Palestras Espíritas

*

44º Ciclo de Palestras Espíritas de Pindamonhangaba


17ago10 – Ter – 20h – Eurípedes
Link:
http://sinapseslinks.blogspot.com/2008/08/eurpedes-barsanulfo_15.html

18ago10 – Qua – 20h – Batuíra
Link:
http://sinapseslinks.blogspot.com/2008/08/batura_15.html

19ago10 – Qui – 20h – Vicente de Paulo
Link:
http://sinapseslinks.blogspot.com/2008/08/vicente-de-paulo.html

20ago10 – Sex – 20h – Luz do Caminho
Link:
http://sinapseslinks.blogspot.com/2008/08/luz-do-caminho.html

21ago10 – Sab – 20h – Bezerra de Menezes
Link:
http://sinapseslinks.blogspot.com/2008/08/bezerra-de-menezes_15.html

22ago10 – Dom – 17h – Irmã Terezinha
Link:
http://sinapseslinks.blogspot.com/2008/08/irm-terezinha.html

23ago10 – Seg – 20h – Paulo de Tarso
Link:
http://sinapseslinks.blogspot.com/2008/08/paulo-de-tarso.html

24ago10 – Ter – 20h – Francisco de Assis
Link:
http://sinapseslinks.blogspot.com/2008/08/francisco-de-assis_15.html

25ago10 – Qua – 20h – Paz e Luz

Anúncios

Bem-vindo ao futuro

*

1ª MOSTRA 3M DE ARTE DIGITAL

Imaginar os atuais processos de criação sem a interferência de ferramentas digitais é uma tarefa cada vez mais difícil. Por essa razão, cabe a pergunta: hoje, podemos dissociar o real do virtual? Tentando responder a essa questão, a Mostra de Arte Digital tem como intenção discutir a relação entre as novas tecnologias e a arte, exibindo trabalhos totalmente digitais e obras manuais que são divulgadas pelas novas mídias.

Sem depender mais dos meios de divulgação tradicionais, os artistas podem, hoje, divulgar seus trabalhos pelo celular, computador ou vídeo, apresentado suas obras em qualquer lugar e a qualquer momento. Por isso, softwares e ferramentas digitais ganham cada vez mais adeptos.

A partir disso, nada mais justo do que apresentar uma mostra que exponha obras de artistas que dialogam com essa tendência, para que todos acessem, vejam e apreciem. Fazendo juz ao nome, a Mostra de Arte Digital irá expor os trabalhos em telas de LCD e em computadores, além de apresentar as mesas digitalizadoras, convidando o público a realizar ilustrações em plataformas inovadoras. Bem-vindo ao futuro.
*
Fonte:http://www.mostra3mdeartedigital.com.br/
*

Ética, Justiça e Espiritismo

*

Ética, Justiça e Espiritismo

Inscrições abertas para o I CONJURESP

Após dois anos de fundação, a Associação Jurídico-Espírita do Estado de São Paulo realizará o I CONJURESP (Congresso Jurídico-Espírita do Estado de São Paulo). O evento reunirá operadores do direito e interessados em geral, com o fim de discutir Ética, Justiça e Espiritismo. Expositores de todo o país já estão com presenças confirmadas. Ribeirão Preto-SP será a sede do I CONJURESP, que ocorrerá nos dias 22 e 23 de outubro, nas Faculdades COC. Inscrições abertas.

Mais informações no site: http://www.ajesaopaulo.com.br
*

Censo Demográfico

*

Censo demográfico do IBGE

RECOMENDAÇÃO AOS ESPÍRITAS

Por orientação do presidente Nestor João Masotti, ausente do País em viagem a Nova York, em evento que homenageia Chico Xavier, na sede da ONU, RETIFICAMOS a informação transmitida no dia 2 de agosto, a respeito do Censo demográfico 2010, promovido pelo IBGE.

Diante dos novos esclarecimentos, obtidos em consulta direta ao Órgão, pedimos considerar que, aos pesquisadores do IBGE, poderão ser respondidas as alternativas ligadas ao código 610, todas relacionadas a uma mesma opção: Espírita. A exemplo, poderão ser respondidas as opções Allan Kardec, Cardecismo, Cardecista, Kardecismo, Kardecista, Centro Espírita, Doutrina Espírita, Federação Espírita Brasileira e Espiritismo, entre outras, como estão relacionadas no documento do IBGE.

João Pinto Rabelo
Diretor de Comunicação Social da FEB
*

Filme Nosso Lar

*

Caros amigos,

Acabo de ver o filme Nosso Lar.

