diversos pacientes com depressão. Duas vezes por semana, os voluntários caminhavam 4,5 quilômetros por 30 minutos na esteira instalada no Instituto de Psiquiatria, considerando uma atividade moderada sem grandes esforços. O resultado foi positivo.

O diferencial da pesquisa – primeira a tratar razões fisiológicas para implementar exercícios físicos no tratamento terapêutico para a saúde mental – é a forma como a depressão é tratada. Isso porque, normalmente, os estudos eram analisados a partir de sintomas e não de quadros clínicos. “O que a gente queria era ver o efeito do exercício como tratamento da doença. Portanto, era fundamental que avaliássemos pessoas com um quadro de depressão maior.”, explica Andrea Camaz Deslandes, coordenadora do Instituto de Psiquiatria da UFRJ (IPUB) e responsável pelo estudo.

Fonte:
http://www.olharvital.ufrj.br/2006/index.php?id_edicao=156&codigo=2
Autoria:
Cília Monteiro e Marcello Henrique Corrêa

Exercícios físicos podem auxiliar no tratamento de depressão. É o que diz um estudo concluído recentemente, realizado por uma equipe interdisciplinar da UFRJ, em parceria com cientistas da Fundação Oswaldo Cruz. O trabalho foi realizado a partir do acompanhamento de idosos atendidos pelo Instituto de Psiquiatria da UFRJ (IPUB) e rendeu ao grupo de pesquisa o prêmio “Saúde é Vital”, oferecido pela Editora Abril. A pesquisa, coordenada por Andrea Camaz Deslandes, pesquisadora do Instituto, foi escolhida dentre mais de 300 outras publicações participantes.

A idéia de que atividades físicas influenciam o humor e o estado mental das pessoas já era cultivada há um tempo pela maioria dos especialistas das áreas envolvidas, como psiquiatras, psicoterapeutas e profissionais da educação física, mas a pesquisa é pioneira em mostrar razões fisiológicas para incentivar a implantação de exercícios físicos como complemento terapêutico para promover a saúde mental. De acordo com Deslandes, que já havia tido a idéia há mais de três anos, faltava na literatura trabalhos mais objetivos sobre essa relação. “Já existem vários estudos na literatura mostrando que os exercícios poderiam contribuir para algumas alterações no cérebro, mas tudo isso era bem novo. Tentamos então ver o efeito do exercício como tratamento da depressão”, explica.

A depressão a que se refere a professora, no entanto, é que faz o diferencial da pesquisa. Segundo a psiquiatra, que também é formada em Educação Física, esse tipo de relação, quando estudado, era analisado a partir de sintomas de depressão e não de quadros clínicos. “O que a gente queria era ver o efeito do exercício como tratamento da doença, portanto era fundamental que avaliássemos pessoas com o quadro de depressão maior. Fizemos esse recrutamento e esses pacientes que realmente tinham diagnóstico de depressão maior”, conta a pesquisadora.

A pesquisa passo a passo

A vontade de realizar um estudo de peso sobre o assunto já instigava Andrea Deslandes há três anos, antes do começo de seu doutorado. Quando a professora concluiu o curso, percebeu a hora de mergulhar em análises mais profundas. A primeira fase da pesquisa foi o recrutamento de pacientes. Instalada no Instituto de Psiquiatria, a professora teve acesso aos casos clínicos de pacientes com depressão, com mais de 65 anos, critério para participar da pesquisa. Ao final da fase de recrutamento, o grupo havia conseguido reunir 60 idosos. Destes, 30 aceitaram participar das avaliações, mas dez não quiseram participar dos exercícios. O grupo final ficou composto por dez pacientes que realizaram exercícios regulares durante seis meses e dez outros, que permaneceram apenas com o tratamento farmacológico, também continuado para o grupo que se exercitava, por determinação do comitê de ética.

As atividades físicas as quais o grupo foi submetido são consideradas moderadas pela professora. A bateria de exercícios era feita duas vezes por semana no próprio Instituto. “Eles caminhavam por volta de 4,5 km na esteira que foi instalada no Instituto de Psquiatria, por 30 minutos, o que é considerada uma atividade moderada e não representa um esforço muito grande”, explica Andrea.

