Definição de Saudade

*

DEFINIÇÃO DE SAUDADE

Artigo do Dr. Rogério Brandão, Médico oncologista em Recife

Como médico cancerologista, já calejado com longos 29 anos de atuação profissional (….) “… posso afirmar que cresci e modifiquei-me com os dramas vivenciados pelos meus pacientes. Não conhecemos nossa verdadeira dimensão até que, pegos pela adversidade, descobrimos que somos capazes de ir muito mais além.

Recordo-me com emoção do Hospital do Câncer de Pernambuco, onde dei meus primeiros passos como profissional. Comecei a frequentar a enfermaria infantil e apaixonei-me pela oncopediatria. Vivenciei os dramas dos meus pacientes, crianças vítimas inocentes do câncer.

Com o nascimento da minha primeira filha, comecei a me acovardar ao ver o sofrimento das crianças. Até o dia em que um anjo passou por mim ! Meu anjo veio na forma de uma criança já com 11 anos, calejada por dois longos anos de tratamentos diversos, manipulações, injeções e todos os desconfortos trazidos pelos programas de químicos e radioterapias.

Mas nunca vi o pequeno anjo fraquejar. Vi-a chorar muitas vezes; também vi medo em seus olhinhos; porém, isso é humano !

Um dia, cheguei ao hospital cedinho e encontrei meu anjo sozinho no quarto. Perguntei pela mãe … A resposta que recebi, ainda hoje, não consigo contar sem vivenciar profunda emoção.

” – Tio, disse-me ela, às vezes minha mãe sai do quarto para chorar escondido nos corredores. Quando eu morrer, acho que ela vai ficar com muita saudade. Mas, eu não tenho medo de morrer, tio. Eu não nasci para esta vida !”
Indaguei:

– E o que morte representa para você, minha querida ?

” – Olha tio, quando a gente é pequena, às vezes, vamos dormir na cama do nosso pai e, no outro dia, acordamos em nossa própria cama, não é ?”

(Lembrei das minhas filhas, na época crianças de 6 e 2 anos, com elas, eu procedia exatamente assim.)

– É isso mesmo.

“- Um dia eu vou dormir e o meu Pai vem me buscar.. Vou acordar na casa Dele, na minha vida verdadeira !”

Fiquei “entupigaitado”, não sabia o que dizer.

Chocado com a maturidade com que o sofrimento acelerou, a visão e a espiritualidade daquela criança.

“- E minha mãe vai ficar com saudades, emendou ela.”

Emocionado, contendo uma lágrima e um soluço, perguntei:

– E o que saudade significa para você, minha querida ?

– Saudade é o amor que fica !

Hoje, aos 53 anos de idade, desafio qualquer um a dar uma definição melhor, mais direta e simples para a palavra saudade:
é o amor que fica !
*
Colaboração:
Alvaro Basile Portughesi
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Palavras

*

Palavras
Emmanuel / Chico Xavier

“Da mesma boca procede bênção e maldição” (Tiago 3:10)

Nunca te arrependerás:

De haver ouvido cem frases, pronunciado simplesmente uma
ou outra pequenina observação.
De evitar o comentário alusivo ao mal, qualquer que seja.
De calar a explosão da cólera.
De preferir o silêncio nos instantes de irritação.
De renunciar aos palpites levianos nas menores controvérsias.
De não opinar em problemas que não te digam respeito.
De esquivar-te a promessas que não poderias cumprir.
De meditar muitas horas sem abrir os lábios.
De apenas sorrir sempre que visitado pela desilusão ou pela amargura.
De fugir a reclamações de qualquer natureza.
De estimular o bem sob todos os prismas.
De pronunciar palavras de perdão e bondade.
De explanar sobre o otimismo, a fé e a esperança.
De exaltar a confiança no Céu.
De ensinar o que seja útil, verdadeiro e santificante.
De prestar informações que ajudem os outros.
De exprimir bons pensamentos.
De formular apelos ‘a fraternidade e a concórdia.
De demonstrar benevolência e compreensão.
De fortalecer o trabalho e a educação, a justiça e o dever, a paz e o bem, ainda mesmo com o sacrifício do próprio coração.