É simplismente maravilhoso! O diretor Wagner de Assis conseguiu materializar a obra prima dos nossos amados André Luiz / Chico Xavier com perfeição em termos cinematográficos. Além disso, Wagner presta uma homenagem maravilhosa a Emmanual e Chico. As cenas da cidade Nosso Lar são perfeitas do ponto de vista de uma estética nova na cinematografia. Um detalhe; o filme apesar de ser temática espírita não é um filme somente para espíritas e sim para todos. Tem cenas emocionantes que nos leva as lágrimas que só um diretor espírita faria.

Parabéns Wagner Assis. Você fez o primeiro filme 100% espírita da história baseado numa obra espírita sem falar em espiritismo. O que você fez para o cinema, aprendemos com Kardec, Emmanuel, André e Chico Xavier.

Vamos ao cinema dia 3/9. Verei de novo.

OCEANO VIEIRA DE MELO
Documentarista e pesquisador espírita
*
Colaboração:
Erda Nemitz
Holambra-SP
*

Uma Ecologia Espiritual

*

Uma Ecologia Espiritual

————————————————–
O respeito à vida como verdade universal leva a um estado em que agimos como os guardiões dela
————————————————-

ESTÁ NA HORA de irmos em frente e deixar para trás o desgastado embate entre a ciência e a religião, que já não rende nada.

É preciso encontrarmos um novo rumo, ir além da polarização linear que vem caracterizando as discussões do papel da fé e da razão na vida das pessoas por mais de cem anos. A ciência não se propõe a roubar Deus das pessoas, e nem toda prática religiosa é anticientífica.

Existe uma outra dimensão a ser explorada, ortogonal a esse eixo em torno do qual giram os argumentos mais comuns.

Um caminho possível é explorar valores morais de caráter universal que desafiem a linearidade do cabo de guerra entre a ciência e a religião.

Bem sei que, para muita gente, a proposta de encontrar valores morais universais representa já um beco sem saída. Relativistas culturais, por exemplo, argumentarão que esses valores universais não existem, que o que é certo para um pode ser errado para outro. Por exemplo, culturas nas quais a poligamia é aceita.

Para encontrar valores morais universais, precisamos ir mais fundo. Não podem ser valores que variem de cultura para cultura ou em épocas diferentes, como a ideia do casamento. Sugiro que o valor mais efetivo que podemos explorar vem da única certeza universal que temos: a morte.

A morte não é recebida com prazer em nenhuma cultura. Claro, alguns veem a morte como uma transição para uma nova vida, ou um mero aspecto de uma existência sem fim. Outros podem até vê-la como um ato heroico de martírio. Mas, tirando fundamentalistas radicais, ninguém em boa saúde física e mental escolhe morrer. Portanto, de todos os valores morais que podemos imaginar, proponho que o mais universal seja a preservação da vida.

Não me refiro apenas à vida humana. Quando percebemos o quanto nossas vidas dependem do planeta que habitamos, damos-nos conta de que precisamos agir para preservar todas as formas de vida. É óbvio que temos que garantir nossa existência, e que isso requer que consumamos alimentos. Mas esse consumo não precisa ser predatório. Pode ser planejado para que mantenha um equilíbrio saudável entre o que é produzido e o que é consumido.

Quanto mais saudável o planeta, mais saudável a economia. Isso pode não ser óbvio a curto prazo, mas em intervalos de décadas é.

Este é o século em que finalmente iremos entender que precisamos estabelecer uma relação simbiótica com a Terra. Talvez essa seja a lição mais importante que a ciência moderna tem a ensinar.

O respeito à vida como moral universal leva a uma ecologia espiritual na qual nós, como espécie dominante do planeta, agimos como guardiões da vida. Com isso, a dimensão espiritual que nos é tão importante ganha expressão na devoção ao planeta e às suas formas de vida.

Esse senso de conexão espiritual com a natureza é celebrado tanto na ciência quanto na religião. De Einstein a Santa Teresa de Ávila (grato a Frei Betto, por me chamar atenção para esta obra), o mundo é festejado como sacro. As palavras variam, mesmo a motivação pode variar; mas, em sua essência, a mensagem é a mesma. Acho difícil encontrar uma moral universal mais básica do que o respeito à vida e ao planeta que a abriga de forma tão generosa. Ao menos, é um começo.

MARCELO GLEISER é professor de física teórica no Dartmouth College, em Hanover (EUA), e autor do livro “Criação Imperfeita”
*
Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ciencia/fe1508201005.htm
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*