Depois do período de atividades físicas, era a hora de avaliar os resultados. Antes de começarem o tratamento, os voluntários passaram por exames de eletroencefalografia, que forneceram os dados iniciais da atividade cerebral dos pacientes. Além da melhora nos sintomas da depressão, humor e capacidade funcional, avaliados pelas entrevistas, o estudo se destacou exatamente pela melhora dos dados encefalográficos. “A coisa mais importante para gente foi a resposta da atividade eletroencefalográfica, porque, na literatura mundial, poucos são os estudos feitos com exercícios com pacientes diagnosticados com depressão”, diz a pesquisadora, lembrando que há mais de 400 estudos publicados que avaliam os sintomas da depressão, mas poucos analisam casos clínicos.

Próximos movimentos

Depois dos resultados favoráveis no primeiro momento, o grupo pretende estudar os efeitos de treinamentos de força, que podem ter resultados diferentes do treinamento aeróbico (a caminhada na esteira). A idéia é comparar os efeitos dos dois tipos de treinamento, para propor terapêuticas para outros problemas mentais, como as doenças de Alzheimer e Parkinson. “Vamos começar o recrutamento de pacientes com Alzheimer e observar os efeitos da atividade aeróbia. Num futuro, também pensaremos em propostas para o mal de Parkinson”, informa Andrea Deslandes.

A professora aposta no crescimento da importância do exercício físico no tratamento, diminuindo a necessidade de antidepressivos. Segundo ela, em idosos, essa diminuição seria bem-vinda, já que, nas idades mais avançadas, é comum que o paciente já recorra a remédios para solucionar outros problemas.

Para a doutora, o cenário parece favorável à difusão do conhecimento sobre os benefícios dos exercícios físicos. De acordo com ela, muitos psiquiatras já indicam a atividade física como terapia complementar, assim como a psicoterapia. Entretanto, a falta de conhecimento neurofisiológico das alterações provocadas no cérebro pelos exercícios ainda é a regra.

A expectativa da professora é de que esse conhecimento seja difundido entre a comunidade científica, mas, principalmente entre os pacientes, no caso, os idosos. “Acreditamos que o conhecimento não deva ficar centralizado na Universidade. Fazemos a pesquisa para que a população possa ter esse conhecimento”, comenta. Com isso, Andrea acredita que medidas preventivas possam ser buscadas. Segundo ela, ações desse tipo funcionam melhor e são mais baratas do que tratamentos emergenciais, quando o problema já está instalado.

Colaboração:
Maria Christina Camargo Leal

Publicado em:
http://sinapseslinks.blogspot.com/

AVC – Acidente Vascular Cerebral

*

Agulha que salva!

Uma agulha pode salvar a vida de alguém com começo de AVC.

Uma agulha pode salvar a vida de um paciente com principios de derrame….

Dito por uma professora chinesa.

Guarde uma seringa ou uma agulha para fazer isto – é um método nada convencional para recuperar alguém de um derrame.

Quando um derrame estiver a ocorrer fique calmo.

Independentemente de onde a vitima estiver, não a mova do lugar. Quando o derrame acontece, as veias capilares no cérebro vão-se gradualmente rompendo. Se a pessoa for movida os capilares vão se romper. Se tiver na sua casa uma seringa melhor. Se não tiver, pode usar uma agulha de costura ou um alfinete.

1. Aqueça a agulha/ alfinete para esterilizar e depois dê uma alfinetada em todos os dedos das mãos do paciente.

2. Não há pontos específicos nos dedos para a acupuntura, mas pode picar 1 milímetro perto da unha.

3. Pique até o sangue começar sair.

4. Se o sangue não começar a sair, então aperte com os dedos.

5. Quando todos os dedos começarem a sangrar, espere alguns minutos e depois puxe as orelhas do paciente até ficarem vermelhas.

6. Pique cada um dos lóbulos das orelhas até começar a sair uma gota de sangue de cada lóbulo. Depois de alguns minutos a pessoa começará a recuperar os sentidos.