Examina o sentido, o modo e a direção de tuas palavras, antes de pronunciá-las.

Da mesma boca procede bênção ou maldição para o caminho.
*

A Palavra Escrita

*

A Palavra Escrita

Se me disseres que me amas, acreditarei…
mas se escreveres que me amas, acreditarei mais ainda.
Se me falares da tua saudade, entenderei,
mas se escreveres sobre ela, sentirei junto contigo.

Se a tristeza vier te consumir e me contares,
eu saberei, mas se a descreveres no papel,
o seu peso será menor…

E assim são as palavras escritas;
possuem um magnetismo especial,
libertam, acalantam, invocam emoções.

Elas possuem a capacidade de em poucos minutos,
cruzar mares, saltar montanhas, atravessar desertos intocáveis.

Muitas perde-se o autor, mas a mensagem
sobrevive ao tempo, atravessando séculos e gerações.

Elas marcam um momento que será
eternamente revivido por todos aqueles que a lerem.

Faça amor com as palavras,
mate saudades, peça perdão, aproxime,
recupere o tempo perdido, insinue-se,
alegre alguém, dê simplesmente um bom dia,
faça um carinho especial.

Use-a a todo instante, de todas as maneiras;
sua força é imensurável.

Não esqueça que quem escreve,
constrói um castelo,
e quem lê, passa a habitá-lo.

(autor desconhecido)
*

Glossário Espírita

*

Glossário Espírita

AERÓBUS – carro aéreo espiritual de transporte de espíritos que não podem locomover-se.

AGÊNERE. (do grego, a, privativo, e géiné, geinomai, engendrar; que não foi engendrado). Variedade de aparição tangível; estado de certos Espíritos que podem revestir, momentaneamente, as formas de uma pessoa viva, ao ponto de fazer completa ilusão.
AURA – Emanação fluídica do corpo humano e dos demais corpos.

APARIÇÃO – como é formado de substância etérea, o Espírito, em certos casos, pode, por ato da sua vontade, faze-lo passar por uma modificação molecular que o torna momentaneamente visível.É assim que se produzem as aparições.

ANIMISMO – é o fenômeno pelo qual a pessoa arroja ao passado, os próprios sentimentos, “de onde recolhe as impressões de que se vê possuída”.

ÁGUA FLUIDIFICADA – água que recebe os eflúvios magnéticos dos planos espirituais através das nossas rogativas fervorosas e sinceras.

ANJO DE GUARDA – é sempre um Espírito Superior.Chefe de falange ou da legião espiritual a que pertencemos, Espírito de alta elevação moral e intelectual.

ANJO – um espírito purificado.

BATEDOR – Qualidade de certos Espíritos. Os Espíritos batedores são os que revelam sua presença por meio de pancadas e de ruídos de diversas naturezas.

BATISMO – João batizava os homens na água, e Jesus no Espírito – e o batismo de Jesus é a vida do Espírito, porque seu batismo é a palavra – e as palavras de Jesus são espírito e vida.

BICORPOREIDADE – é a faculdade, ou dom, que têm certos indivíduos de se apresentarem ao mesmo tempo em dois lugares distintos.
BÔNUS-HORA – Remuneração espiritual relativa a cada hora de serviço prestado nas colônias espirituais.

CARMA – débitos ou créditos perante a Justiça Divina, resultantes de nosso procedimento em encarnações anteriores.

CENTRO ESPÍRITA – é o local onde se aprende o Espiritismo e a Moral Cristã.

CLARIAUDIÊNCIA – é a faculdade pela qual a pessoa ouve os Espíritos com nitidez.

CLARIVIDÊNCIA – é a faculdade pela qual a pessoa vê os Espíritos com grande clareza.

DESOBSESSÃO – não é caça a fenômeno e sim trabalho paciente de amor conjugado ao conhecimento e do raciocínio associado à fé.

DEUS – é o conhecimento, a sublime claridade, um raio da qual ilumina toda consciência humana.

DESDOBRAMENTO – é uma ação natural do Espírito encarnado que, no repouso do corpo físico, recupera parcialmente a sua liberdade.

