Casa em Lorena-SP

*
Por favor, click sobre a imagem para ampliá-la. Grato.
*


*
*
Vendo Casa em Lorena-SP
*
Casa espaçosa, linda e bem iluminada. Segura.
Duas salas amplas, três quartos, uma suite.
Muito bem localizada.
Nas proximidades da Rod. Dutra.
*
Seja Abençoado!
Havendo interesse escreva-me. Grato.
Leal – eudisonleal@gmail.com
*

Saúde Financeira

*

*
*
Saúde Financeira

Ter as Contas em dia é bom e possível

Por que será que, mesmo não querendo dívidas, muitas vezes, gastamos mais do que temos?

Vamos falar a verdade: as demandas são inúmeras.

Sofremos um verdadeiro bombardeio de solicitações para conseguir manter a casa, criar os filhos, cuidar da saúde. E tudo somado ao avanço tecnológico que impõe um novo modelo de vida que não podemos evitar. E as demandas se multiplicam pelo número de membros da família… Que fazer?

Vamos agir. Podemos começar anotando em um papel as necessidades que queremos atender e, ao lado, seu custo. Em seguida, vamos colocar em ordem de prioridade. É claro que queremos tudo, mas energia elétrica é mais importante que TV a cabo, sabemos disso. Racionalmente, vamos colocar nossa longa lista segundo sua prioridade. Agora, vamos somar e comparar com a renda. Como os fornecedores de bens e serviços nunca estão dispostos a nos atender sem o pagamento correspondente, só poderemos atender às necessidades cujo valor for inferior à nossa renda. Aí está a importância de priorizá-Ias. Mas, por que as despesas ainda devem ser inferiores à renda? Ainda tem que sobrar? Sim, porque estamos sujeitos a imprevistos, como um vazamento de água, por exemplo. Por isso, um pouco por mês deve ser poupado para contingências.

O controle da nossa vida financeira deve fazer parte de um conjunto de metas e atitudes que devemos ter para uma vida equilibrada e sadia. Dele depende o que comemos, vestimos, aonde vamos, estudamos, e o tudo que temos. Gastar além dos limites prejudica o sono, a saúde, a manutenção da casa, com sérios desdobramentos sobre as relações familiares. Por isso, precisamos nos planejar.

Comece pela lista de prioridades e não pense no que deixará de fazer ou comprar pela ótica da restrição, mas como recuperação da tranquilidade e da saúde.
*
Profa. Maria Inês Ferreira Xavier
Mestre em Economia
*
Fonte:
Revista Vida Saudável
Ano VI – número 8 – 2011
Página 16
*
Publicado em: SinapsesLinks
https://sinapseslinks.wordpress.com/
*
Conheça também:
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*