Espere até que recupere o estado normal e leve-o para o hospital.

Se for levado às pressas para o hospital, a viagem turbulenta vai fazer com que os vasos capilares no cérebro se rompam.

“Eu aprendi a tirar gotas de sangue para salvar vidas através de um médico de medicina tradicional chinesa.. Ele chama-se Ha Bu Ting. Mais tarde tive experiência prática sobre o assunto e posso dizer que este método é 100% eficaz.

Em 1979, eu era professora no colégio de Fung Gaap em Tai Chung. Uma tarde, um outro professor veio correndo para a minha sala e disse ‘Sra. Liu, venha rápido, o nosso supervisor teve um derrame!”

Eu fui imediatamente para o 3º andar. O Sr. Chen Fu Tien estava pálido, o seu discurso era feito através de sussurros, a boca torta – sintomas de um derrame. Imediatamente pedi a um dos estudantes para ir a uma farmácia comprar uma seringa, que usei para picar o Sr.. Chen em todos os dedos.

Quando todos os dedos estavam a sangrar (cada um dos dedos com uma gota de sangue do tamanho de uma ervilha), o Sr. Chen começou a recuperar a sua cor.

Mas a boca continuava torta. Então, eu puxei as orelhas dele para

enchê-las de sangue. Quando as orelhas dele começaram a ficar vermelhas, eu piquei o lóbulo da orelha direita por 2 vezes para saírem duas gotas de sangue E depois o lóbulo da orelha esquerda.

Dentro de 3 a 5 minutos o formato da boca voltou ao normal e a sua maneira de falar tornou-se clara.

Nós o deixamos descansar algum tempo e o levamos para o hospital. Ele ficou lá em repouso por uma noite e no dia seguinte deram alta para dar aula.

Tudo correu normalmente. Não apareceu nenhuma doença derivada do primeiro Socorro que lhe foi aplicado. Por outro lado, normalmente as vitimas de derrame sofrem danos irreparáveis nos capilares do cérebro durante o percurso para o Hospital.

Como resultado, essas vítimas nunca se recuperam.

Por isso, o derrame é a segunda maior causa de morte. Os que têm sorte podem sobreviver, mas ficam paralíticos para toda a vida. È coisa horrível de acontecer na vida de alguém.
*
Colaboradora:
Maria Christina Camargo Leal
Pindamonhangaba-SP
*
Colaborador:
Angelo Celso Ragusa
São Paulo-SP
*

Livros Espíritas, download

*

Livros Espíritas, download

Alguns livros e disponíveis à todos pelo site da Holus.
Os livros são de Domínio Público, muitos estão fora de catálogo.
Já estão no ar.

Holus: http://www.holuseditora.com.br/downloads.html

Relação dos arquivos para download:

ARQUIVOS • Estatuto e Regimento Interno do Grupo Espírita Ramatis – Lages, SC

LIVROS – Obras de Domínio Público para Estudo e Pesquisa

• Alan Kardec – O Livro dos Espíritos
• Alan kardec – O Livro dos Médiuns
• Alan kardec – O Evangelho Segundo o Espiritismo
• Alan kardec – A Gênese
• Alan kardec – O Céu e o Inferno
• Alan kardec – O que é Espiritismo?
• Alan kardec – Obras Póstumas

• André Luiz – Nosso Lar
• André Luiz – Os Menageiros
• André Luiz – Missionário da Luz
• André Luiz – Obreiros da Vida Eterna
• André Luiz – No Mundo Maior
• André Luiz – Libertação
• André Luiz – Entre a Terra e o Céu
• André Luiz – Nos Domínios da Mediunidade
• André Luiz – Ação e Reação
• André Luiz – Evolução em Dois Mundos
• André Luiz – Mecanismos da Mediunidade
• André Luiz – Sexo e Destino
• André Luiz – E a Vida Continua

• Alexandre Aksakof – Animismo e Espiritismo
• Alexandre Aksakof – Um Caso de Desmaterialização

• Antônio J. Freire – Da Alma Humana – “em breve”