DESENCARNAÇÃO – é mudar de plano, como alguém que se transferisse de uma cidade para outra, aí no mundo, sem que o fato lhe altere as enfermidades ou as virtudes com a simples modificação dos aspectos exteriores.

ECTOPLASMA – é o nome que se dá ao fluído, de natureza psicossomática, oriundo dos médiuns de materialização, e do qual se servem os Espíritos para tornar-se visíveis e tangíveis aos olhos e ao tato humanos.

ERRATICIDADE. Estado dos Espíritos errantes, quer dizer, não encarnados, durante os intervalos de suas existências corporais.

ESPÍRITA. O que tem relação com o espiritismo: partidário do espiritismo; aquele que crê nas manifestações dos Espíritos. Um bom, um mau espírita; a doutrina espírita.

ESPIRINAUTA. Adepto da Doutrina Espírita que freqüenta ou participa de sites ou trabalhos relacionados a Doutrina na internet.

ESPÍRITO. No sentido especial da doutrina espírita, os Espíritos são os seres inteligentes da criação, que povoam o universo fora do mundo material, e que constituem o mundo invisível.Não são seres de uma criação particular, mas as almas daqueles que viveram sobre a terra ou em outras esferas, e que deixaram o seu envoltório material.

ESPIRITUALISMO. Diz-se no sentido oposto ao do materialismo (academia); crença na existência da alma espiritual e imaterial. O espiritualismo é a base de todas as religiões.

ESPIRITUALISTA. O que tem relação com o espiritualismo; partidário do espiritualismo. Quem creia que tudo em nós não é matéria, é espiritualista,o que não implica, de nenhum modo na crença nas manifestações dos Espíritos. Todo espírita é necessariamente espiritualista; mas pode-se ser espiritualista sem ser espírita; o materialista não é nem um, nem outro. Diz-se: a filosofia espiritualista. – Uma obra escrita com as idéias espiritualistas – As manifestações espíritas são produzidas pela ação dos Espíritos sobre a matéria. – A moral espírita decorre do ensinamento dado pelos Espíritos. – Há espiritualistas que ridicularizam as crenças espíritas.

Nesses exemplos, a substituição da palavra espiritualista pela palavra espírita,produziria uma confusão evidente.

ENERGIA – é matéria liberada.

ENERGIA MENTAL – são a origem de todos os acontecimentos nos planos espirituais, sejam estes elevados ou inferiores.

EPÍFISE ou GLÂNDULA PINEAL – é a glândula da vida mental.O casulo das energias do inconsciente, a sede do espírito, pela possibilidade de ser a zona medianeira de transição entre o energético e o físico.

ESPÍRITA – o que tem relação com o Espiritismo; adepto do Espiritismo; aquele que crê nas manifestações dos Espíritos.

ESPIRITISMO – é a verdade religiosa, é o renascimento do Evangelho, é a ressurreição do verdadeiro cristianismo, é, em suma, o amor à criatura e a adoração a Deus, princípio e fim da missão do homem na terra. Doutrina fundada sobre a crença da existência dos Espíritos e de suas manifestações.

ESPIRITUALISMO. Diz-se no sentido oposto ao do materialismo (academia); crença na existência da alma espiritual e imaterial. O espiritualismo é a base de todas as religiões.

ESPIRITUALISTA. O que tem relação com o espiritualismo; partidário do espiritualismo. Quem creia que tudo em nós não é matéria, é espiritualista,o que não implica, de nenhum modo na crença nas manifestações dos Espíritos. Todo espírita é necessariamente espiritualista; mas pode-se ser espiritualista sem ser espírita; o materialista não é nem um, nem outro. Diz-se: a filosofia espiritualista. – Uma obra escrita com as idéias espiritualistas – As manifestações espíritas são produzidas pela ação dos Espíritos sobre a matéria. – A moral espírita decorre do ensinamento dado pelos Espíritos. – Há espiritualistas que ridicularizam as crenças espíritas.

ESPÍRITO – “são os seres inteligentes da criação, que povoam o Universo, fóra do mundo material, e constituem o mundo invisível”. Não são seres oriundos de uma criação especial, porém, as almas dos que viveram na terra, ou nas outras esferas, e que deixaram o invólucro corporal.

