Dos Destinos

*
20140705_Dos_Destinos
*
DOS DESTINOS
Não poucas vezes vos preocupais, nas lides planetárias, com as provações
necessárias, que julgais excessivas para as vossas forças.

Crede! O fardo que faz vergar os vossos ombros não é demasiado para as vossas
possibilidades.

Deus tudo prevê e, sobretudo, a escolha de semelhantes provações éuma questão
de preferência individual; é freqüente a vossa incompreensão a respeito desse
ensinamento espiritualista.

Estais, porém, entre as masmorras da carne, a vossa consciência limitada
freqüentemente se nega a encarar a luz em todos os seus divinos resplendores.
*
Texto extraído do livro “Emmanuel”
Médium: Chico Xavier
Espírito: Emmanuel
Editora: FEB
*
Leia o texto completo. Click aqui.

Roteiro

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-h5V
*
20110223_flor_roteiro
*
Roteiro

No corpo humano, temos na Terra o mais sublime dos santuários e uma das supermaravilhas da obra divina.

A bênção de um corpo, ainda que mutilado ou disforme, na Terra, é como preciosa oportunidade de aperfeiçoamento espiritual, o maior de todos os dons que o nosso planeta pode oferecer.

O corpo é para o homem santuário real de manifestação, obra-prima do trabalho seletivo de todos os reinos em que a vida planetária subdivide.

Os aleijões de nascença e as moléstias indefiníveis constituem transitórios resultados dos prejuízos que, individualmente, causamos à corrente harmoniosa da evolução.

A energia mental é o fermento vivo que improvisa, altera, constringe, alarga, assimila, desassimila, integra, pulveriza ou recompõe a matéria em todas as dimensões.

Por isso mesmo, somos o que decidimos, possuímos o que desejamos, estamos onde preferimos e encontramos a vitória, a derrota ou a estagnação, conforme imaginamos.

Os acontecimentos obedecem às nossas intenções e provocações manifestas ou ocultas.

Encontraremos o que merecemos, porque merecemos o que buscamos.

A existência, pois, para nós, em qualquer parte, será invariavelmente segundo pensamos.

A mente é manancial vivo de energias criadoras.

O pensamento é substância, coisa mensurável.

Encarnados e desencarnados povoam o planeta, na condição de habitantes dum imenso palácio de vários andares, em posições diversas, produzindo pensamentos múltiplos que se combinam, que se repelem ou que se neutralizam.

O idealismo operante, a fé construtiva, o sonho que age, são pilares de todas as realizações.

Quem mais pensa, dando corpo ao que idealiza, mas apto se faz à recepção das correntes mentais invisíveis, nas obras do bem ou do mal.

O Homem permanece envolto em largo oceano de pensamentos, nutrindo-se de substância mental em grande proporção.

Toda criatura absorve, sem perceber, a influência alheia nos recursos imponderáveis que lhe equilibram a existência.

Em forma de impulsos e estímulos, a alma recolhe, nos pensamentos que atrai, as forças de sustentação que lhe garantem as tarefas no lugar em que se coloca.

Nossa inspiração está filiada ao conjunto dos que sentem como nós, tanto quanto a fonte está comandada pela nascente.

Somos obsidiados por amigos desencarnados ou não e auxiliados por benfeitores, em qualquer plano da vida, de conformidade com a nossa condição mental.

Precisamos compreender – repetimos – que os nossos pensamentos são forças, imagens, coisas e criações visíveis e tangíveis no campo espiritual.

Atraímos companheiros e recursos, de conformidade com a natureza de nossas idéias, aspirações, invocações e apelos.

Cada criatura recebe de acordo com aquilo que dá.

Cada alma vive no clima espiritual que elegeu, procurando o tipo de experiência em que situa a própria felicidade.

Estejamos, assim, convictos de que os nossos companheiros na Terra ou no Além são aqueles que escolhemos com as nossas solicitações interiores, mesmo porque, segundo antigo ensinamento evangélico, “teremos nosso tesouro onde colocarmos o coração”.
*
Texto:
Frases extraídas da obra: Emmanuel (Espírito). Roteiro, [ditada] pelo espírito de Emmanuel, psicografada por Francisco Cândido Xavier. Rio de Janeiro: FEB, 1952.
*
Colaboração:
Marlise C. O. Goncalves

Notas Breves

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gWu
*
20130725_André_Luiz_031
*
Notas Breves
*
Não perca tempo.
Não fuja ao dever.
Respeite os compromissos.
Sirva enquanto possa.
Ame intensamente.
Trabalhe com ardor.
Ore com fé.
Fale com bondade.
Não critique.
Observe construindo.
Estude sempre.
Não se queixe.
Plante alegria.
Semeie paz.
Ajude sem exigências.
Compreenda e beneficie.
Perdoe quaisquer ofensas.
Atenda à pontualidade.
Conserve a consciência tranqüila.
Auxilie generosamente.
Esqueça o mal.

