Gripe Suína

*
*

*
*
Gripe Suína (A)

Ventos frios trazem de volta a Gripe Suína (Gripe A)

Nem bem nos despedimos da dengue e já começamos a nos preocupar com a gripe, principalmente a gripe suína (Gripe A).

Sendo assim, vamos relembrar a causa, os sintomas e os cuidados necessários para a prevenção que cada um de nós pode adotar.

A gripe A é uma doença respiratória causada pelo vírus H I N I , que é uma variação de vírus causadores de gripe em porcos.

Em seres humanos ele se aloja nos pulmões, desenvolvendo uma pneumonia viral.

Por ser um vírus novo, ainda não se tem certeza de como ele age, porém, a nova gripe parece afetar gravemente também pessoas com sistema imune mais forte.

O principal risco associado à doença é uma inflamação severa dos pulmões, que pode levar à insuficiência respiratória.

É fácil confundir aGripeAcom uma gripe comum, já que os sintomas são bem parecidos: febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares e dores nas articulações.

Existem, porém, algumas diferenças: a febre é de difícil controle e, geralmente, quem está com a nova gripe apresenta um quadro de desconforto respiratório.

Algumas pessoas também relataram ter apresentado catarro, dor de garganta, náusea, vômito e diarreia forte.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou recentemente quais pessoas poderiam ser consideradas como dentro do grupo de risco.

São elas: idosos, crianças menores de dois anos, gestantes, pessoas com diabetes, doença cardíaca, pulmonar ou renal crônica, deficiência imunológica, com obesidade mórbida e, também, com alterações da hemoglobina, como anemia falciforme.

A pessoa com diabetes contaminada pelo vírus H I N I tende a sofrer elevação importante da glicemia.

O ideal é a medição dos índices glicêmicos várias vezes ao dia e procurar um endocrinologista para adequar o tratamento ao diabetes.

Para prevenir o contágio e a proliferação da nova gripe, algumas medidas básicas de higiene podem ser adotadas.

Hábitos como lavar bem as mãos, frequentemente, com água e sabão; evitar tocar os olhos; boca e nariz após contato com superfícies e locais públicos; não compartilhar objetos de uso pessoal e cobrir a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar, são alguns deles.

Outra forma de prevenção é através da vacina, procure um Centro de Saúde para mais informações e vamos prevenir, pois ainda é melhor do que remediar!
*
Fonte:
Revista Vida Saudável
Junho 2011
Página 06
*
Publicado em: SinapsesLinks
https://sinapseslinks.wordpress.com/
*

Anúncios

Vacinação em massa

*

Postado por Ângela Maria Vaz Franco em 5 agosto 2009 às 14:30

Olá queridos!

Noite passada, em decorrência da forte chuva de granizo que caiu aqui na Mooca, acordei no meio da noite (04 da madruga) para dar uma olhada se o meu telhado ainda estava de pé! Ao retornar para a cama, tinha um distinto senhor no meu quarto! Levei um susto! De cabelo e barba bem grisalhos, deu o seguinte recado:

Quinta- feira (dia 06/08, às 22 horas), far-se-á uma corrente para vacinação em massa contra o H1N1 ou vírus da gripe suína.

Deve-se fazer o seguinte: preparar um copo d’água por pessoa, com 02 dedos de água filtrada, sobre um pano branco.

Fazer orações ao Dr. Bezerra de Menezes e à fraternidade de médicos sob sua orientação, pedindo a imunização e o fortalecimento do sistema imunológico.

Depois, beber a água. Não se deve tomar mais de uma dose, tampouco adicionar mais água que recomendado, pois ambos podem invalidar o efeito ou causar desarranjos.

Perguntei-lhe quem era, ao que me respondeu: um amigo minha filha, somente um amigo.

Se houver necessidade, será feito um reforço mais adiante.

Então, pediu-me que fortalecesse a corrente, avisando as pessoas! Oração e água não fazem mal a ninguém, não é mesmo? Vamos fazer juntos?

Beijos a todos,
Ângela
*
Oração do dr. Bezerra de Menezes:
http://www.feig.org.br/sospreces/ger001.htm
*
Colaboração:
Irenita Forster – São Paulo-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Gripe Suína

*

GRIPE “SUÍNA”

PERGUNTAS E RESPOSTAS:

1 . Quanto tempo dura o vírus da gripe “suína” em uma superfície lisa?
R: Até 10 horas.

2. Qual é a utilidade do álcool para limpar as mãos?
R: Torna o vírus inativo e o mata.

3 . Qual é o meio mais eficaz de infecção deste vírus?
R: O ar não é a forma mais eficaz para a transmissão do vírus, o fator mais importante para a fixação do vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos), o vírus não voa e não atinge mais de um metro distância.

4.- É fácil se contagiar em aviões?
R: Não, é um meio pouco propício para contágio.

5 . Como posso evitar o contágio?
R: No levar as mãos ao rosto, olhos, nariz e boca. Não ficar perto de pessoas doentes. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.

6 .- Q: Qual é o período de incubação do vírus?
R: Em média 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase que imediatamente.

7 . Quando se deve começar a tomar medicação?
R: Dentro de 72 horas depois do diagnóstico é muito bom, a melhora é de 100%.

8 . De que forma o vírus entra no corpo?
A: Pelo contato, ao dar as mãos ou beijar na bochecha e pelo nariz, boca e olhos

9 . O vírus é letal?
R: Não, o que provoca a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é pneumonia

10 . Quais os riscos dos familiares de pessoas que morreram?
R: Podem ser portadores e formar uma cadeia de transmissão.

11 .A água nas piscinas transmite o vírus?
R: Não, porque contém químicos e cloro.

12 .O que faz o vírus quando provoca a morte?
R: Uma cascata de reações, tais como insuficiência respiratória; a pneumonia grave é a que causa a morte.

