João Gabriel

*

João Gabriel

Jovem Amigo de Percurso,
Muito obrigado por se comunicar e enviar mensagem tão linda.
Desejo que o seu Dia Concedido seja: Feliz.
Fraternalmente,
Leal
*

Anúncios

Vida

*

Tenhamos Vida!

Viver…

Vivemos ou simplesmente estamos a passar por essa existência?
O que estamos deixando escrito no livro da nossa vida? Folhas em branco ou escritos que representam apenas a amargura diante das dificuldades da vida?
Vivemos uma vida sem esperança?
Há quanto tempo não temos uma alegria? Uma simples alegria que realmente aquece nosso coração, nos faz voltar a sonhar, a acreditar?
A nossa vida assemelha-se a um dia chuvoso e frio? Ou há um céu azul, onde o sol sempre ressurge?
Tormentas chegarão, mas quem disse que serão eternas?
Assim como os raios solares também não serão…
Tempestades e arco-íris farão parte da nossa vida, mas poderemos passar por eles, desde que tenhamos equilíbrio espiritual.
E a pergunta pode ser: “E como ter equilíbrio espiritual?”
Tantas as adversidades… levantamos e já temos tantas responsabilidades…. cobranças… inúmeras incertezas e caminhos a escolher….
Fora os problemas, problemas e problemas…
Certamente sobre esse parâmetro, fica complicado mesmo encontrar o equilíbrio espiritual.

Porque estamos vivos, mas nos falta Vida!
Sim, Vida…

Paremos por instantes e respondamos o que é a Vida?
Não, não são as nossas conquistas materiais, os desejos que trazemos no nosso íntimo, a realização dos filhos, casamento perfeito, sucesso profissional, fama, felicidade terrena, nem o que se encontra no dicionário.
Vida…. é muito mais.
É oportunidade de crescimento, de aprendizado diante das provas, de nascimento do novo homem, de renovação de caminhos e muito mais…
Vida é o imenso AMOR do Pai por cada um dos seus filhos, porque se o Pai não nos amasse tanto assim, jamais nos concederia a graça da Vida, para que pudéssemos evoluir e chegar, gradativamente até Ele.
E o que estamos a fazer da Vida que o Pai nos concedeu?
Fazemos dela uma vida repleta de ilusões, sempre em busca de falsos prazeres?
Ou é uma vida de frustrações, estamos algemados ao que não nos foi possível viver?
É uma vida baseada em vaidade, intrigas, orgulho e mágoas?
Ou ainda é uma vida de promessas, mas todas esquecidas, como as palavras que se perderam no vento ao serem prometidas, porque não vieram do coração…

Vida é muito mais!

É a constante perseverança, mesmo diante de tantos obstáculos.
É mirrar o futuro, vendo-se capaz de construí-lo no hoje.
É não cobrar do semelhante, o que nem conseguimos ainda realizar.
É não se dizer sem tempo, mas sim, saber priorizar o tempo, quantas bagagens inúteis não carregamos no dia a dia?

Vida é Amor !

E estamos realmente tendo tempo para o amor?
Não apenas o amor tão importante entre um homem e uma mulher, que juntos, num amor verdadeiro, se completam, se fortalecem e caminham.
Não apenas esse belo amor, mas o amor entre irmãos, entre companheiros de jornada.
Ao final do nosso dia, quanto contabilizamos de gestos de amor?
Dormimos antes, tão cansados pelo desgaste excessivo que causamos ao corpo e nem percebemos…. outras preocupações… tantos dissabores enfrentados no dia…tristeza por não estarmos vivendo a situação que tanto almejávamos…pressa…não permitimos que o amor ensinado pelo Nazareno esteja em nosso coração ,então como compartilhar algo que não possuímos?
Faltam gestos de amor… simples gestos que não precisam de diplomas, contas fartas, ganhos numerosos ou grandes atos heróicos…apenas o amor do Mestre…tão simples e ao mesmo tempo grandioso, quanto a Sua eterna figura…

Vida é Fé!

Fé que não se prova com belos rituais, que não precisa de compensações, mas que simplesmente nos liga ao Alto e nos faz sentir que não estamos nessa existência a mercê dos caprichos divinos, viemos para evoluir, para crescer e viemos com talentos para nos ajudar a enfrentar a correnteza, diversas vezes tão forte que surge em nossa vida.
E que nessa travessia nunca estamos sozinhos… os remos estão em nossas mãos, mas na frente sempre haverá uma Luz a guiar o nosso barco…
O caminho a escolher é nosso…

Vida é Trabalho!

O que estamos aqui a fazer?
Trabalhamos pelo merecido conforto, por estudo, alegrias, conquistas, lazer… tudo justo e que faz parte da nossa existência, porém, nossa vida se resume apenas a isso?
E o que fazemos em prol da seara do Pai? O que cultivamos ao nosso redor? Existem as sementes dos ensinamentos do Evangelho?
Vida também é estender a mão ao companheiro caído e juntos prosseguirmos na estrada da salvação.

Vida é Renovação…

Há quanto tempo não modificamos algo na nossa vida? Não abandonamos atitudes nocivas? Não ousamos?
A renovação só pode nascer, se o terreno for preparado… e o nosso está?
Rogativas pela renovação são bem vindas, mas se forem apenas rogativas, sem o esforço, sem a determinação, também se perderão e continuaremos no vazio que nos corrói ou nas dores que tanto nos fragilizam.

Vida é Saúde!