Cultive sinceridade, aceitando-se como é e acolhendo ou outros como os outros são, procurando porém, fazer sempre o melhor ao seu alcance.
*

Alegria!

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gMb
*
20100324_alegria
*
Alegria!
*
“Deus é amor e bem-aventurança o extremo oposto da tristeza. O homem que conserva sua mente em Deus será inundado de alegria.”
Swani Prabhavananda

“Aquele em cujo coração Deus se manifestou leva a paz, a alegria e o encanto aonde quer que vá.”
Bhagavata

“O otimismo é a fé em ação. Nada se pode levar a efeito sem otimismo.”
Hellen Keller

“Ninguém tem a felicidade garantida. A vida simplesmente dá a cada pessoa tempo e espaço. Depende de você enchê-los de alegria.”
S. Brown

“O homem começa a envelhecer quando as lamentações começam a tomar o lugar dos sonhos.”
John Barrymore

“Onde há conhecimento verdadeiro há sempre alegria. “

“Como a verdade é eterna, assim a alegria que dela deriva é eterna.
Por isso, Deus é aquele que reúne em si a verdade, o conhecimento e a alegria.”
Gandhi

“Todos somos capazes de viver uma vida de intensa alegria. Dentro de cada um de nós existe um admirável espírito humano suficientemente forte para superar a dor e a desilusão. E, ainda que às vezes duvidemos disso, em qualquer situação sempre é possível captar essa força, essa sabedoria interior, e agir para criar mais alegria.”
Salle Merrill

“Regozijai-vos sempre…”
Paulo – I Tess. 5: 16

“Ninguém é tão infeliz que não possa produzir alguns pensamentos de bondade, nem tão pobre que não possa distribuir alguns sorrisos e boas palavras com seus companheiros de luta cotidiana.”
Emmanuel / F. C. Xavier
*

Trabalho Nosso

*
Link permanente:___
*
20130712_Trabalho_Nosso
*
Trabalho Nosso
*

Não te aflijas sobre a destinação do mundo.

A Eterna Sabedoria conhece o que deve ocorrer à vida planetária.

Agora é o nosso tempo.

Hoje é o dia em que nos compete fazer o que deva ser feito.

As criaturas que te pedem apoio, o lar que sustentas, as obrigações que assumiste, a causa que enobreces são, em si, o quadro dos desígnios superiores a que precisas atender.

Entesoura a cultura que desejas.

Antes de tudo, porém, atende aos deveres que se te fazem essenciais.

Espírito Emmanue1
Médium: Francisco Cândido Xavier
Livro: “SINAIS DE RUMO” – Ed: GEEM

Brasil!

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gEP
Por favor, click sobre a imagem para ampliá-la. Grato.
*
20130705_Brasil
*

A Língua

“A língua também é um fogo.”
Tiago – 3:6.

A desídia das criaturas justifica as amargas considerações de Tiago, em sua epístola às comunidades do Cristianismo.

O início de todas as hecatombes do planeta localiza-se, quase sempre, no mau uso da língua.

Ela está posta entre os membros do organismo humano como o pequeno leme de uma embarcação poderosa, como lembra o grande apóstolo de Jerusalém.

Em sua potencialidade está o recurso sagrado de criar, como o leme de proporções reduzidas foi instalado para conduzir.

A língua guarda a centelha divina do verbo mas o homem, de modo geral, costuma desviá-Ia de sua função grandiosa para o pântano de cogitações subalternas, e aí temos como fonte de quase todos os desvarios da Humanidade sofredora, cristalizada em propósitos mesquinhos, à mingua de humildade e de amor.

A guerra nasce da linguagem dos interesses criminosos, insatisfeitos.

As grandes tragédias sociais se originam da linguagem dos sentimentos inferiores.

Poucas vezes, a língua do homem há consolado e edificado aos seus irmãos; notemos, porém, que a sua disposição é sempre ativa para excitar, disputar, deprimir, enxovalhar, acusar e ferir
desapiedadamente.

O discípulo sincero encontra, nos apontamentos de Tiago, uma tese brilhante para todas as suas experiências.

E, quando chegue a noite de cada dia, será justo que interrogue a si mesmo: – “Terei hoje utilizado a minha língua como Jesus utilizou a dele?”

