Família

*
Link permanente:___ http://wp.me/p1oMor-g65
*
20130518_Família
*
Família
*
O Espiritismo e a família contemporânea, desafios e reflexões

“Estamos na era da alienação, do estar sozinho e das uniões frágeis e isso tem facilitado a desestrutura da família.

Vivemos dominados por um grave fenômeno: o alheamento em massa.

Nessa circunstância as pessoas são estranhamente alheias aos fenômenos hodiernos que as cercam; são bloqueadas mentalmente de maior reflexão ou sensibilidade social; consideram dispensável qualquer tipo de exercício mental ou espiritual; alegram em direcionar todos os empenhos de suas vidas ao lazer, prazer divertimento.

Vivem o fenômeno da substituição do Ser pelo Ter.

A necessidade de espiritualização está sendo sobrepujada pelo vício em diversão.

Entretenimentos que giram quase sempre em torno de erotismos e violências.

Quando os valores cristãos perdem significado aguçamos o egoísmo e esfacelamos a felicidade.”
*
Leia o texto completo. Click aqui. Grato.
*
Autor:
Jorge Hessen
Brasília-DF

Um comentário sobre “Família

  1. Nossa mãe Santíssima que artigo maravilhoso., estupendo, que vêm de encontro aos nossos mais íntimos anseios !!! Quão difícil é para nós mães e esposas convivermos com afetos nossos, que divergem completamente da nossa maneira de pensar. Apesar de darmos todo o nosso apoio, a nossa vida, o nosso esforço, por que não dizer o nosso sangue e ainda assim somos incompreendidos. Quando não se tem uma estrutura espiritual é muito difícil suportar , mas, em muitas vezes eu o meu espírito se surpreende “perante essas intempéries familiar” com a maneira e o caminho que sigo para que as tempestades, não destruam,. o equilíbrio que mantenho nestas horas de angústia e tristeza. Pois, o meu casamento foi um desastre, agora , já estou viúva há 23 anos, porém, os problemas se acentuaram ainda mais com os filhos, pois, estes meus queridos e amados rebentos no que concerne à convivência familiar deixam muito a desejar. Mas, não foi falta de aviso do plano espiritual, porque, eu já de antemão sabia tudo o que ia passar. Pois, o alheamento muitas vezes destroem as fibras mais resistentes do nosso espirito, porém, é aí que entra o nosso discernimento e a nossa capacidade de perdão e de renúncia, perante tais fatos. Obrigada Tereza

Seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s