A Beleza do Sorriso

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-gP9
*
20100320_sorriso
*
A Beleza do Sorriso
*
Neurociência
Suzana Herculano-Houzel

A felicidade começa no cérebro. Faça algo bem feito, receba um agrado ou um carinho ou ache graça em uma piada, e seu sistema de recompensa se encarrega de fazer com que as regiões do cérebro que cuidam de movimentos automáticos -aqueles que fazemos sem precisar pensar- estampem um belo sorriso em seu rosto.

Se ele é genuíno, essas regiões do cérebro tratam de elevar os cantos da boca, relaxar as sobrancelhas e, o mais importante, apertar levemente as pálpebras. É acionado também o córtex órbito-frontal (OFC), parte do cérebro que registra quando algo de bom acontece -como a causa do sorriso.

O sorriso forçado, aquele que damos tantas vezes para a câmera, é diferente. Ele parte de regiões do cérebro que comandam movimentos voluntários e não causa ativação do OFC. Não diz, portanto, ao resto do cérebro que algo de particularmente bom aconteceu. Ou seja: você pode até sorrir por fora, mas seu cérebro sabe que você não está sorrindo por dentro.

O incrível é que estampar um sorriso no rosto pode bastar para que comecemos a nos sentir bem. O truque funciona mesmo se você instruir um ator a montar um sorriso, músculo a músculo.

Quanto mais os atores aprendem a dominar o músculo que circunda as pálpebras, adotando uma expressão de felicidade genuína, mais seus corpos começam a se preparar para a felicidade, proporcionando-lhes um bem-estar que eles não sabem explicar. A neurociência, contudo, explica: um trabalho recente mostrou que o sorriso genuíno já basta para ativar o córtex da ínsula, região do cérebro que nos dá sensações subjetivas como a do bem-estar.

Ver alguém sorrir também funciona. Um sorriso no rosto de quem fala com você aciona as mesmas áreas do cérebro responsáveis pelo seu próprio sorriso, inclusive a ínsula e o OFC. É como se ver alguém sorrindo bastasse para você se sentir sorrindo por dentro também. Uma vez que seu cérebro repete por dentro o sorriso que ele vê por fora, o bem-estar do outro é contagiante. Felicidade gera felicidade: ela passa de um cérebro para o próximo por meio do sorriso.

E, se tudo isso ainda não bastar para você começar a sorrir agora mesmo, eis uma razão a mais: o OFC, que é acionado automaticamente quando vemos uma pessoa bonita (feia não serve!), fica ainda mais ativo quando essa pessoa sorri.

O sorriso é, portanto, o tratamento de beleza mais rápido, barato e democrático que a natureza -e a neurociência- já inventou…

[…] Estampar um sorriso no rosto pode bastar para que comecemos a nos sentir bem

Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/equilibrio/eq1708200609.htm

——————————————————————————–
SUZANA HERCULANO-HOUZEL, neurocientista, é professora da UFRJ e autora de “Sexo, Drogas, Rock’n’Roll & Chocolate” (ed. Vieira & Lent) e de “O Cérebro em Transformação” (ed. Objetiva)

Rio de Janeiro

*
Link permanente:____ http://wp.me/p1oMor-gOQ
*
20130719_Brasil_RJ
*
RJ-Rio de Janeiro
*
PRECE DOS PAIS

Dedicado a todos os pais de hoje, ontem e amanhã, encarnados ou desencarnados, biológicos ou espirituais, presentes ou ausentes.

Pai nosso que estás nos céus, vela com carinho pelos pais que se dedicam e se esforçam, sofrem e pedem por seus filhos aqui na Terra…

Santificado seja o teu nome para que os filhos da carne possam agradecer a dádiva de poder ter a figura de um pai, ainda que desconhecido, para louvar…

Venha a nós o teu Reino, pois é dele que emana esse sentimento paternal, essa afeição especial que une pais e filhos…

Seja feita a tua vontade, agora e sempre, assim na Terra, entre os pais e os filhos que ainda desfrutam da oportunidade terrena, como no céu, onde os pais e os filhos que tu chamaste para o outro plano choram a saudade da distância momentânea em que
se encontram…

O pão nosso, de cada dia, dá-nos hoje e permite que ele nunca falte onde quer que haja um pai a buscar alimento para o corpo e o espírito de seus filhos…

Perdoa as nossas dívidas e dá entendimento aos nossos filhos para que eles também possam nos perdoar os erros de ontem e de hoje, assim como nós perdoamos aos nossos
devedores, especialmente os filhos queridos que tu, em tua infinita sabedoria, puseste em nosso caminho…

E não nos deixes cair em tentação, pois grande é a nossa fraqueza diante do ciúme e do egoísmo que o nosso sentimento de amor, ainda imperfeito, nos inspira, mas livra-nos de todo o mal, para que sejamos os pais que os nossos filhos esperam e necessitam para vencer as agruras desta vida e ganhar as bênçãos da verdadeira vida que está por vir…

Pois teu é o Reino para onde devemos conduzir nossos filhos, o Poder no qual devemos ensiná-los a ter fé e a Glória a que devemos, pais e filhos, louvar e agradecer, para todo o sempre…

Que assim seja, Senhor, para que todos nós, os pais da Terra, lembremo-nos sempre do compromisso assumido contigo e não abandonemos ao relento espiritual os filhos que são teus, mas que achaste por bem confiar aos nossos cuidados…

Graças a Ti!

Autor espiritual: não identificado.
Médium: Maísa Intelisano (agosto de 1993)
Acervo do Leal: G:\#1_Leal_AMD2\#WordPerfect\2003080714.04y