Emmanuel
Médium: Francisco Cândido Xavier
do livro: “SEGUE-ME” – Edição: O Clarim

Refugia-te em paz

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gAT
*
20130629_Refugia_te_em_paz
*
Refugia-te em paz
*
“Havia muitos que iam e vinham e não tinham tempo para comer.” (Marcos, 6:31.)

O convite do Mestre, para que os discípulos procurem lugar a parte, a fim de repousarem a mente e o coração na prece, é cada vez mais oportuno.

Todas as estradas terrestres estão cheias dos que vão e vem atormentados pelos interesses imediatistas, sem encontrarem tempo para a recepção de alimentação espiritual.

Inúmeras pessoas atravessam a senda, famintas de ouro, e voltam carregadas de desilusões.

Outras muitas correm, às aventuras, sedentas de novidade emocional, e regressam com o tédio destruidor.

Nunca houve no mundo tantos templos de pedra, como agora, para as manifestações de religiosidade, e jamais apareceu tamanho volume de desencanto nas almas.

A legislação trabalhista vem reduzindo a atividade das mãos, como nunca; no entanto, em tempo algum surgiram preocupações tão angustiosas como na atualidade.

As máquinas da civilização moderna limitaram espantosamente o esforço humano, todavia, as aflições culminam, presentemente, em guerras de arrasamento científico.

Avançou a técnica da produção econômica em todos os setores, selecionando o algodão e o trigo por intensificar-lhes as colheitas, mas, para os olhos que contemplam a paisagem mundial, jamais se verificou entre os encarnados tamanha escassez de pão e vestuário.

Aprimoraram-se as teorias sociais de solidariedade e nunca houve tanta discórdia.

Como acontecia nos tempos da permanência de Jesus no apostolado, a maioria dos homens permanece no vai-e-vem dos caminhos, entre a procura desorientada e o achado falso, entre a mocidade leviana e a velhice desiludida, entre a saúde menosprezada e a moléstia sem proveito, entre a encarnação perdida e a desencarnação em desespero.

Ó meu amigo, se adotaste efetivamente o aprendizado com o Divino Mestre, retira-te a um lugar à parte, e cultiva os interesses de tua alma.

É possível que não encontres o jardim exterior que facilite a meditação, nem algum pedaço de natureza física onde repouses do cansaço material, todavia, penetra o santuário, dentro de ti mesmo.

Há muitos sentimentos que te animam há séculos, imitando, em teu íntimo, o fluxo e o refluxo da multidão. Passam apressados de teu coração ao cérebro e voltam do cérebro ao coração, sempre os mesmos, incapacitados de acesso à luz espiritual.

São os princípios fantasistas de paz e justiça, de amor e felicidade que o plano da carne te impôs.

Em certas circunstâncias da experiência transitória, podem ser úteis, entretanto, não vivas exclusivamente ao lado deles.

Exerceriam sobre ti o cativeiro infernal.

Refugia-te no templo à parte, dentro de tua alma, porque somente aí encontrarás as verdadeiras noções da paz e da justiça, do amor e da felicidade reais, a que o Senhor te destinou.
*

Dez Maneiras de Amar a Nós Mesmos

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gtX
*
20130618_Dez_maneiras
*
Dez Maneiras de Amar a Nós Mesmos
*
1 – Disciplinar os próprios impulsos.

2 – Trabalhar, cada dia, produzindo o melhor que pudermos.

3 – Atender aos bons conselhos que traçamos para os outros.

4 – Aceitar sem revolta a crítica e a reprovação.

5 – Esquecer as faltas alheias sem desculpar as nossas.

6 – Evitar as conversações inúteis.

7 – Receber o sofrimento o processo de nossa educação.

8 – Calar diante da ofensa, retribuindo o mal com o bem.

9 – Ajudar a todos, sem exigir qualquer pagamento de gratidão.

10 – Repetir as lições edificantes, tantas vezes quantas se fizerem necessárias, perseverando no aperfeiçoamento de nós mesmos sem desanimar e colocando-nos a serviço do Divino Mestre, hoje e sempre.
*
Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Paz e Renovação.
Ditado pelo Espírito André Luiz.
*
Colaboração:
David Ascenço
Pindamonhangaba-SP

Benefícios Imediatos

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gpi
*
20130612_Benefícios Imediatos
*
Benefícios Imediatos
*
Entre o Aprendiz e o Orientador se estabeleceu o precioso diálogo:

-Instrutor, qual é a força que domina a vida?

-Sem dúvida, o amor.

-Esse poder tudo resolve de pronto?

