Educação

*

Educação

24/04/09 10:23
Secretaria da Educação comemora avanços na rede pública de ensino
A Secretaria de Estado da Educação (SEE) encerra os quatro primeiros meses do ano em comemoração por conta dos índices alcançados pela rede pública de ensino. O órgão coloca em prática projetos para a melhoria da qualidade dos professores e alunos.

De acordo com a secretária de Estado da Educação, Marcia Valéria Lira Santana, gradativamente, as principais reivindicações dos professores e alunos estão sendo atendidas. No próximo mês, haverá mais uma reunião das entidades que assinaram o Pacto pela Qualidade na Educação Pública.

“Nesse encontro, teremos oportunidade de discutir o papel de cada um dentro da responsabilidade educacional voltada para o progressivo atendimento à educação pública de qualidade”, destacou a secretária.

O pacto foi firmado em novembro do ano passado pelo governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Educação, e por representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal).

Entre os principais compromissos assumidos pela atual gestão e pela categoria estão: a diminuição da evasão escolar, o crescimento das vagas nas escolas públicas, o aumento da aprovação dos estudantes, um regime de colaboração entre Estados e municípios, a garantia da alfabetização como aspecto básico e a redução da repetência para que os alunos terminem a escola no tempo certo (idade-série).

Outro compromisso estabelecido pelo pacto é a instituição de uma mesa permanente de negociação, em que governo e sindicato da categoria, além de representantes de segmentos, a exemplo da Assembleia Legislativa e do Conselho Estadual de Educação, irão trabalhar para evitar greves no setor.

Entre os setores que firmaram o pacto estão o Ministério da Educação (MEC), Ministério Público Estadual, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Assembleia Legislativa, União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação, Conselho Estadual de Educação, representantes das igrejas evangélicas e católica, Federação Espírita e das religiões de matrizes africanas, Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet).

Piso Salarial — A secretária Marcia Valéria lembrou que Alagoas paga aos professores o segundo maior piso do Nordeste. Cada um dos 8 mil professores do Estado recebe pelo menos R$ 945,50. O piso nacional é de R$ 950.

Outro ponto destacado pela SEE é a formação em nível superior em licenciatura plena que o governo de Alagoas irá proporcionar para 21 mil professores da rede pública estadual de ensino.

A formação faz parte de uma das ações da SEE oriunda do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) que beneficiará professores das 345 escolas estaduais localizadas nos 102 municípios alagoanos.

Além dos professores, os alunos estão sendo beneficiados. Os estudantes receberão 200 mil novas carteiras escolares. As primeiras 50 mil já estão sendo distribuídas. Segundo a secretária Marcia Valéria, há mais de cinco anos não havia aquisição de mobiliário. “As carteiras têm três anos de garantia e são ajustáveis ao tamanho dos alunos”, frisou a secretária.

Cem escolas estaduais serão reformadas, por meio dos investimentos em regime de colaboração entre o Estado e o MEC.

Transporte escolar — Para a secretária da Educação, a adesão de 70% dos 102 municípios alagoanos ao processo de municipalização do transporte escolar representa mais um avanço para o Estado, para as prefeituras e para os 260 mil alunos da rede pública.

“A municipalização significa que a cobertura dos transportes será ampliada e a qualidade melhorada. O transporte será garantido a cada um dos alunos que morem em um raio superior a 3 Km de distância da escola”, explicou.

Marcia Valéria salientou também a informatização do sistema de banco de dados da SEE que vai permitir, por exemplo, identificar com rapidez as carências de professores nas escolas e quais são as matérias com maior déficit de pessoal. “Desta forma será possível, visualizar as vagas para chamar a reserva técnica ou mesmo realizar um novo concurso”, finalizou.
*
Fonte:
http://www.alemtemporeal.com.br/?pag=educacao&cod=1968
*

Anúncios

Dia Nacional do Espiritismo

*

Dia Nacional do Espiritismo

Espíritas comemoram Dia Nacional do Espiritismo

Alex Régis Cléber Pinheiro Costa afirma que o número de praticantes da doutrina vem crescendo no país 18/04/2009 – Tribuna do Norte

Espíritas de todo o Brasil comemoram hoje o Dia Nacional do Espiritismo. A data é uma homenagem ao dia da publicação do Livro dos Espíritos, de Allan Kardec, marco da doutrina. Para os seguidores, a instituição do dia é o reconhecimento da sociedade a um movimento que ao longo do tempo se firmou graças ao seus objetivos.

E para marcar a data, a Federação Espírita do Rio Grande do Norte vai realizar, a partir das 15h de hoje, na sua sede, uma sessão extraordinária do Conselho Federativo Estadual, com palestras sobre o tema e uma confraternização com os participantes.“É um momento importante para todos nós, pois a data representa o início a Doutrina Espírita, que hoje comemora 152 anos e que a cada dia cresce mais”, explicou o assessor de relações institucionais da FERN, Cleber Pinheiro Costa.

