Marianne

*
*

*
*

Marianne
*
Você sabe a relação entre a estátua da liberdade e a mulher estampada nas notas do real ?

Você sabe a relação entre a Estátua da Liberdade e a mulher estampada nas notas do Real?
Elas são a mesma pessoa: Marianne.
E, por incrível que pareça, Marianne não está presente apenas nos EUA e em nosso rico dinheirinho. A mulher que serve como modelo para a estátua da Liberdade e que aparece nas notas de Real teve origem na Maçonaria.

Até os livros escolares já se renderam à verdade de que a Maçonaria teve papel fundamental na Revolução Francesa, com a qual compartilha seu principal lema: “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”.

Pois bem, a Liberdade deveria ser o primeiro princípio a ser alcançado, pois sem Liberdade não haveria como promover a Igualdade e vivenciar a Fraternidade.

E os franceses adotaram como símbolo dessa liberdade a imagem de uma mulher, a qual ficou conhecida como Marianne.

Seu surgimento deu-se entre Setembro e Outubro de 1792, e seu nome nada mais é do que a união de Marie e Anne, dois nomes muito comuns entre as mulheres francesas do século XVIII.

Marianne se tornou símbolo da Revolução e de seus ideais e, com o êxito do povo, alegoria da República.
Era chamada por uns de “Senhora da Liberdade” e por outros de “Senhora da Maçonaria”.

Bustos de Marianne contendo o lema “Liberdade, Igualdade e Fraternidade” não somente podem ser vistos em praticamente todas as prefeituras e principais edifícios públicos da França, como é peça obrigatória em todos os templos maçônicos daquele país.
Há várias versões de Marianne portando objetos diversos, entre o famoso barrete, feixes, coroa, triângulo, estrela flamígera ou mesmo segurando uma colméia (ah, vá?).
Em uma de suas versões mais populares, Marianne veste uma faixa maçônica contendo Esquadro e Compasso, abelhas (veja “Colmeia”), Nível e Prumo.

Quando a França resolveu presentear os EUA em comemoração aos seus 100 anos de declaração de independência, fez isso através da Estátua da Liberdade: uma versão maçônica de Marianne, feita pelo maçom Frederic Auguste.
Não demorou para que Marianne se tornasse alegoria da República em todo o Ocidente, incluindo, é claro, o Brasil.
Se os americanos conseguem ver a Maçonaria na nota de um dólar, através do “Olho que tudo vê”, nós brasileiros podemos encontrá-la em todas as nossas notas através dela, Marianne, a Senhora da Liberdade, a Senhora da Maçonaria.
*
Colaboração:
Ir.: José Rufino Xavier
São Caetano do Sul-SP
*
TFA
Ir.: Leal
*
Link Permanente: http://wp.me/s1oMor-marianne
*

Anúncios

UÁI

*
*

*
*
UÁI
*
Você sabia como surgiu a expressão popular dos mineiros UAI ?

Segundo a professora Dorália Galesso, foi o presidente Juscelino Kubitschek que a íncentivou a lhe pesquisar a origem.

Depois de exaustiva busca nos anais da Arquidiocese de Diamantína e em antigos arquivos do Estado de Minas Gerais, Dorália encontrou explicação.

Os lnconfidentes Mineiros, patriotas, mas considerados subversivos pela Coroa Portuguesa, comunicavam-se através desenhas, para se protegerem da policia lusitana.

Como conspiravam em porões e sendo quase todos de origem maçônica: recebiam os companheiros com as três batidas clássicas da Maçonaria nas portas dos esconderijos.

Lá de dentro, perguntavam: quem é?
E os de fora respondiam:
UAI -as iniciais de: União, Amor e Independência.

Só mediante o uso dessa senha a porta seria aberta aos visitantes.

Conjurada à revolta, sobrou a senha, que acabou virando costume entre as gentes das Alterosas.

Os mineiros assumiram a simpática palavrinha e, a partir de então, a incorporaram ao vocabulário.

Fonte: Jornal Correio Brasiliense
*
Colaboração:
Shirley Françoso
São Paulo-SP
*
Nota do Leal:

Espiritismo
Há relatos dando conta de que o presidente Juscelino enviava perguntas ao médium Chico Xavier pedindo conselhos sobre problemas enfrentados durante a construção de Brasília.

Concedeu indulto ao médium José Pedro de Freitas, o “José Arigó”, ou “Zé Arigó”, que fora preso acusado de exercício ilegal da medicina.

Maçonaria:
Existem relatos de que JK fazia parte da Maçonaria.
Fonte destas informações: http://bit.ly/N3LQ0

*
Link permanente: http://wp.me/s1oMor-uai