Obrigado Senhor!

20130528_Flor_EPL_1240

Anúncios

Notas Breves

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gWu
*
20130725_André_Luiz_031
*
Notas Breves
*
Não perca tempo.
Não fuja ao dever.
Respeite os compromissos.
Sirva enquanto possa.
Ame intensamente.
Trabalhe com ardor.
Ore com fé.
Fale com bondade.
Não critique.
Observe construindo.
Estude sempre.
Não se queixe.
Plante alegria.
Semeie paz.
Ajude sem exigências.
Compreenda e beneficie.
Perdoe quaisquer ofensas.
Atenda à pontualidade.
Conserve a consciência tranqüila.
Auxilie generosamente.
Esqueça o mal.

Cultive sinceridade, aceitando-se como é e acolhendo ou outros como os outros são, procurando porém, fazer sempre o melhor ao seu alcance.
*

Corpo, Perispírito e Alma

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gWn
*
20130725_Corpo_Perispírito_Alma
*
Corpo, Perispírito e Alma
*

O homem, já vimos, é um ser complexo. Nele se combinam três elementos para formar uma unidade viva, a saber:

— O corpo, envoltório material temporário, que abandonamos na morte como vestuário usado.

— O perispírito, invólucro fluídico permanente, invisível aos nossos sentidos naturais, que acompanha a alma em sua evolução infinita, e com ela se melhora e purifica.

— A alma, princípio inteligente, centro de força, foco da consciência e da personalidade.

Estes três elementos — matéria, fluido, inteligência estreitamente ligados em nós para constituírem a vida, encontram-se na base da ordem universal, da qual são as substâncias fundamentais, os termos componentes.

Fazem do homem uma miniatura do Universo, um microcosmo submetido ás mesmas leis e encerrando as mesmas potências que este.

Pode-se crer que o conhecimento perfeito do nosso ser conduzir-nos-ia, por analogia, à compreensão das leis superiores do Universo; mas o conhecimento absoluto do homem escapa ainda aos mais adiantados.

A alma, desprendida do corpo material e revestida do seu invólucro sutil, constitui o Espírito, ser fluídico, de forma humana, liberto das necessidades terrestres, invisível e impalpável em seu estado normal.

O Espírito não é mais que um homem desencarnado.

Todos tornaremos a ser Espíritos.

A morte restitui-nos à vida do espaço; o nascimento faz-nos voltar ao mundo material, para recomeçar o combate da existência, a luta necessária ao nosso adiantamento.

O corpo pode ser comparado à armadura com que o guerreiro se reveste antes da batalha e que abandona quando esta acaba.
*
Léon Denis.

(via missionariosdaluz)