ÉTER – fluído que gerou tudo o que existe.Sem ele nada existiria, e com ele tudo pode ser produzido.

ESTEREOTITO. (do grego, stéréos, sólido). Qualidade das aparições tangíveis.

ERRATICIDADE – estado dos espíritos errantes, ou erráticos, isto é, não encarnados, durante o intervalo de suas existências corpóreas.

EVOLUÇÃO – é o desenvolvimento de um plano lógico para a vitória do espírito sobre a matéria.

EXPIAÇÃO – é a conseqüência do mal praticado, o esforço para o reparar.

FALSOS PROFETAS – são os que pregam uma moral que não praticam.

FLUIDO – um vapor luminos
o, mais ou menos brilhante, e que pode tomar outras colorações – azul,vermelha,escura etc. – não só em razão da evolução de cada um, mas também como resultante de um estado acidental da alma, em virtude de doença física ou moral.
FLUIDO VITAL – Princípio orgânico que produz os fenômenos da vida material.

GUIA ESPIRITUAL – um espírito elevado que, representa a Misericórdia Divina, ampara-nos e orienta-nos para a luz.

IDEOPLASTIA – Modelagem da matéria pelo pensamento.

INTUIÇÃO – é a base de todas as percepções espirituais.

JESUS – é o médico das almas capaz de cura-las todas do pecado que as enferma, causando-lhes males.Portador ao mundo e distribuidor do divino perdão, base de sua medicina.Ele muda a enfermidade em saúde, transformando a morte em vida, que é a salvação.
LEI de CAUSA e EFEITO – lei de retorno pela qual cada um recebe de volta aquilo que tem dado.
LETARGIA – Perda temporária da sensibilidade e do movimento.

LEVITAÇÃO – Elevação de objetos ou pessoas sem o concurso físico.
LIVRE-ARBÍTRIO – é a liberdade de fazer ou não fazer, de seguir este ou aquele caminho para seu adiantamento, o que é, um dos atributos essenciais do Espírito.

MEDIANIMIDADE. Faculdade dos médiuns. Sinônimo de mediunidade.Essas duas palavras, a miúdo, são empregadas indiferentemente; querendo fazer uma distinção, poder-se-ia dizer que mediunidade tem um sentido mais geral, medianimidade, um sentido mais restrito. Há o dom da mediunidade.A medianimidade mecânica.

MEDIANÍMICO. Qualidade do poder dos médiuns. Faculdade medianímica.

MEDIUNATO. Missão providencial dos médiuns. Esse nome foi criado pelos Espíritos.

MÉDIUM – é o intermediário obrigatório entre dois mundos.Ser médium é, sobretudo, viver o Evangelho, seguir os ensinamentos de Jesus, amando o próximo, perdoando e respeitando o semelhante,ajudando-o, inclusive, a crescer; (do latim, médium, meio, intermediário). Pessoa podendo servir de intermediária entre os Espíritos e os homens.

MÉDIUM AUDIENTE – os que ouvem os espíritos.

MÉDIUM CURADOR – os que têm o poder de curar ou de aliviar o doente, pela só imposição das mãos, ou pela prece.

MÉDIUM de EFEITOS FÍSICOS – os que têm o poder de provocar efeitos materiais, ou manifestações ostensivas.

MÉDIUM de TRANSPORTE – os que poder servir de auxiliares aos espíritos para o transporte de objetos materiais.

MÉDIUM ESCREVENTES ou PSICÓGRAFOS – os que tem a faculdade de escrever por si mesmos sob a influência dos espíritos.

MÉDIUM POLIGLOTA – os que têm a faculdade de falar, ou escrever em línguas que lhes são desconhecidas.

MÉDIUM PSICOFÔNICO – na obra de desobsessão, os médiuns psicofônicos, são aqueles chamados a emprestar recursos fisiológicos aos sofredores desencarnados para que estes sejam socorridos.

MÉDIUM SENSITIVOS – pessoas suscetíveis de sentir a presença dos espíritos, por uma impressão geral ou local, vaga ou material.A maioria dessas pessoas distingue os espíritos bons dos maus, pela natureza da impressão.

