Cápsulas da Felicidade

*

Cápsulas da Felicidade

Vivemos procurando medicamentos para o corpo, a fim de aliviar nossas dores físicas. Nada mais natural e é importante que isso se faça.

Afinal, nosso corpo físico é o veículo pelo qual Deus nos concede a oportunidade da vida.

A espiritualidade nos ensina que todas as nossas dores e doenças físicas, são reflexos ou efeitos de desajustes internos. O seja:
Antes de termos algum mal físico se manifestando no corpo, nós os temos previamente instalados na alma!

A proposta da espiritualidade é para que cuidemos do corpo, mas jamais deixemos de lado o tratamento espiritual. A alma é a fonte de nossas venturas ou dores. Depende de sua saúde interna.

Eis porque propomos os medicamentos da “Pharmácia Esperança”.

São mensagens que quando bem administradas e assimiladas, surtem o efeito desejado da verdadeira bem aventurança, ensinada pelo Cristo.

Indicação:
Patologias da alma, tais como: depressão, intolerância, irritação, desânimo, apatia, desesperança, etc.

Propriedades:
Quando administradas corretamente, tem efeito supressor sobre o desenvolvimento das doenças da alma, fazendo com que o paciente seja fortalecido em sua moral, proporcionando uma nova vida com sensação de felicidade indefinível.

Informações úteis ao paciente:
Uma superdosagem não acarretará danos á saúde do paciente.
A experiência clínica mostra, porém que a posologia recomendada de 01 cáps/dia “muito bem digerida”, restituirá sua saúde mental e espiritual em pouco tempo.

Contra Indicação:
Não existe

Bom Tratamento!!

A causa de nossos sofrimentos são os nossos desejos egoístas.
(Buda)

“Seja feita a sua vontade…”.
Você se lembra desta passagem na oração que Jesus nos ensinou, quando reclama de algo da vida?

Previna-se da doença com os recursos encontrados em você mesmo.
O maior restaurador de forças é a consciência reta que serena as emoções. (André Luiz)

Bem aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus. (Jesus)

Por que vês tu, um cisco no olho do teu irmão, e não vês um galho no teu? (Jesus)

Não julgueis, para que não sejais julgado. (Jesus)

Com a medida com que medirdes vosso próximo, vos medirão também a vós. (Jesus)

Se os homens se amassem reciprocamente, a caridade seria melhor
praticada, o nosso mundo seria de Felicidade….
-Você está fazendo a sua parte?

Mesmo tendo razão, não acuses, nem alardeies as faltas alheias.
A rigor, ninguém erra porque quer.

Pedi e dar-se-vos-à; buscai, e acharei; batei, e abrir-se-vos-à. Porque todo que
pede, recebe; e o que busca, acha; e a quem bate, abrir-se-à. (Jesus)

Quem não sabe tolerar, não aprende amar.
Aprendi a viver contente em toda e qualquer ocasião. (Paulo, o apóstolo)

O sorriso é o idioma do Amor Universal…
Até as crianças compreendem!
(Dinamor)

Um coração alegre faz tão bem quanto um remédio! (Provérbio Oriental)

O que ninguém te rouba é o que trazes dentro de ti:
A tua alegria,
A tua fé,
A tua luz.

Ore por aqueles que Deus colocou a nossa frente para que fossem instrumentos de nossa prova da paciência e benevolência!
(Evang. Seg. Espiritismo)

O teu corpo é reflexo do teu espírito.
A situação que vivências é aquela que preparaste.

Todos nós temos desde a criação o germem do amor. Acredite!
Cultive dentro de você essa semente magnífica que transforma a tristeza em FELICIDADE!

Não resuma a Caridade em “dar dinheiro”, Jesus exemplificou na sua plenitude esta tarefa maravilhosa, e não se tem notícias de que possuía uma só moeda.

Nunca tire a Esperança de ninguém, pode ser a última coisa que lhe resta.
E mantenha sempre seu coração cheio dela, para passar a quem esteja precisando.

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim. (Chico Xavier)

Colaboração:
Angela Hugo Silva
Botucatu-SP

Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/

Anúncios

O Caminho de São Francisco

*

*

O Caminho de São Francisco

Em O Caminho de São Francisco, o autor apresenta sua experiência como médico e também como orientador de seminários destinados à capacitação de pessoas interessadas em estudar a arte de gerenciar a vida.

A abordagem desenvolve-se numa narrativa didática para favorecer o entendimento da complexa natureza humana, até concluir numa receita capaz de levar o leitor a imunizar-se contra os venenos de qualquer forma de estresse desnecessário.

Para conquistar esta meta, o autor aplica como fundamentos:

– Corpo e mente formam uma unidade inseparável, integrada pelo eixo psico-neuro-endócrino-imunitário.

– Mudanças na mente afetam o corpo e mudanças no corpo afetam a mente, influenciando no estado de saúde ou doença.

– A compreensão desse mecanismo de interação é essencial para quem deseja encontrar a melhor forma de adaptar-se num meio de tantas diversidades e caminhar para um estilo de vida mais saudável.
*

Roteiro

*

Roteiro

No corpo humano, temos na Terra o mais sublime dos santuários e uma das supermaravilhas da obra divina.