• Dante Alighieri – A Divina Comédia

• Ernesto Bozzano – Animismo ou Espiritismo?
• Ernesto Bozzano – Pensamento e Vontade
• Ernesto Bozzano – Enigmas da Psicometria
• Ernesto Bozzano – Cinco Excepcionais Casos de Identificação de Espíritos
• Ernesto Bozzano – Metapsíquica Humana
• Ernesto Bozzano – A Crise da Morte
• Ernesto Bozzano – Fenômenos Psíquicos no Momento da Morte
• Ernesto Bozzano – O Espiritismo e as Manifestações Psíquicas
• Ernesto Bozzano – Comunicações Mediúnicas entre Vivos
• Ernesto Bozzano – Fenômenos de Bilocação (Desdobramento)
• Ernesto Bozzano – O Espiritismo e as Manifestações Supranormais

• Gabriel Dellane – A Reencarnação
• Gabriel Dellane – A Alma é Imortal
• Gabriel Dellane – A Evolução Anímica
• Gabriel Dellane – O Espiritismo Perante à Ciência
• Gabriel Dellane – O Fenômeno Espírita

• Léon Denis – Cristianismo e Espiritismo
• Léon Denis – Depois da Morte
• Léon Denis – Espíritos e Médiuns
• Léon Denis – Catecismo Espírita
• Léon Denis – No Invisível
• Léon Denis – O Além e a Sobrevivência do Ser
• Léon Denis – O Grande Enigma
• Léon Denis – O Porquê da Vida
• Léon Denis – Síntese Doutrinária – Prática do Espiritismo
• Léon Denis – O Probelma do Ser, do Destino e da Dor
• Léon Denis – O Mundo Invisível e a Guerra
• Léon Denis – O Espiritismo e as Forças Radiantes
• Léon Denis – O Espiritismo e o Clero Católico
• Léon Denis – O Progresso
• Léon Denis – O Gênio Céltico e o Mundo Invisível

VÍDEOS • Discovery Science – Reencarnação
*
Colaboração:
Alba Regina – São Paulo-SP
Maria Christina Camargo Leal – Pindamonhangaba-SP
*

Maria Alice Campos Freire

*

“CONSELHO DAS TREZE AVÓS NATIVAS”

Cura e Paz para o Planeta
Palestra e Vivência – Dia 03 de junho, às 19h30, na UMAPAZ

No outono de 2004, treze mulheres nativas de todo o mundo se encontraram no estado de Nova Iorque e concordaram em formar uma aliança. Declararam: “NÓS, O CONSELHO INTERNACIONAL DAS TREZE AVÓS NATIVAS, representamos uma aliança de prece, educação e cura para nossa Mãe Terra, todos seus habitantes, todas as crianças, por sete gerações. Conscientes da destruição sem precedentes de nossa Mãe Terra e dos povos nativos; acreditamos que os ensinamentos dos nossos ancestrais iluminarão nosso caminho pelo futuro incerto. Procuraremos aumentar nossa visão através de projetos protetores de nossas várias culturas: terras, medicinas, línguas e cerimoniais de prece, através de projetos para educar e nutrir nossas crianças”.

América do Norte, Itália, Espanha, México, África, Índia foram alguns dos locais por onde já passaram. Em 2006 foram especialmente recebidas pelo Dalai Lama em Daramsala, e entregaram mensagem ao Papa em 2008. Está prevista a vinda do Conselho ao Brasil em 2010.

No dia 03 de junho, às 19h30, na Semana do Meio Ambiente, a brasileira Maria Alice Campos Freire, membro do Conselho Internacional das Treze Avós Nativas, estará na UMAPAZ para focalizar esse projeto planetário e também expor sua experiência de vida como ativista socioambiental, educadora e pesquisadora da medicina da floresta.

Maria Alice nasceu em 1953 no Rio de Janeiro. Trabalhou na Guiné-Bissau, de 1977 a 79, pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), utilizando seus conhecimentos de educadora a serviço da saúde. No Rio de Janeiro, realizou projetos de educação-saúde nas favelas Morro São João e Morro do Encontro, criando farmácias vivas (jardins medicinais), cartilhas sobre a saúde do povo, etc.

