Chico Xavier

SinapsesLinks

20121004_chico_xavier_foi_eleito
*
O CAPITAL DOS MINUTOS
Pelo Espírito Scheilla.
Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Taça de Luz. Lição nº 41. Página 117.
Psicografia em reunião pública em 04-03-1957 no Centro Espírita Luiz Gonzaga, na cidade de Pedro Leopoldo, Minas Gerais.
*
No amanho da terra, em toda parte, surge a erva daninha. Aqui, chama-se tiririca, além é joio imprestável, mais adiante guarda o nome de escalracho destruidor. No fundo, é sempre mato inculto, impedindo a germinação da boa semente e consumindo a vitalidade do solo. Extensos tratos de gleba proveitosa permanecem dominados por essa relva improdutiva e renascente, onde tanta árvore generosa poderia crescer e produzir para a alegria e segurança de todos.
Referimo-nos a esse elemento invasor para lembrar o vosso valioso capital dos minutos.

Quanta felicidade poderemos plantar com a bênção de meia hora?

Quanto estudo nobre investir-nos-á na posse de elevados conhecimentos com apenas alguns instantes de…

Ver o post original 196 mais palavras

Os bons espíritas

ee_20151116_EE_1Allan_Kardec
*
Os bons espíritas
*
Bem compreendido, mas sobretudo bem sentido, o Espiritismo leva aos resultados acima expostos, que caracterizam o verdadeiro espírita, como o cristão verdadeiro, pois que um o mesmo é que outro.

O Espiritismo não institui nenhuma nova moral; apenas facilita aos homens a inteligência e a prática da do Cristo, facultando fé inabalável e esclarecida aos que duvidam ou vacilam.

Muitos, entretanto, dos que acreditam nos fatos das manifestações não lhes apreendem as conseqüências, nem o alcance moral, ou, se os apreendem, não os aplicam a si mesmos.

A que atribuir isso? A alguma falta de clareza da Doutrina? Não, pois que ela não contém alegorias nem figuras que possam dar lugar a falsas interpretações.

A clareza e da sua essência mesma e é donde lhe vem toda a força, porque a faz ir direito à inteligência. Nada tem de misteriosa e seus iniciados não se acham de posse de qualquer segredo, oculto ao vulgo.

Será então necessária, para compreendê-la, uma inteligência fora do comum? Não, tanto que há homens de notória capacidade que não a compreendem, ao passo que inteligências vulgares, moços mesmo, apenas saídos da adolescência, lhes apreendem, com admirável precisão, os mais delicados matizes.

Provém isso de que a parte por assim dizer material da ciência somente requer olhos que observem, enquanto a parte essencial exige um certo grau de sensibilidade, a que se pode chamar maturidade do senso moral, maturidade que independe da idade e do grau de instrução, porque é peculiar ao desenvolvimento, em sentido especial, do Espírito encarnado.

Nalguns, ainda muito tenazes são os laços da matéria para permitirem que o Espírito se desprenda das coisas da Terra; a névoa que os envolve tira-lhes a visão do infinito, donde resulta não romperem facilmente com os seus pendores nem com seus hábitos, não percebendo haja qualquer coisa melhor do que aquilo de que são dotados.

Têm a crença nos Espíritos como um simples fato, mas que nada ou bem pouco lhes modifica as tendências instintivas.

Numa palavra: não divisam mais do que um raio de luz, insuficiente a guiá-los e a lhes facultar uma vigorosa aspiração, capaz de lhes sobrepujar as inclinações.

Atêm-se mais aos fenômenos do que a moral, que se lhes afigura cediça e monótona. Pedem aos Espíritos que incessantemente os iniciem em novos mistérios, sem procurar saber se já se tornaram dignos de penetrar os arcanos do Criador.

Esses são os espíritas imperfeitos, alguns dos quais ficam a meio caminho ou se afastam de seus irmãos em crença, porque recuam ante a obrigação de se reformarem, ou então guardam as suas simpatias para os que lhes compartilham das fraquezas ou das prevenções. Contudo, a aceitação do princípio da doutrina é um primeiro passo que lhes tornará mais fácil o segundo, noutra existência.

Aquele que pode ser, com razão, qualificado de espírita verdadeiro e sincero, se acha em grau superior de adiantamento moral.

O Espírito, que nele domina de modo mais completo a matéria, dá-lhe uma percepção mais clara do futuro; os princípios da Doutrina lhe fazem vibrar fibras que nos outros se conservam inertes.

Em suma: é tocado no coração, pelo que inabalável se lhe torna a fé. Um é qual músico que alguns acordes bastam para comover, ao passo que outro apenas ouve sons.

Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que emprega para domar suas inclinações más.

Enquanto um se contenta com o seu horizonte limitado, outro, que apreende alguma coisa de melhor, se esforça por desligar-se dele e sempre o consegue, se tem firme a vontade.

(Fonte: O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XVII, item 4.)
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.561 dias.
Eu TE Agradeço Senhor!
*
*** https://sinapseslinks.wordpress.com/
*** https://www.facebook.com/sinapses.links

Nos Domínios da Voz

ee_20151116_EE_2Chico
*
Nos Domínios da Voz
*
Observe como vai indo a sua voz, porque
a voz é dos instrumentos mais importantes
na vida de cada um.

A voz de cada pessoa está carregada
pelo magnetismo dos seus próprios
sentimentos.

Fale em tonalidade não tão alta que
assustenemtão baixa quecriedificuldade
a quem ouça.

Sempre aconselhável repetir com
paciência o que já foi dito para o
interlocutor, quando necessário, sem
alterar o tom de voz, entendendo-se que
nem todas as pessoas trazem audição
impecável.

Há quem não disponha de facilidades para
ouvir, nunca dizer frases como estas:
“Você está surdo?”, Você quer que eu
grite?”, “Quantas vezes quer você que eu
fale?” ou “Já cansei de repetir isso.”

A voz descontrolada pela cólera, no
fundo, é uma agressão e a agressão
jamais convence.

Converse com serenidade e respeito,
colocando-se no lugar da pessoa que
ouve, e educará suas manifestações
verbais com mais segurança e proveito.

Em qualquer telefonema, recorde que no
outro lado do fio está alguém que precisa
da sua calma, a fim de manter a própria
tranqüilidade.

Livro: Sinal Verde
Psicografia: Francisco Cândido Xavier
Espírito: André Luiz
Tema: número 3
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.560 dias.
Eu TE Agradeço Senhor!
*
*** https://sinapseslinks.wordpress.com/
*** https://www.facebook.com/sinapses.links

Prudência, Diligência,Perícia

ee_20151116_EE_Dr_Formiga
*20160102_Dr_Formiga
*
VISÃO ESPÍRITA

Um olhar de amor para com a vida
http://visaoespiritabr.com.br/cura/dano-e-dor-sem-nome
Quem perde a mãe é órfão, quem perde o marido é viúva, mas quem perde um filho?
*
* Pindamonhangaba-SP – Sábado
* 02/jan/2016
*
Confrade,
Sejamos Abençoados!
Saúde!
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.558 dias.
Eu TE Agradeço Senhor!
*
*** https://sinapseslinks.wordpress.com/
*** https://www.facebook.com/sinapses.links

Prece

20160101_Prece
*
* Pindamonhangaba-SP – Sexta-feira
* 01/jan/2016
*
*** .
*** Prece
*** .
*
Sejamos Abençoados!
Saúde!
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.557 dias.
Eu TE Agradeço Senhor!
*
*** https://sinapseslinks.wordpress.com/
*** https://www.facebook.com/sinapses.links