Conhecimento

*
Por favor, click sobre a imagem para ampliá-la. Grato.
Link permanente para esta mensagem:__ http://wp.me/p1oMor-d65
Mensagem número # 5.734 @ 20120214035151
Visitas recebidas de Março de 2011 à 14/02/2012 = 35.546
Por favor, você pode divulgar o blog? Link: https://sinapseslinks.wordpress.com/
Contato: Leal, e-mail: sinapseslinks@gmail.com
Muito obrigado pela sua importante visita!
*
*

*
*
Conhecimento
*
Termo que designa, em filosofia, o processo pelo qual o sujeito apreende. O conhecimento sensível é adquirido por meio dos sentidos.
O inteligível depende do uso da razão e tem como objeto tipos gerais, e não individuais e concretos.

Pesquisadores:
Agostinho, santo ; Bacon, Roger ; Fenomenologia ; Hume, David ; Husserl, Edmund ; Kant, Immanuel ; Locke, John ; Merleau-Ponty, Maurice ; Pirro de Élida ; Platão ; Popper, Karl ; Positivismo ; Pragmatismo ; Schopenhauer, Arthur
v. tb. Categoria; Empirismo; Epistemologia; Filosofia; Intuição; Lógica

Macro-áreas:

● Aeronáutica e Astronáutica
● Agricultura
● Antropologia
● Arquitetura e Urbanismo
● Arte
● Astronomia
● Biologia
● Botânica
● Ciência e Tecnologia
● Cinema
● Comunicação
● Direito
● Economia, Administração
● Educação
● Esportes e Jogos
● Filosofia
● Física
● Geografia
● Geologia
● História
● Indústria e Engenharia
● Lingüística
● Literatura
● Matemática
● Medicina, Anatomia e Fisiologia
● Meteorologia
● Militares, assuntos
● Mineração e Metalurgia
● Mitologia
● Música
● Música e Dança Populares
● Política
● Psicologia e Psiquiatria
● Química
● Religião
● Sociologia
● Teatro
● Transportes
● Zoologia
*
©Encyclopaedia Britannica do Brasil Publicações Ltda.
*
Acervo do Leal:
C:\#1_Leal\1_WPD\1999\19960101WPD_conhecimento_oo.WPD
*

Anúncios

Um comentário sobre “Conhecimento

  1. Filosofia não é um conhecimento. Mas os conhecimentos todos são filosofias. Um sutil engano tem provocado até certo preconceito quanto uma forma de pensar, um exercício a observar a própria forma de absorver, transformar e produzir conhecimento não deve ser relegado a uma “área do conhecimento”. E, cá pra nós, na verdade nunca esteve e nem está!

    Porém, é verdade que por conta desta “segmentação imaginária” e, ao meu ver, equivocada, tivemos, sim, a retração nas demais áreas do conheicmento deste exercício do livre-pensar.

    Descartes foi também matemático assim como Leibniz e Pascal; Hipócrates, que os amigos da medicina conhecem bem, também foi filósofo; A poetisa Sapho e até Fernando Pessoa.

    A filosofia está em outro lugar que não em todas as áreas humanas? Ao contrário de “puxar-sardinha” para o lado da Filosofia, acredito que o movimento deveria ser o contrário: empurrar um pedacinho dessa sardinha para cada uma das áreas de conhecimento. E isso seria maravilhoso para todos!

Seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s