-Entre as criaturas humanas, de modo geral, ainda existem problemas, alusivos ao amor que demandam muito tempo a fim de que se atinja a solução no campo do entendimento.

-E qual o recurso máximo que nos garante segurança entre as desarmonias do mundo?

-A fé.

-Pode a fé ser obtida, de momento para outro?

-Não é assim. A confiança raciocinada reclama edificação vagarosa no curso dos dias.

-A que fator nos cabe recorrer, para que nos conservem o ânimo e a alegria de servir entre conflitos da existência?

-A paz. -E a paz surge espontânea?

-Também não. Ninguém conhece a verdadeira paz sem trabalho e todo trabalho pede luta.

-Então instrutor, não existe elemento algum no mundo que nos assegure benefícios imediatos?

-Existe.

-Onde está esse prodígio, se vejo atritos por toda parte, na Terra?

-O Mentor fez expressivo gesto de compreensão e rematou:

-Filho, a única força capaz de proporcionar-nos triunfos imediatos, em quaisquer setores da vida, é a força da paciência.

* * *

Francisco Cândido Xavier. Da obra: Pronto Socorro.
Ditado pelo Espírito Emmanuel.
C.E.U.
*
Colaboração:
Elaboração: Integral Terapia Holística – Rua Prudente de Moraes, 304 – Centro – Pindamonhangaba – S.Paulo.
Terapeuta Responsável: David Ascenço – CRT. N. 43108.
Filiado ao Sinte – Sindicato dos Terapeutas.

Todos os livros de Chico Xavier

*
Link permanente:____ http://wp.me/p1oMor-gfG
*
20130528_Livros_do_Chico
*
Todos os livros de Chico Xavier
*
Amigo visitante, Salve!
*
Conheça o site. Click aqui. Grato.
O download é gratuito.
Muito legal!
*
Colaboração:
José Augusto Mendonça

Dia do Trabalho

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-fUs
*
20110501_primeiro_de_maio
*
Dia do Trabalho
*
Nos Compromissos do Trabalho
*
Nunca se envergonhe, nem se lamente de servir.

Enriquecer o trabalho profissional, adquirindo conhecimentos novos, é simples dever.

Colabore com as chefias através da obrigação retamente cumprida, sem mobilizar expedientes de adulação.

Em hipótese alguma diminuir ou desvalorizar o esforço dos colegas.

Jamais fingir enfermidades ou acidentes, principalmente no intuito de se beneficiar das leis de proteção ou do amparo das instituições securitárias, porque a vida costuma cobrar caro semelhantes mentiras.

Nunca atribua unicamente a você o sucesso dessa ou daquela tarefa, compreendendo que em todo trabalho há que considerar o espírito de equipe.

Sabotar o trabalho será sempre deteriorar o nosso próprio interesse.

Aceitar a desordem ou estimulá-la é patrocinar o próprio desequilíbrio.

Você possui inúmeros recursos de promover-se ou de melhorar a própria área de ação, sem recorrer a desrespeito, perturbação, azedume ou rebeldia.

Em matéria de remuneração, recorde: quem trabalha deve receber, mas igualmente quem recebe deve trabalhar.
*
Livro Fonte: Sinal Verde
Autoria Espiritual: André Luiz
Psicografia: Francisco Cândido Xavier
*
Saiba mais sobre o Dia do Trabalho. Click aqui. Grato.

Chico 103 anos Irmã Terezinha

*
Link permanente para esta mensagem:___ http://wp.me/p1oMor-fFR
*

Este slideshow necessita de JavaScript.


*
Alegria, Alegria e Alegria!
Festa dos Corações!
Aniversário de 103 anos de nascimento do Chico
Francisco Cândido Xavier
*
Texto integral da psicofonia ocorrida ao término do evento:
*

IV ENCONTRO CHICO AMOR XAVIER

É com alegria e emoção que estamos aqui neste encontro.

Feliz a idéia de quem escolheu este lugar. É um dos lugares favoritos que Chico mencionava.

Chico está presente, mas trabalhando. Ele já trouxe os moradores desta casa, em espírito é claro. Está presente conosco. Festejando, participando. É assim que ele gostava e ainda gosta. Emocionado ele fica também.

A rua, as janelas, estão repletas de todos os espíritos envolvidos nesta emanação de alegria.

Chico, um servo obediente de tudo e de todos, principalmente de Jesus. Ele fez de tudo para assim ser. Ele é o caminho. Deu-nos o exemplo necessário para que se realizasse a paz em nosso coração, vivendo a caridade infinita.

