Idéia de Humanidade

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gFP
*
20130706_Idéia_de_humanidade
*
Idéia de Humanidade
*
VANGUARDA LITERÁRIA.
IDÉIA DE HUMANIDADE.
*JOSÉ VALDEZ DE CASTRO MOURA

Os velhos mestres sempre nos ensinaram que as idéias assemelham-se aos seres vivos: nascem,crescem, se desenvolvem, mas, ao contrário destes, quando têm corpo, são bem fundamentadas, tornam-se imperecíveis.

Como dizia o sábio grego Platão, devem ser reais e não meros produtos da fantasia.

Pertencem a dois domínios: as do reino invisível do espírito e as do reino visível da realidade terrena.

Se não mergulham neste as suas raízes estão condenadas, portanto, a permanecer no âmbito das ideologias ou utopias. Entretanto, podem elas desaparecer durante um tempo da órbita visual dos homens, obnubilar-se, e reaparecer rejuvenescidas, cheias de vigor.

Tudo indica que é o que vem ocorrendo com a idéia de humanidade, entrevista pela visão do povo grego, apropriada pela garra bélica, potente de Roma imperialista e conquistadora e, futuramente sendo um gérmen fecundo, formador na realidade histórica dos povos, reaparecendo em encantadora policromia que por vezes nos deixa maravilhados ou desnorteados.

Afinal, qual o significado da idéia de humanidade?

Em primeiro lugar, significa o homem enquanto homem, envolto na realidade nua e crua do ambiente que o rodeia e, em segundo lugar, um movimento de tornar o homem melhor, humanizá-lo no sentido dinâmico, não apenas o homem que é, mas o homem que deve ser, papel esse destinado especialmente à Educação.

Compreender o homem enquanto homem é um convite que já se encontrava escrito, há séculos, no Templo de Delfos, na velha Grécia ( “Conhece-te a ti mesmo” ), convite esse para nos tornarmos cônscios da nossa pequenez, da nossa limitação, das contingências, em oposição ao poder transitório, à imortalidade e sobretudo para tomarmos consciência das dimensões ética, espiritual, moral e racional do LOGOS (conhecimento, saber) ordenando sensatamente a vida.

Conhecer-se e compreender os outros homens tais como se manifestam.

A idéia de humanidade traz-nos compromissos, porque já dizia Terêncio: ”Homo sum, humani nihil a me alienum puto” ( “Sou homem e não me coloco alheio ao que é humano”).

Portanto, essa compreensão não se aplica exclusivamente ao indivíduo;estende-se a outros grupos representados por povos, nações, raças, desenvolvendo-se assim na esfera do social, do universal.

A idéia de humanidade afirma o homem e a vida, abre-se para ambos, aceita o desdobramento da existência, incorpora o homem à natureza, representa uma conquista qualitativa.

Devemos portanto, ao ter essa idéia ampla, pensar no homem, cuidar das ruas, com os olhos no infinito.

Afirmar a unidade em prol da multiplicidade, fugindo sempre de critérios rigidamente quantitativos, gritando com todas as forças contra a progressiva materialização da vida.

*O autor é Médico, Professor Universitário, Mestre e Doutor pela USP.Pertence a várias Instituições científicas e Culturais do Brasil e do Exterior.

CRIANÇA – PRIORIDADE NACIONAL !

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gvV
*
20130622_Criança_prioridade_nacional
*
CRIANÇA – PRIORIDADE NACIONAL !
*
VANGUARDA LITERÁRIA.
CRIANÇA – PRIORIDADE NACIONAL !
(1)JOSÉ VALDEZ DE CASTRO MOURA

O dia12 de outubro foi oficializado em 1924 como o Dia da Criança por meio de um Decreto do Presidente da República da época, Arthur Bernardes,mas, somente a partir de 1960 é que passou a ser comemorado.No nosso mundo atual, em profunadas transformações,muito se fala e se escreve sobre o processo educativo desses pequenos seres especiais.Nunca houve tanta abordagem sobre crianças problemáticas, sem limites, abandonadas,sem lar e sem porvir.

Cristo,em Mt-19;14,falou:” Deixai vir a mim as crianças e não as impeçais,pois o reino dos Céus pertence ao que são semelhantes a elas”.Eis uma verdade muito ampla e profunda que jamais poderiamos imaginar em palavras tão simples.Aqui, se torna necessário entender que, nos ensinamentos do Evangelho ,criança não é apenas aquele que está em idade infantil.Acima de tudo, o Evangelho conclama os adultos para que despertem em si a beleza das características da pureza da criança.Ela é espontânea,sem maldade,vê a vida com descontração,envolve-se em situações existenciais de leveza, candura,delicadeza e se deixa conduzir conforme o ritmo que a vida lhe apresenta.Se conduzida com amor, com carinho, ela não se rebela e nos responde com o seu belo potencial.Aqui, reside a nossa grande responsabilidade:oferecer amor,acolhimento,limites e ternura.E, essa responsabilidade está bem clara no Evangelho de São Mateus:” Não desprezeis a qualquer desses pequeninos;não é vontade de Vosso pai que um desses pequeninos se perca;todas as vezes que deixastes de fazer a um deles,foi a mim que deixastes de fazer”.