13.Quando se inicia o contágio,antes ou até que os sintomas aparecem?
R: Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas.

14 .Qual é a probabilidade de recaída com a mesma doença?
R: 0%, pois a recaída imuniza o vírus da gripe “suina”.

15 .Onde é que se encontra o vírus no ambiente?
R: Quando uma pessoa espirra ou tosse, o vírus pode permanecer nas superfícies lisas, como portas, dinheiro, papéis, documentos, desde que haja umidade. Desde que não se esterilize o ambiente é extremamente recomendável a higiene das mãos.

16 . Se eu for a um hospital particular vão me cobrar pelo remédio?
R: Não, existe um acordo de não cobrar porque o governo está entregando os remédios a todas as instituições de saúde públicas e privadas.

17 . O vírus ataca mais os asmáticos?
R: Sim, os pacientes são mais suscetíveis, mas tratando-se de um novo germe todos nós somos igualmente suscetíveis.

18 .Qual é a população estária que este vírus está atacando?
R: De 20 a 50 anos de idade.

19 . É útil cobrir a boca?
R: Há algumas máscaras de boca de mais qualidade que outras, mas se você for saudável é contraproducente, pois o vírus por seu tamanho atravessa a máscara como se ela não existisse e usando-a cria-se na área do nariz e boca um micro clima úmido propício ao desenvolvimento viral; mas se você já está infectado use-a para NÃO infectar outras pessoas; é relativamente eficiente.

20 . Posso fazer exercício ao ar livre?
R: Sim, o vírus não anda no ar e nem tem asas.

21 . Tomar Vitamina C serve para alguma coisa?
R: Não serve de nada para prevenir o contágio deste vírus, mas ajuda a resistir seu ataque.

22 . Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?
R: A salvo ninguém está, o que ajuda é a higiene dentro de casa, escritórios, utensílios e evitr ir em locais públicos.
23 . O vírus se move?
R: Não, o vírus não tem asas nem pernas, uma pessoa contaminada o faz entrar no interior do organismo.

24 . Os animais de estimação se contagiam com o vírus?
R: Com este vírus NÃO, provavelmente se contagiam com outro tipo de vírus.

25 . Se eu vou a um velório de alguém que morreu deste vírus posso infectar-me?
R: NÃO.

26 . Qual é o risco de mulheres grávidas contrair este vírus?
R: As mulheres grávidas têm o mesmo risco, mas é em dobro, elas podem tomar antivirais em caso de contágio mas com rigorosa supervisão médica.

27 . O feto pode ter lesões se uma mulher grávida estiver contagiada por este vírus?
R: Não sabemos que estragos pode fazer no processo, pois é um vírus novo.

28 . Posso tomar ácido acetilsalicílico (aspirina)?
R: Não é recomendado, pode causar outras doenças, a menos que você já o utiliza por prescrição médica para problemas coronários, nesse caso, continue tomando-o.

29 . Ajuda alguma coisa tomar antivirais antes dos sintomas?
R: Não ajuda em nada.

30 . As pessoas com HIV, diabetes, aids, câncer, etc., podem ter maiores complicações do que uma pessoa saudável quando se contagia com o vírus?
R: Sim.

31 . Uma gripe convencional forte pode se converter em influenza?
R: NÃO.

32 . O que mata o vírus?
R: O sol por mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão, os antivirais, o álcool gel.

33 . O que fazem nos hospitais para evitar contágios em outros pacientes que não têm o vírus?
R: O Isolamento.

34 . O álcool gel é eficaz?
R: Sim, muito eficaz.

35 . Se eu sou vacinado contra a gripe da estação estou segura contra este vírus?
R: Não serve para nada, ainda não há vacina para este vírus.

36 . Este vírus está sob controle?
A: Não totalmente, mas as autoridades da saúde estão tomando medidas agressivas de contenção.

37 . O que significa passar do alerta 4 ao alerta 5?
R: A fase 4 faz as coisas diferentes na fase 5; isso significa que o vírus se propagou de pessoa a pessoa em mais de 2 países, e a fase 6 é que se propagou em mais de 3 países .

38 . Quem foi infectado por este vírus e se cura, fica imune?
R: Sim.

39 .. As crianças com tosse e gripe têm influenza?
R: É pouco provável, as crianças são pouco afetadas.

40 . Quais as medidas que as pessoas que trabalham devem tomar?
R: Lavar as mãos várias vezes ao dia.

41 . Eu posso me contagiar ao ar livre?
R: Se há pessoas infectadas e que tossem ou espirram sim, pode acontecer, mas o ar é um meio de pouco contágio.

42 . Pode-se comer carne de porco?
R: Sim, pode e não há nenhum risco de contágio.

43 . Qual é o fator determinante para saber se o vírus já está controlado?
R: Embora a epidemia esteja controlada agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode retornar e ainda não haverá vacina.
*

Gripe Suína

*

Gripe Suína

Conheça os detalhes:
Link:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff0707200907.htm
*
Exército combaterá gripe suína na fronteira

Nos postos entre Brasil e Argentina, soldados vão ajudar na orientação aos viajantes e na entrega de declarações de saúde

País já soma 905 casos confirmados da doença; balanços divulgados pelo ministério passarão de diários para semanais

PABLO SOLANO
RODRIGO VIZEU
DA AGÊNCIA FOLHA

O Exército vai enviar militares a postos de fronteira no Rio Grande do Sul para ajudar no combate à gripe A (H1N1), conhecida como gripe suína.
Uma força-tarefa com a participação de militares e funcionários das prefeituras e do governo do Estado pretende monitorar a circulação de viajantes em 14 pontos por onde passam pessoas vindas da Argentina e do Uruguai.
*
Vide link.
*