MÉDIUM VIDENTES – os que, em estado de vigília, vêem os espíritos.A visão acidental e fortuita de um espírito, numa circunstância especial, é muito freqüente; mas, a visão habitual, ou facultativa dos espíritos, sem distinção é excepcional.

MEDIUNIDADE – é a benção de Deus, quando colocada a serviço da caridade.

PALINGENESIA – Reencarnação.

PICTOGRAFIA – Faculdade hipernormal em que o médium produz desenhos ou pintura terrenos ou extraterrenos.

PERISPÍRITO. (do grego, péri, ao redor). Envoltório semimaterial do Espírito. Nos encarnados, serve de laço ou intermediário entre o Espírito e a matéria; nos Espíritos errantes, constitui o corpo fluídico do Espírito.

PNEUMATOFONIA. (do grego, pneuma, ar, e de phoné, som ou voz). Voz dos Espíritos: comunicação oral dos Espíritos sem o concurso da voz humana.

PSICÓGRAFO. (do grego, psuké, borboleta, alma, e graphó, escrevo). O que usa a psicografia; médium escrevente.

PSICOGRAFIA. Escrita dos Espíritos pela mão do médium.

PSICOFONIA. Comunicação dos Espíritos pela voz de um médium falante.

PERISPÍRITO – é o traço de união entre a vida corpórea e a vida espiritual; (do grego, péri, ao redor). Envoltório semimaterial do Espírito. Nos encarnados, serve de laço ou intermediário entre o Espírito e a matéria; nos Espíritos errantes, constitui o corpo fluídico do Espírito.

PSICOMETRIA – o médium revela o passado, conhece o presente, desvenda o futuro.

PNEUMATOFONIA. (do grego, pneuma, ar, e de phoné, som ou voz). Voz dos Espíritos: comunicação oral dos Espíritos sem o concurso da voz humana.

REENCARNAÇÃO. Retorno do Espírito à vida corporal, pluralidade das existências.

SEMATOLOGIA. (do grego, semá, sinal, e logos, discurso). Linguagem dos sinais. Comunicação dos Espíritos pelo movimento dos corpos inertes.

TRANSE – Estado de inconsciência em que se verificam diversos fenômenos psíquicos.

TRANSFIGURAÇÃO – Mudança de aspecto do médium.

TIPTOLOGIA. Linguagem por pancadas; modo de comunicação dos Espíritos. Tiptologia alfabética.

TIPTÓLOGO. (do grego, tuptó, eu bato). Variedade dos médiuns aptos à tiptologia. Médium tiptólogo.

UBIQUIDADE – Faculdade que têm os Espíritos de se apresentarem em vários lugares ao mesmo tempo. Os Espíritos, conforme seu grau de adiantamento, irradiam para diversos lados.

VAMPIRISMO – Absorção das forças psíquicas de encarnados e desencarnados por parte de Espíritos obsessores.

VIDÊNCIA – Faculdade que possuem alguns médiuns de ver com os olhos da alma.

UMBRAL – Zona obscura localizada em torno do Planeta.

XENOGLOSSIA – Faculdade de falar ou escrever línguas estranhas ao próprio médium. Muito rara.

ZOOVIDENTE – Animal (principalmente cães e cavalos) que tem a faculdade anímica de vidência de Espíritos desencarnados.
*
Colaboração: Wellington Gonçalves – Taubaté-SP – Brasil
*

Gnosis

*

Gnosis
http://www.universomistico.org/s/

GNOSIS é um vocábulo de origem grega que significa conhecimento ou sabedoria.

Não se deve, contudo, confundir este conhecimento com aquele comum e corrente adquirido através de estudo intelectual ou acadêmico.

Trata-se de um conhecimento de tipo superior, oculto, esotérico, que é o único que pode responder as três grandes inquietudes da filosofia:

Quem somos?
De onde viemos?
Para onde vamos?

Podemos dizer que GNOSIS é o Conhecimento Revelador das causas secretas dos fenômenos que são inerentes ao Homem, à Natureza e ao Cosmos.