E, o que é viver como criança? Viver como criança é deixar-se envolver por elas,visto que, ao assim se proceder, desperta-se a simplicidade no relacionamento com o próximo , com o mundo e com Deus.Elas são os nossos professores por excelência !Ensinam-nos brincando,dizendo verdades.Será que nós, os denominados adultos,que pretendemos ensiná-las ,não as estimulamos a perder a simplicidade, entregando-as aos modismos de um mundo consumista,pérfido, erotizante,em que prevalecem a lei da vantagem a falta de solidariedade e a origem de todas as violências?

Nos tempos atuais, num mundo tão cheio de desigualdades, encontramos em meio à pobreza, à miséria, milhões de crianças que, aos poucos se transformam em adultos sem esperança,devido à falta de amparo e de amor e que cairam nas garras do abandono.As crianças, nossos professores , não só para mim, Pediatra por opção e sobretudo por vocação,mas, para todos ,têm que ser PRIORIDADE !PRIORIDADE individual, coletiva,familiar e sobretudo governamental.!POLÍTICAS GOVERNAMENTAIS PARA AS NOSSAS CRIANÇAS, o futuro da Nação Brasileira!Elevemos a nossa voz por elas! Sem demagogias !Sem hipocrisias !

Rogo , em gritos reprimidos,
o resgate mais prudente:
os menores respeitados
com seus direitos de gente !

Despertemos, em todos nós, os atributos das crianças para superarmos o nosso mundo de imperfeições e injustiças,porque assim estaremos , sem dúvida,mais abertos para a Metodologia do Amor, e, acima de tudo, sintonizados com o Criador,indo ao encontro da verdadeira sabedoria.

(1)O autor é Médico, Prof.Universitário, Mestre e Doutor pela U.S.P..Escritor,Poeta, pertence a várias Instituições Científicas e Culturais do Brasil e do Exterior.
*

5 Trovas

*
link permanente para esta mensagem:___ http://wp.me/p1oMor-fAl
*
20130324_5_trovas
*
5 Trovas
*
II CONCURSO DE TROVAS DA DIRETORIA DE ASSUNTOS CULTURAIS DO MIN. EXÉRCITO:
TEMA: GUARARAPES.( M. Honrosa ) – 95.

Pela luta, pelo exemplo,
transformou-te o tempo audaz:
Guararapes, hoje és templo
de heroísmo, amor e paz!.

I CONCURSO NACIONAL DE TROVAS DO CONSELHO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO DOS EX – COMBATENTES DO BRASIL.
TEMA: FEB. ( M.E.) —97

Fim da guerra! E, em tarde fria,
“ELA” volta e o povo chora…
– Gratidão a quem um dia
trouxe a paz, a nova aurora!.

Nunca vi saudade assim,
nessa lágrima que cai…
É a saudade sem fim
de um “FEBIANO” : meu pai!.

XVIII CONCURSO NACIONAL DE TROVAS DA ACADEMIA DE TROVAS DO RIO GRANDE DO NORTE.
TEMA: CÂMARA CASCUDO. ( M.H.) —– 98

Câmara Cascudo – exemplo
que o tempo vai consagrar:
fez do folclore o seu templo
e da História o seu altar!

1o CONCURSO NACIONAL DE TROVAS DAS ACADEMIA CARIOCA DE LETRAS.
TEMA: ENTORPECENTE. ( M.E. ) —-99

Entorpecente, menino,
faz sofrer, vai machucar!
É chaga no teu destino
que não vai cicatrizar!

XXI JOGOS FLORAIS DE POUSO ALEGRE ( FLORAIS DO SESQUICENTENÁRIO DA “TERRA DO MANDÚ”).
TEMA: MUNDO. ( M.E.) —-100

Cante a paz, o amor profundo,
torne a vida mais risonha,
sem mágoas, porque o mundo
não perdoa a quem não sonha!

Altair, até que enfim, cheguei à centésima premiação, graças a Deus!
Iniciei no início da década de 80, parei um pouco e retornei. Valeu a pena!

Fico profundíssimamente grato a você e à Imprensa local, em especial à TRIBUNA DO NORTE, PELO INCENTIVO CONSTANTE.
Deus os guarde!
*
Autor: José Valdez de Castro Moura
O autor é Médico, Prof. Universitário, Mestre e Doutor pela U.S.P. Membro de várias Instituições Culturais e Científicas do Brasil e do Exterior. É o atual Presidente da União Brasileira de Trovadores (U.B.T.) – Seção de Pindamonhangaba.