Preservamos o nosso corpo? A morada do nosso Espírito enquanto estamos nessa jornada?
Descanso necessário, alimentação saudável… atividades reconfortantes…diminuição da pressa no dia a dia…buscamos por isso?
Protegemos a mente dos pensamentos tão conturbados que tantos danos nos causam?
Buscamos por leituras edificantes…visitamos locais harmoniosos e que nos trazem equilíbrio…convidamos o otimismo a nos acompanhar, mesmo nos instantes onde a escuridão predominar…ou fica para depois, sempre depois…
Alimentamos a nossa alma com bons sentimentos?
Amor, amizade, fraternidade, união, coragem e muitos outros sentimentos nobres fazem parte do nosso cardápio? Ou ainda acreditamos não ser o momento, não nos sentimos capazes e permanecemos presos na armadura do sofrimento que nos flagela a alma?
Saúde se constrói cuidando do corpo, da mente, só assim, o Espírito pode evoluir…

Vida é Paz…

Como viver em paz se os atritos nos perseguem? Se produzimos terríveis guerras internas, se nos encontramos constantemente abalados pelos pelas provações necessárias ao nosso progresso e não somos capazes de perdoar…
Como manter a paz acesa em nosso íntimo e a iluminar nosso caminho se esquecemos de compreender a essência dos dizeres do Mestre: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou” e assim também praticar a sua paz…

Vida é Confiança.

Confiar de que seguimos sempre adiante, o passado não volta, o presente está em nossas mãos e o futuro depende do agora.
Confiar de que podemos fazer o melhor que pudermos.
E não faremos sozinhos…
Vida é confiança na Providência Divina.
E confiança em nós mesmos, Espíritos imortais que podem superar as provas e chegar a perfeição, esse é o nosso destino.
Seguir é a nossa escolha…
E não seguimos sozinhos!

Vida é Acreditar!

É saber que aqui estamos por um propósito, é saber que aqui podemos abandonar o tempo de trevas e seguir adiante.
Que aqui viemos porque muito podemos realizar, depende de nós
Diante da dúvida, optamos pela fé.
Diante do medo, adotemos a confiança.
Diante da queda, escolhamos o recomeço.
Diante do erro, façamos a renovação.
Diante da dor, usemos a perseverança
E diante da morte, descubramos a Vida

Vida é Vida!

Façamos da nossa existência Vida.
A verdadeira Vida!
E a
verdadeira vida é o caminho deixado há milênios pelo Mestre Jesus.
Caminho que está a nossa frente e ainda nos espera.
Caminho que nos leva ao alívio de nossas dores.
Ao refazimento de nosso corpo físico e espiritual.
Ao conhecimento de novos valores.
A elevação de sentimentos
Caminho que nos leva a verdadeira Vida.
Leva-nos ao encontro do Mestre Jesus.
Que de braços abertos, amorosamente nos repete:
“Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida”

Vida…
Tenhamos Vida!

Sônia Carvalho
18/10/2009
*
Colaboração:
Irenita Foster – São Paulo-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Revista Unesp Ciência

*

Revista Unesp Ciência

Revista Unesp Ciência está à venda pela internet

A partir deste mês, a revista Unesp Ciência, a mais nova publicação de divulgação científica do Brasil, poderá ser adquirida pelo site da Livraria Unesp por R$ 7. A revista, que é distribuída gratuitamente para o corpo acadêmico da Universidade e para escolas de ensino médio da rede estadual de São Paulo, passa também a ser vendida para atender a pedidos de leitores interessados em divulgação científica que, desde o lançamento (no final de agosto), fazem essa solicitação. Os compradores da segunda edição (outubro) receberão gratuitamente a primeira (setembro). O principal destaque da segunda edição é a entrada da Unesp na era dos grids – redes de supercomputadores de alto desempenho que compartilham e processam enormes volumes de dados. A reportagem de capa faz um panorama de como essa tecnologia já vem sendo usada em todo o mundo e mostra como as pesquisas da Universidade vão dar um salto a partir de agora. Os cientistas que usarão a supermáquina ganharão memória e velocidade de processamento sem precedentes, além de poderem compartilhar dados com parceiros do mundo inteiro. Isso trará avanços em áreas que vão da física de partículas à prospecção de medicamentos na biodiversidade. Outro tema abordado pela revista é a criação do P-Mapa, uma droga 100% nacional na contramão dos modelos tradicionais de desenvolvimento de fármacos. De modo alternativo, sem apoio de indústria ou governo, um grupo de pesquisadores chegou a uma substância com potencial para tratar infecções virais, como aids, e tumores e infecções não-virais, como tuberculose ou malária, a um custo muito mais baixo que o anunciado pelas multinacionais farmacêuticas. O terceiro destaque da edição é a pesquisa feita no câmpus de Botucatu para o desenvolvimento de etanol a partir de mandioca. O novo combustível não deve bater de frente com a cana no centro-sul do país e poderá ser uma forte alternativa energética na Amazônia. Tradicional produtora da raiz, a região hoje paga caro para ter diesel. Na mandioca pode encontrar uma fonte mais barata e mais limpa de energia. A primeira edição de Unesp Ciência teve como tema principal a comemoração, no final de agosto de 2009, dos 400 anos das observações pioneiras de Galileu Galilei (1564-1642) com sua luneta. A reportagem de capa aponta que a efeméride marca não somente os quatro séculos da Astronomia, como o próprio nascimento da ciência moderna. O texto faz um balanço das conquistas e dos percalços da ciência desde então. A primeira edição da revista traz também reportagens sobre uma pesquisa brasileira que sugere uma nova explicação para a origem da água na Terra e sobre um trabalho da Unesp que vai gerar um dicionário inovador da língua portuguesa.Título: Revista UNESP Ciência 2ª edição Autor: VáriosPáginas: 50Formato: 20 x 27cm Preço: R$ 7ISS: 2176011XData de publicação: Outubro 2009
Editora UNESP
*
Site: http://www.editoraunesp.com.br
*
Colaboração:
Mario Leal Filho – São Paulo-SP
*