A bênção de um corpo, ainda que mutilado ou disforme, na Terra, é como preciosa oportunidade de aperfeiçoamento espiritual, o maior de todos os dons que o nosso planeta pode oferecer.

O corpo é para o homem santuário real de manifestação, obra-prima do trabalho seletivo de todos os reinos em que a vida planetária subdivide.

Os aleijões de nascença e as moléstias indefiníveis constituem transitórios resultados dos prejuízos que, individualmente, causamos à corrente harmoniosa da evolução.

A energia mental é o fermento vivo que improvisa, altera, constringe, alarga, assimila, desassimila, integra, pulveriza ou recompõe a matéria em todas as dimensões.

Por isso mesmo, somos o que decidimos, possuímos o que desejamos, estamos onde preferimos e encontramos a vitória, a derrota ou a estagnação, conforme imaginamos.

Os acontecimentos obedecem às nossas intenções e provocações manifestas ou ocultas.

Encontraremos o que merecemos, porque merecemos o que buscamos.

A existência, pois, para nós, em qualquer parte, será invariavelmente segundo pensamos.

A mente é manancial vivo de energias criadoras.

O pensamento é substância, coisa mensurável.

Encarnados e desencarnados povoam o planeta, na condição de habitantes dum imenso palácio de vários andares, em posições diversas, produzindo pensamentos múltiplos que se combinam, que se repelem ou que se neutralizam.

O idealismo operante, a fé construtiva, o sonho que age, são pilares de todas as realizações.

Quem mais pensa, dando corpo ao que idealiza, mas apto se faz à recepção das correntes mentais invisíveis, nas obras do bem ou do mal.

O Homem permanece envolto em largo oceano de pensamentos, nutrindo-se de substância mental em grande proporção.

Toda criatura absorve, sem perceber, a influência alheia nos recursos imponderáveis que lhe equilibram a existência.

Em forma de impulsos e estímulos, a alma recolhe, nos pensamentos que atrai, as forças de sustentação que lhe garantem as tarefas no lugar em que se coloca.

Nossa inspiração está filiada ao conjunto dos que sentem como nós, tanto quanto a fonte está comandada pela nascente.

Somos obsidiados por amigos desencarnados ou não e auxiliados por benfeitores, em qualquer plano da vida, de conformidade com a nossa condição mental.

Precisamos compreender – repetimos – que os nossos pensamentos são forças, imagens, coisas e criações visíveis e tangíveis no campo espiritual.

Atraímos companheiros e recursos, de conformidade com a natureza de nossas idéias, aspirações, invocações e apelos.

Cada criatura recebe de acordo com aquilo que dá.

Cada alma vive no clima espiritual que elegeu, procurando o tipo de experiência em que situa a própria felicidade.

Estejamos, assim, convictos de que os nossos companheiros na Terra ou no Além são aqueles que escolhemos com as nossas solicitações interiores, mesmo porque, segundo antigo ensinamento evangélico, “teremos nosso tesouro onde colocarmos o coração”.
*
Texto:
Frases extraídas da obra: Emmanuel (Espírito). Roteiro, [ditada] pelo espírito de Emmanuel, psicografada por Francisco Cândido Xavier. Rio de Janeiro: FEB, 1952.
*
Foto:
http://www.fotografia-przyrodnicza.art.pl/galeria.php.
*
Produção:
Gilmar da Cunha Trivelato.
e-mail: gilmar.trivelato@gmail.com
Belo Horizonte, 7 de agosto de 2010.
*
Visite a página
http://www.febnet.org.br/site/
*
Colaboração:
Marlise C. O. Goncalves
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*
Mensagem em PDF: Click aqui.
*

TOQUE DE SILÊNCIO

*

TOQUE DE SILÊNCIO

*TOQUE DE SILÊNCIO, COM ACOMPANHAMENTO DE ORQUESTRA SINFÔNICA DE ANDRÉ RIEU*

Talento é talento. Ela tem apenas 14 anos.
Ao que se sabe, o pistom exige uma força torácica razoável para ser tocado.
Veja esta música executada na íntegra, interpretada pelo pistom de uma frágil menina, que arrancaria aplausos de Miles Davis e Louis Armstrong.

O Toque do Silêncio é universal nas Forças Armadas de quase todo o mundo. No chamado o “Toque do Silêncio” ou “Toque de Recolher”, porque é soado todos os dias às 22h:00 e seu sinal é dado por esta música, executada em pequena parte por um trompetista. Também é tocado em funerais dos militares, quando o falecimento ocorre, no exercício da função. Poucos a conhecem e é lindo ouví-lo, quando executado por uma criança de 14 anos, acompanhada de uma sinfônica, e depois aplaudida de pé pela plateia e pelos músicos que a acompanharam. É de emocionar qualquer um!
*
Faça o download do vídeo. Click aqui.
*
Colaboração:
Iolanda Carneiro
Botucatu-SP
*