Jornal “O Espírita” #210

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-hda
*
20130813_Jornal_O_Espírita_210
*
Jornal “O Espírita” #210
*
Amigo visitante, Salve!
Conheça na íntegra o conteúdo do Jornal.
Por favor, faça o download do arquivo JPG. Click aqui. Grato.
*

Anúncios

Jornal “O Espírita” #209

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gHH
*
20130708_O_Espirita_209
*
Jornal “O Espírita” #209
*
Conheça o conteúdo na íntegra. Click aqui. Grato.
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 26650 dias. Obrigado Senhor!

Semana Espírita em Taubaté

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gDv
*
20130704_Bonani_TV
*
Semana Espírita em Taubaté
*
PROGRAMA “ENCONTRO ESPIRITA” COMENTA A SEMANA ESPIRITA DE TAUBATÉ.

Nesta quinta feira dia 4, na TV Cidade de Taubaté, o programa “Encontro Espírita” estará apresentando um trabalho muito interessante que a USE Taubaté realiza nas Semanas Espíritas.

Na oportunidade, Bernadete Lima estará representando a USE, e você vai ficar sabendo de que maneira se processa o trabalho para que tenhamos uma Semana Espírita na cidade.

Além da artista taubateana, dedicada espírita, teremos a presença de Carlos Baccelli expositor de Uberaba, jornalista Geraldo Lemos também do triângulo mineiro, Dr Alexandre Serafim médico taubateano e a participação dos telespectadores que através da Internet fazem perguntas.

Nesta quinta, portanto a partir das 12 horas você poderá ter um encontro com a Doutrina Espirita, através da Televisão.
*
Colaboração:
João Batista Bonani
SP-Taubaté

Uma visão extremamente diferente!

*
Link permanente para esta mensagem:___ http://wp.me/p1oMor-fqa
*
20130223_Marcelo_Bonani
*
Uma visão extremamente diferente!
*
Recentemente, folhando as páginas do jornal A Folha de São Paulo, encontramos um comentário do conceituado físico brasileiro Marcelo Gleiser, professor de uma das Universidades dos Estados Unidos. Na oportunidade, o físico, nosso conterrâneo, comentou a visão dos astronautas, quando fora da Terra, contemplam o Planeta. (Jeff Hoffman, por exemplo ao retornar, depois de passar alguns dias no espaço, disse que lembra o momento da decolagem, do ônibus espacial que jamais será esquecido, considerando a emoção que sentiu. De repente os motores foram desligados e ele se viu flutuando, quando foi a janela da nave e viu um espetáculo maravilhoso. Estava passando pela costa da África e percebeu que estava no espaço longe da nossa casa a Terra! E continuou; fiquei emocionado, pois quando tinha seis anos de idade, desejava viajar para bem longe, se possível pertinho do Sol e ver a Terra a distância.) Por mais que o astronauta, queira, não consegue passar as imagens que nunca imaginou, pois antes de partir, a exemplo de todos nós, com aquela expectativa do que vai ver, mas nada se compara ao que é visto de fato. Imaginemos nós fora do Planeta, contemplando a beleza da Terra a distância, colocada num dos corredores da Via Lactea ao lado de outros mundos cuja vida depende da grande estrela conhecida como Sol! Nicole Stott, astronauta da Estação Espacial Internacional, disse: São deslumbrantes as imagens que tive a oportunidade de apreciar na missão que participei permanecendo no espaço por alguns dias.As luzes da cidade, a linha separando noite e dia, as estrelas cadentes passando abaixo da gente, as auroras dançando nos céus, as tempestades e os raios subindo e descendo,tudo ao mesmo tempo passando muito rápido pela espaçonave, tão difícil de descrever! Os astronautas da Estação Espacial Internacional, passam horas e horas contemplando a Terra, e nessa contemplação, o “EU” considerado entre os homens, de grande importância, cede lugar para o coletivo, pois com certeza vendo a Terra no espaço como se fosse uma bolinha diante da grandeza dos Universos, se colocam bem menores, questionando: quem somos nós? Se nos fosse dada a oportunidade de responder aos missionários do Cosmo, dentro da nossa pequena visão, responderíamos que embora insignificantes diante da grandeza de Deus, mesmo assim, temos responsabilidades enormes envergando a roupagem da carne graças a abençoada encarnação que representa a matricula na grande escola. (Nunca devemos esquecer que um dia vamos descobrir a centelha divina que existe em cada um dos que foram criados para a eternidade e daí sim,) auxiliados pela ciência e pelo amor, deixaremos de procurar Deus nos altares, e amando muito, haveremos de encontrar o Reino de Deus dentro de nós mesmo, e nessa luta, sem a menor duvida, estaremos crescendo e nos credenciando a dias melhores e até com oportunidades de matricularmos em outra escola, ou seja: um mundo menos inferior. Vós sois deuses afirmou Jesus, pois o Mestre quando pronunciou essas palavras estava querendo dizer que Deus está em nós, assim sendo, poderemos nascer, renascer e progredir sempre, afinal fomos criados para a eternidade. Que os astronautas nossos irmãos com certeza dirigidos por Galileu, continuem trabalhando no campo da ciência, pois sem ela as coisas que já foram passadas por Jesus continuarão como uma incógnita, pois iludidos com as coisas passageiras os homens caminham cegamente sem rumo, muitas vezes mal orientados a respeito da imortalidade acabam retardando seu progresso. No silêncio do Cosmo (a voz de Deus) os missionários da ciência estudam o planeta e observam os seus conflitos que representam a ignorância do homem. Guerras, crimes, disputas ainda fazem parte da vida na Terra, mesmo assim o Planeta azul continua viajando rumo ao infinito ignorando os seus passageiros se estão ou não preparados para acompanhá-la.O planeta segue em frente até porque também tem compromisso com a evolução e o progresso, No Evangelho Segundo o Espiritismo no capítulo 3, Agostinho Aurélio e outros comentam a Casa do Pai, onde vamos encontrar as diversas moradas espalhadas pelos Universos, lembrando das diversas categorias de mundos habitados, mostrando aos homens que eles estão na Terra, mas não são da Terra. São apenas inquilinos que ainda não sabem respeitar a casa onde estão morando momentaneamente. Os astronautas que hoje realizam as missões de desvendar a grandeza dos Universos, com certeza, são espíritos que pertencem a corrente de Galileu, que continua trabalhando em prol da Humanidade terrestre. Aproveitemos os momentos preciosos que a sabedoria e bondade de Deus nos proporcionam, para crescermos, e um dia podermos nos considerar cidadãos da Eternidade, e a exemplo da Terra e outros mundos, continuar viajando para o infinito em busca da luz, ou seja, do Criador.

Palestra proferida no C E André Luiz de Taubaté
Na noite de 21.2.013 pelo editor de O ESPIRITA
JBBonani.