A GNOSIS é um Saber Universal encontrado em todas as culturas, camuflado na arte, escultura, música, arquitetura, teatro, poesia, delicadamente disfarçado de princípios transcendentais, transmitindo enormes verdades filosóficas e místicas.

Tudo isso contendo mensagens dirigidas à consciência adormecida dos seres humanos, buscando despertá-la e fazê-la partícipe da realidade subjacente nos domínios inalteráveis do espírito humano.

A Gnosis entende que todas as religiões são pérolas engastadas no fio de ouro da Divindade.

A Gnosis vai além da esfera das opiniões e das especulações.

A Gnosis experimenta as grandes verdades do mundo.

A Gnosis ou Gnosticismo estuda a Ciência Religiosa e a Religião Científica.

Em sua concepção a Religião sem Ciência produz dogmatismo e fanatismo.

Já a Ciência sem Religião produz o materialismo cético.

Gnosis ou Doutrina da Síntese pois sintetiza os mais importantes aspectos de todas as religiões e sistemas esotéricos do passado e do presente, e, não é propriedade de nenhuma civilização.

É um conhecimento atemporal e perene.

O principal objetivo do Trabalho Esotérico Gnóstico é alcançar a Auto-Realização.

A Gnosis oferece o sistema completo
através do qual qualquer pessoa pode atingí-la.

O termo Auto-Realizaçãoé algo extraordinário.

É definido como o desenvolvimento completo e harmonioso de todas as infinitas possibilidades no interior do Ser Humano.

Antiga advertência colocada na entrada do Templo de Delfos:

“Te Advirto, quem quer que sejas,
Oh Tú! que desejas sondar os Mistérios da Natureza.

Como esperas encontrar outras excelências, se ignoras as excelências
de tua própria casa?

Em Ti, está oculto o tesouro dos tesouros.

Oh Homem!
Conhece a Ti mesmo e conhecerás o Universo e a Deus!
*
Fonte:
Crystal – Universo Místico – Gnosis.ppt
*
Colaboração:
Aylla Harard
Guaratinguetá-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Espiritismo

*

O ESPIRITISMO DESEJÁVEL É AQUELE DAS ORIGENS,
O QUE NOS FAZ LEMBRAR JESUS

Circula pela Internet mensagem atribuída a Frei Beto. Pois bem! “se non e vero, e bene trovato” na essência é possível que sacerdote tenha dito: “as escrituras registram que Jesus passou a vida fazendo o bem , o mesmo se aplica a Francisco de Paula Cândido Xavier, o mais famoso kardecista brasileiro e um dos autores mais lido do País”.

Segundo o frei “nos meios católicos contavam-se horrores a respeito do médium de Uberaba. Espíritas e protestantes eram “queimados” na fogueira dos preconceitos até que o papa João XXIII, nos anos 60, abriu as portas da Igreja Católica ao ecumenismo.” Arremata magistralmente o Frei: “Chico Xavier é cristão na fé e na prática.

Famoso, fugiu da ribalta. Poderoso, nunca enriqueceu. Objeto de peregrinações a Uberaba, jamais posou de guru. Quem dera que nós, católicos, em vez de nos inquietar com os mortos que escrevem pela mão de Chico, seguíssemos, com os vivos, seu exemplo de bondade e amor”.
*
Vide texto completo:
http://jorgehessenestudandoespiritismo.blogspot.com/2010/05/o-espiritismo-desejavel-e-aquele-das.html#ixzz0pGa1wHIe
*
Jorge Hessen
*

Evolução

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*

Evolução

A ilustração caracteriza nossa evolução.

Diferentes estágios da evolução.

No quadrante inferior-esquerdo é onde a maioria de nós ainda está estagiando.

Na caminhada para Luz do Saber Melhor, vamos nos livrando das amarras, pesadas amarras, do mundo material e biológico, e nos dirigimos para o Mundo dos Sentimentos, quadrante superior-direito.

Nesta longa caminhada, de “n” encarnações, acontece dois momentos especiais:

O primeiro, é a descoberta do Mundo Espiritual (ponto zero do gráfico);
O segundo, é quando olhamos para o céu e perguntamos:
“E os outros astros?” “Estou só no Universo?”.

