Gentileza

Gentileza
Nunca perca a oportunidade de ser gentil.
A gentileza é sempre muito bem vinda àqueles que sabem reconhecê-la.
Você é gentil quando ouve com atenção alguém que deseja desabafar com você. Não seja intolerante com histórias que lhe parecem pequenas, pois para quem fala é sempre muito importante dividí-las com alguém.
Você é gentil ao dizer “tudo bem, tente outra vez” quando seu telefone toca por engano. Quem está do outro lado do fio sente-se melhor ao ver-se desculpado.
Você é gentil quando ajuda alguém a recolher os pacotes que deixou cair. Não se mostre incomodado se eles caíram empatando sua caminhada. Quem os derrubou já está suficientemente constrangido.
Você é gentil quando avisa que vai fazer uma visita. Nunca apareça sem antes anunciar-se. É necessário que o outro saiba que você está indo e que tenha a chance de dizer se pode ou não recebê-lo.
Você é gentil quando não impõe suas idéias como se fossem leis. Deixe que o outro filtre suas palavras e tenha a liberdade de escolher as que lhe parecem razoáveis.
Você é gentil quando não emite opiniões que não são solicitadas.
Seja qual for a situação, espere que o outro lhe peça para dizer o que acha.
Você é gentil quando sorri para um pedinte de rua: para ele, um sorriso pode ser mais necessário do que algumas moedas.
Você é gentil quando oferece água e alimento a um animal sedento e faminto. Ele não sabe dizer “muito obrigado”, mas alguém “lá de cima” está agradecendo em nome dele.
Você é gentil quando dá atenção a uma criança que lhe fala de papai Noel. Ele é muito importante para ela: é um portador de alegrias e de presentes. Não roube dela essa ilusão. Deixe o tempo cuidar disso.
Você é gentil quando reconhece que um idoso pode ser um Mestre para você, mesmo que ele não tenha todos os diplomas que você tem.
Não é possível listar de uma só vez quais são todas as maneiras de ser gentil. Há diversas formas de sê-lo e, certamente, você conhece muitas delas.
Nunca perca a oportunidade de exercer a gentileza.
Na história do mundo entram muito mais nomes de pessoas grosseiras do que de pessoas gentis.
Porém, na história do universo, a casa de Deus, elas não entram pela Porta Principal.
Seja gentil.
*
Autoria: desconhecida
*
Colaboração:
Daniela Marchi
Araçatuba-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
*
Anúncios

O Abraço!

*

O ABRAÇO, SALVADOR DE VIDAS

Já se comprovou que todos necessitamos de contato físico para nos sentirmos bem, e uma das formas mais importantes de contato físico é o abraço.

Quando nos tocamos e nos abraçamos, levamos vida aos nossos sentidos e reafirmamos a confiança nos nossos próprios sentimentos.

Algumas vezes NÃO encontramos as palavras adequadas para expressar o que sentimos; o abraço é a melhor maneira.

Há vezes que não nos atrevemos a dizer o que sentimos, seja por timidez ou porque os sentimentos nos avassalam; nesses casos pode-se contar com o idioma dos abraços.

Os abraços, além de nos fazerem sentir bem, empregam-se para aliviar a dor, a depressão e a ansiedade.

Provocam alterações fisiológicas positivas em quem toca e em quem é tocado.

Aumenta a vontade de viver aos enfermos.

É importante saber que:
Os abraços são necessários para o desenvolvimento, manter-se são e para crescer como pessoa.

O que nos dá um abraço?


PROTEÇÃO
O sentir-se protegido é importante para todos, mas é-o mais para as crianças e mais velhos, que frequentemente dependem do amor de quem os rodeia.

SEGURANÇA
Todos necessitamos de nos sentirmos seguros. Se não o conseguimos, atuamos de forma ineficaz e as nossas relações interpessoais declinam.

CONFIANÇA
A confiança faz-nos avançar quando o medo se impõe ao nosso desejo de participar com entusiasmo em algum desafio da vida.

FORÇA
Quando transferimos a nossa energia com um abraço, as nossas próprias forças aumentam.

SAÚDE
O contato físico e o abraço partilham uma energia vital capaz de sanar ou aliviar enfermidades.

AUTO – VALORIZAÇÃO
Através do abraço podemos transmitir uma mensagem de reconhecimento do valor e excelência de cada indivíduo.

UM ABRAÇO
Faz e Diz Muitíssimo; abraça o teu amigo,
abraça os teus entes queridos, abraça as tuas crianças, abraça o teu animal de estimação…

ABRAÇA-OS A TODOS!

Autoria: desconhecida
*
Colaboração:
Irenita Forster
São Paulo-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Oração Maçônica

*

ORAÇÃO MAÇÔNICA

Grande Arquiteto do Universo que me permitiste que como Maçom, vislumbrasse um pálido clarão da tua Luz ao ingressar nos “Mistérios”.

Ajuda-me, pois, a iluminar os caminhos que abristes para mim, para aqueles que agora acompanho e para outros que talvez um dia me seguirão.

Que eu possa refletir sobre o golpe do teu malhete e o perfeito desbaste do teu cinzel, para que toda a minha individualidade reflita sem equívocos a tua vontade.

Fizeste-me Maçom. Por isso “morri” e despertando “renasci”.

Ensina-me a humildade na crítica, sobretudo ao ser criticado, para que através de mim, todos entendam e aceitem que a humildade é uma das tuas essências. Instrui-me nas virtudes da Paciência, da Tolerância e da Alegria.

Para que eu possa aceitar os outros como são, mesmo que isso me pareça à tarefa mais árdua, a viagem mais penosa ou a taça mais amarga. Dá-me muito antes, da sabedoria de Salomão a paciência de Jó, para que a minha palavra seja sempre proferida para bem da Humanidade.