Desde 1989 vive em uma pequena comunidade no interior da Floresta Amazônica, onde sua pesquisa vem se aprofundando tanto na área do conhecimento das plantas, quanto no desenvolvimento das terapias e processos de manipulação dos remédios. Atualmente, dedica-se à pesquisa da dinamização homeopática de plantas amazônicas e sua experimentação, no quadro de ações do Centro de Medicina da Floresta.
*
SERVIÇO: PALESTRA E VIVÊNCIA
CONSELHO DAS TREZE AVÓS NATIVAS – Cura e Paz para o Planeta
Data: 03 de junho, às 19h30 – PEDE-SE CHEGAR COM 15 MINUTOS DE ANTECEDÊNCIA
Local: UMAPAZ –
Av. IV Centenário, 1268 – Portão 7-A – Parque do Ibirapuera – SP/SP
PARTICIPAÇÃO GRATUITA – NÃO É NECESSÁRI0 INSCREVER-SE
*
Colaboração:
Maria Christina Camargo Leal – Pindamonhangaba-SP
*

Espíritas Brasileiros

*

Espíritas Brasileiros

Amigo Visitante, Salve!
Você está sendo convidado a colaborar com esta lista de Espíritas Brasileiros.
Aqui estão alguns dos nomes que escreveram a História do Espiritismo no Brasil.
Você concorda?
Você discorda?
Você tem nomes a sugerir?
Seja sempre bem-vindo.
Fraternalmente,
Leal – ep-leal@uol.com.br
*

Adalberto de Paula Paranhos
Adélia Reuff
América Montagnini
Ana Prado
Anália Franco
André Luiz
Antonio J. Freire
Augusto Militão Pacheco
Aura Celeste
Auta de Souza
Batuira – Anto.Gonçalves Silva
Benedito Godoy Paiva
Bezerra de Menezes
Bitencourt Sampaio
Cairbar Schutel
Carlos Augusto Perandrea
Carlos Gomes da Sousa Shalders
Carlos Imbassahy
Carlos Mirabelli
Carmem Cinira
Clélia Soares da Rocha
Corina Novelino
Deolindo Amorim
Divaldo Pereira Franco
Edson Cavalcante de Queiroz
Emesto Bozzano
Emmanuel (1 a.vez=ESE)
Eurípedes Barsanulfo
Femando de Lacerda
Francisco Antônio Bastos
Francisco Cândido Xavier
Francisco Galves
Francisco Peixoto Lins
Francisco Pereira da Silva (RJ)
Freitas Nobre
Guilherme Taylor March
Herminio C. Miranda
Hernani Guimarães Andrade
Humberto de Campos (Irmão X)
IIka (Grupo José Grosso)
Jaci Régis
Joana de Ângelis
João Fusco
José Arigó
José de Cupertino
José Grosso (José da Silva)
José Herculano Pires
José Petitinga
Joseph (Grupo José Grosso)
Júlio Abreu Filho
Juvêncio de Araújo Figueiredo
Leopaldo Machado
Lins de Vasconcelos
Luís Ollmpio Teles de Menezes
Manoel da Nóbrega (Emmanuel)
Maria Dolores
Meimei (Irma Castro)
Nena Galves
Olímpia Belém
Otilia Diogo
Palminha (Antônio da Silva)
Pedro de Camargo Vinicius
Pedro Lameira de Andrade
Renato Ourique de Carvalho
Roque Jacinto
Scheílla (Grupo José Grosso)
Viana de Carvalho
Waldo Vieira
Yvonne Pereira
*
Fonte:
C:\#1_Leal\#1ORI_\WPD\WPD\20010813WPD_200107291629y_o.WPD
*
Autoria:
Maria Christina Camargo Leal
Ano de 2001 – São Paulo-SP
*
Publicado em:
http://sinapseslinks.blogspot.com
*
Conheça: Janelas da Alma
https://sites.google.com/site/eudisonleal/Home
*