Neste Momento Especial, relembramos o que o Mestre dos Mestres disse:
“Na Casa do Meu Pai Existem Muitas Moradas.”
*
Então, nossa Evolução é uma trajetória que vai dos:
Sentidos para os Sentimentos!
Você concorda?
Aguardo sua manifestação.
*
Leal
sinapseslinks@gmail.com
*

A Abóbora

*

A Abóbora

Um segredinho revelado [1].

Alguns anos atrás, um meu ex-professor me mostrou uma análise de sangue; o que eu vi me deixou impressionado. Os cinco principais parâmetros do sangue, ou seja: uréia, colesterol, glicemia, lipídeos e triglicerídeos apresentavam valores que, em muito excediam os níveis permitidos.

Comentei que a pessoa com aqueles índices já deveria estar morta ou, se estava viva, isto seria apenas por teimosia. O professor, então, mostrou o nome do paciente que, até então, tinha sido oculto pela sua mão. O paciente era ele mesmo!

Fiquei estupefato! E comentei: “Mas como? E o que você fez?”. Com um sorriso, ele me apresentou a folha de uma outra análise, dizendo: “Agora, olhe esta, compare os valores dos parâmetros e veja as datas”.

Foi o que eu fiz. Os valores dos parâmetros estavam nitidamente dentro das faixas recomendadas, o sangue estava perfeito, impecável, mas a surpresa aumentou, quando olhei as datas; a diferença era de apenas um mês (entre as duas análises da mesma pessoa)!

Perguntei: “Como conseguiu isso? Isso é, literalmente, um milagre!” Calmamente, ele respondeu que o milagre se deveu a seu médico, que lhe sugeriu um tratamento obtido de outro médico amigo. Este tratamento foi utilizado por mim mesmo, várias vezes, com impressionantes resultados. Aproximadamente, uma vez por ano, faço análise de meu sangue e, se algum dos parâmetros estiver apresentando tendência ao desarranjo, volto imediatamente a repetir esse processo. Sugiro que você o experimente.

Aqui está o SEGREDO: Semanalmente, por 4 semanas, compre, na feira ou em supermercado, pedaços de abóbora. Não deve ser a abóbora moranga e sim a abóbora grande, que costuma ser usada para fazer doce. Diariamente, descasque 100 gramas de abóbora, coloque os pedaços no liquidificador, junto com água (SÓ ÁGUA!), e bata bem, fazendo uma vitamina de abóbora com água. Tome essa vitamina em jejum, 15 a 20 minutos antes do desjejum (café da manhã). Faça isso durante um mês, toda vez que o seu sangue precisar ser corrigido. Poderá controlar o resultado, fazendo uma análise antes e outra depois do tratamento com a abóbora. De acordo com o médico, não há qualquer contra-indicaçã o, por tratar-se apenas de um vegetal natural e água (não se usa açucar!).

O professor, excelente engenheiro químico, estudou a abóbora para saber qual ou quais ingredientes ativos ela contém e concluiu, pelo menos parcialmente, que nela está presente um solvente do colesterol de baixo peso molecular : o colesterol mais nocivo e perigoso – LDL .

Durante a primeira semana, a urina apresenta grande quantidade de colesterol LDL (de baixo peso molecular), o que se traduz em limpeza das artérias, inclusive as cerebrais, incrementando, assim, a memória da pessoa.

Há apenas um inconveniente: o sabor da abóbora crua não é muito agradável! Nada mais.

Porém, há um detalhe importante: nem a abóbora, nem a água poderão ir para a geladeira, porque a refrigeração destrói os ingredientes ativos da vitamina. Esta é a razão de ter que comprar, semanalmente, a abóbora, pois, fora da geladeira, ela se estraga rapidamente.

Referência:
[1] Salvatore de Salvo e Mara Teresa de Salvo, Novos Segredos da Boa Saúde, Editado pela Biblioteca 24×7 [ http://www.biblioteca24x7. com.br ], São Paulo-SP, novembro 2008.
*
Colaboração:
Daniela Marchi
Araçatuba-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*