Sou uma pedra bruta, bem o sei, mas não inanimada, pois posso mover-me.

Indica-me, pois a direção do teu golpe, cinzela as minhas arestas e assenta-me na construção do templo Universal que desejas e contra cujas Colunas tantos lutam com insensata cegueira.

Amplia o meu conhecimento, reforça a minha fé e a minha coragem e faz ressoar a minha alegria.

Dá-me a convicção dos meus ideais, alimenta o meu corpo e abre-me o teu insondável caminho. Concede-me a graça de te descortinar em tudo e em todos.

Pois só assim poderei ser justo e perfeito.

E no dia  em que me apresentar perante ti, no momento da Iniciação no Oriente Eterno, que as minhas mãos senão cheias estejam calejadas do trabalho efetuado por amor a ti, com os meus olhos senão cegos por tua Luz ao menos voltados em tua direção.

Que eu possa também antes de cruzar as Colunas em direção ao Oriente Eterno, olhar a marca de todos os meus passos e atos sem me envergonhar do pouco que tenha caminhado ou feito.

Que a pedra bruta desbastada graças a ti possa ser de alguma utilidade na construção do meu Templo Interior  e do templo Universal.

QUE ASSIM SEJA .·.
*
Texto / Oração:
IR.·. Manoel Espinho
*
Colaboração:
IR.: Jose Rufino Xavier
São Paulo-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Pense!

*

Pense!

1. Experimente de tudo duas vezes. Na lápide de Madams (de “Whelan’s and Madam”) ela diz que gostaria de ter o seguinte: Experimentei de tudo em dobro… amei as duas vezes!

2. Mantenha apenas os amigos alegres.
Os tristes te deprimem. (tenha isso em mente e certifique-se que você não é um desses depressivos;)

3. Continue aprendendo: aprenda mais sobre computadores, artes, jardinagem, qualquer coisa. Nunca deixe o cérebro desocupado. “Uma mente vazia é o ambiente propício para instalação do mal.”
E o nome desse mal é Alzheimer!

4. Curta as coisas simples.

5. Ria com freqüência, em alto e bom som. Ria até perder o fôlego. E se você tiver um amigo que te faça rir, procure estar bastante tempo na companhia dele/dela.

6. Se vierem lágrimas: Resista, recupere-se e siga em frente. A única pessoa que está com você a tua vida inteira é você mesmo.
VIVA enquanto estiver vivo!

7. Cerque-se de coisas que você ama: não importa se é sua família, seus amigos, seus animais de estimação, música, plantas, hobbies, o que quer que seja. Sua casa é seu refúgio!

8. Cuide da sua saúde: se ela está bem, preserve-a. Se está instável, melhore-a.
Se está além das tuas possibilidades fazê-la melhor, procure ajuda.

9. Não vá a lugares onde não se sinta bem. Saia para ir ao shopping, mesmo que seja num outro bairro, numa outra cidade, mas NÃO vá a lugares que te deprimam.

10. Às pessoas que você ama, diga que as ama, sempre que tiver oportunidade.

11. Perdoe aqueles que te fizeram chorar. Você pode não ter uma segunda chance para fazer isso.

O tempo perdido nunca mais poderá ser encontrado!

Seja seu Dia, Feliz!

Autoria: Rosangela Gil
Colaboração: Mário Leal Filho
São Paulo-SP – Brasil
*
Fonte:
C:\#1_Leal\1_WPD\2007\20070628WPD_Pense
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Remuneração Espiritual

*

Remuneração Espiritual

Emmanuel
Paulo II Timóteo, 2:6.

Além do salário amoedado o trabalho se faz invariavelmente, seguido de remuneração espiritual respectiva, da qual salientamos alguns dos itens mais significativos: acende a luz da experiência; ensina-nos a conhecer as dificuldades e problemas do próximo, induzindo-nos, por isso mesmo, a respeitá-lo; promove a auto-educação; desenvolve a criatividade e a noção do valor do tempo; imuniza contra os perigos da aventura e do tédio; estabelece apreço em nossa área de ação; dilata o entendimento; amplia-nos o campo das relações afetivas; atrai simpatia e colaboração; extingue, a pouco e pouco, as tendências inferiores que ainda estejamos trazendo de existências passadas.

Quando o trabalho, no entanto, se transforma em prazer de servir, surge o mais importante da remuneração espiritual: toda vez que a Justiça Divina nos procura no endereço exato para a execução das sentenças que lavramos contra nós próprios, segundo as leis de causa e efeito, se nos encontra em serviço ao próximo, manda a Divina Misericórdia que a execução seja suspensa, por tempo indeterminado.

E, quando ocorre, em momento oportuno, o nosso contato indispensável com os mecanismos da Justiça Terrena, eis que a influência de todos aqueles a quem, porventura, tenhamos prestado algum benefício, aparece em nosso auxílio, já que semelhantes companheiros se convertem espontaneamente em advogados naturais de nossa causa, amenizando as penalidades em que estejamos incursos ou suprimindo-as de todo, se já tivermos resgatado em amor aquilo que devíamos em provação ou sofrimento, para a retificação e tranquilidade em nós mesmos.

Reflitamos nisso e concluamos que trabalhar e servir, em qualquer parte, ser-nos-ão sempre apoio constante e promoção à Vida Melhor.
*
Psicografia: Francisco Cândido Xavier.
Livro: Perante Jesus
http://www.mensageiros.org.br/
*
Colaboração:
Casa do Caminho
R. Sen. Dino Bueno, 203
Pindamonhangaba-SP
12401-410
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*