E é por isso que ele, como espírito que sabe o valor do trabalho, ainda faz parte de várias caravanas como a de Dr. Bezerra de Menezes, onde continua seu trabalho, levando consolo aos corações doloridos.

Chico gosta de todas as alegrias e agradece a presença de todos.

Que possa ser levado um abraço fraternal a cada coração de encarnado ou desencarnado presente à realização.

Nós sabemos que Chico Xavier dizia que nada merecia e que tudo é para o trabalho do Senhor. Mas, não podemos esquecer um só minuto do trabalho que ele realizou aqui, passando por esta Terra, dando exemplo a todos.

Chico Xavier, bondade, bondade inifita. Que Jesus nosso mestre maior possa estar abençoando sempre este servo obediente; que possamos nós, espíritas, trabalhadores de última hora, seguir e sentir cada momento como especial; que possamos, assim, caminhar eternamente, todos juntos, abraçados a um só coração e, trabalhando, chegar a Deus, nosso Pai.

Obrigada pela oportunidade de emanar estes conhecimentos; ter a oportunidade de um desencarnado falar para todos.

Assim seja.

Mensagem recebida em 5 de abril de 2013 Lar Irmã Teresinha Aniversário de Francisco Cândido Xavier (103 anos) Médium – Marisa

Chico Xavier 103 anos!

*
Link permanente para esta mensagem:___ http://wp.me/p1oMor-fF7
*
20130319_ChicoXavier_103
*
Chico Xavier 103 anos!
*
Saiba mais: Click aqui. Grato.
*
Este é um convite fraterno.

A Comunidade Espírita de Pindamonhangaba está convidando a todos da região para que tragam seus Corações para as festividades.

Estamos comemorando o 103 aniversário do nosso amado Chico Xavier.
Sua presença e muito importante.

Traga sua Família, é a Festa dos Corações.

Fraternalmente,
Leal – aprendendo com você
*
Dúvidas?
Por favor, escreva-me:
sinapseslinks@gmail.com
Muito obrigado.

Frases do Chico

*
Link permanente para esta mensagem:___ http://wp.me/p1oMor-fBp
*
20121004_chico_xavier_foi_eleito
*
Frases do Chico
*
Sei que sou um Espírito imperfeito e muito endividado, com necessidade constante de aprender, trabalhar, dominar-me e burilar-me perante as Leis de Deus.
*
Sem a idéia da reencarnação, sinceramente, com todo respeito às demais religiões, eu não vejo uma explicação sensata, inclusive, para a existência de Deus.
*
Uma das coisas que sempre aprendi com os Benfeitores Espirituais é não tolher o livre aqrbítrio de ninguém; os que viveram na minha companhia sempre tiveram a liberdade para fazer o que quiseram.
*
Existem pessoas que se sentem ofendidas, magoadas por qualquer coisa: à mais leve contrariedade, se sentem humilhadas… Ora, nós não viemos a este mundo para nos banhar em águas de rosas… Somos Espíritos altamente endividados – dentro de nós o passado ainda fala mais alto… Não podemos ser tão suscetíveis assim.
*
Emmanuel sempre me ensinou assim: – Chico, se as críticas dirigidas a você sâo verdadeiras, não reclame; se não são, não ligue para elas.
*
O Espírita chora escondido. Depois, lav o rosto e vai atender a multidão sorrindo.
*
Ah… Mas quem sou eu senão uma formiguinha, das menores, que anda pela Terra cumprindo sua obrigação.
*
Toda vez que as circunstâncias te induzam a ouvir as verdades do Evangelho, não penses que o acaso esteja presidindo a semelhantes eventos. Forças divinas estarão agindo a fim de que informes quanto ao teu próprio caminho.
*
Tenho sofrido muitas perseguições da parte de Espíritos inimigos da Doutrina (Espírita), mas dizendo-lhes com sinceridade, as maiores dificuldades que enfrento para perseverar no serviço da mediunidade são oriundas de minhas próprias imperfeições.
*
Toda vez que descuidamos do patrimônio do corpo, abusando e afrontando os perigos da vida e chegamos à morte, esta morte não vem de Deus. Tudo o que vem de Deus, vem devagar.
*
A questão mais aflitiva para o Espírito no Além é a consciência do tempo perdido.
*
O Cristo não pediu muita coisa, não exigiu que as pessoas escalassem o Everest ou fizessem grandes sacrifícios, Ele só pediu que nos amássemos uns aos outros.
*
Saiba mais sobre o Chico Xavier.
Francisco Cândido Xavier
http://wp.me/p1oMor-eyo
*
Colaboração:
Semíramis Fernandes César
Pindamonhangaba-SP