Muita gente pensa que o Espiritismo é uma religião. Há ainda os que confundem o Espiritismo com práticas de umbanda ou candomblé. Na realidade, o Espiritismo é uma doutrina filosófica com aspectos religiosos, que estuda a origem, a natureza, o destino dos espíritos e suas relações entre os mundos material e espiritual.

Os estudiosos no assunto, definem o espiritismo como o conjunto de princípios e leis, revelados pelos espíritos Superiores, contidos nas obras de Allan Kardec, que constituem a Codificação Espírita: O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Evangelho segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno e A Gênese Os princípios básicos do Espiritismo são: Existência de Deus, Imortalidade da Alma; Comunicação entre o mundo espiritual e o mundo material; Reencarnação e Evolução Universal e Infinita.

“Nos últimos anos o Espiritismo tem crescido bastante no Brasil. Segundo dados do IBGE, 1,5% da população brasileira é espírita. Não temos os dados locais, mas no total temos 180 Casas em 30% do RN”, disse Cleber.

Diferente das religiões que promovem cultos e rituais, o Espiritismo realiza atividades. São grupos de estudos, reuniões de tratamento espiritual, reunião de desobsessão, além de promoção social.

“Nosso lema é que fora da caridade não há salvação. Então, cada um de nós somos responsável pelo processo de salvação. É um convite a auxiliar o próximo”, explicou Cleber.

Apesar do crescimento, a Doutrina Espírita ainda sofre muitos preconceitos, mas segundo Cleber, a situação está mudando e as pessoas estão dando conta do que é realmente o Espiritismo.

“Nosso plano é uma cópia mal feita do plano espiritual. Aqui colocamos em prática o que aprendemos lá. Voltamos várias vezes a este mundo para evolução do espírito e é isso que aprendemos no Espiritismo, a sermos melhor”, explicou.

Alan Kardec começou pesquisando fenômenos

A vida de Allan Kardec pode ser contada de várias maneiras. Para melhor compreensão de alguns aspectos, os estudiosos dividiram em duas fases distintas.

Primeira Fase

Nasceu em Lyon (França), a 3 de outubro de 1804 e foi registrado sob o nome de Hippolyte Léon Denizard Rivail. Iniciou seus estudos na escola de Pestalozzi (em Yverdun, Suiça).

Tornou-se educador e entusiasta do ensino, tendo sido várias vezes convidado por Pestalozzi para assumir a direção da escola, na sua ausência. Durante 30 anos (de 1824 a 1854), dedicou-se inteiramente ao ensino e foi autor de várias obras didáticas, que em muito contribuíram para o progresso de educação, naquela época.

Segunda Fase

Em 1855, o prof. Rivail depara, pela primeira vez, com o “fenômeno das mesas que giravam, saltavam e corriam, em condições tais que não deixavam lugar para qualquer dúvida”.

Passa então a observar estes fenômenos; pesquisa-os cuidadosamente, graças ao seu espírito de investigação, que sempre lhe fora peculiar, não elabora qualquer teoria pré-concebida, mas insiste na descoberta das causas.

Aplica a estes fenômenos o método experimental com o qual já estava familiarizado na função de educador; e, partindo dos efeitos, remonta às causas e reconhece sua autenticidade.

Convencido de sua condição de espírito encarnado, adota um nome já usado em existência anterior, no tempo dos druidas: Allan Kardec. De 1855 a 1869, consagrou sua existência ao Espiritismo; sob a assistência dos Espíritos Superiores, representados pelo Espírito da Verdade, estabelece as bases da Codificação Espírita, em seu tríplice aspecto: Filosófico, Científico e Religioso.

É também de sua iniciativa a fundação da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, em 1º de abril de 1858 – primeira instituição regularmente constituída com o objetivo de promover estudos que favorecessem o progresso do Espiritismo.

Com a máxima “Fora da caridade não há salvação”, procurava ressaltar a igualdade entre os homens, perante Deus, a tolerância, a liberdade de consciência e a benevolência mútua. Allan Kardec desencarnou (termo utilizado pelos espíritas quando alguém morre) aos 65 anos, em 31 de março de 1869. Em seu túmulo, no cemitério de Père Lachaise (Paris), uma inscrição sintetiza a concepção evolucionista da Doutrina Espírita: “Nascer, Morrer, Renascer ainda e progredir sem cessar, tal é a lei”.

Instituições realizam uma série de ações beneficentes

Os espíritas realizam diversos trabalhos de caridade com a sociedade. Quem nunca soube de campanhas do Armazém da Caridade para ajudar vítimas das enchentes ou da seca? São várias as ações realizadas, desde trabalhos com presidiários até orientação educacional para crianças e adolescentes.

“Quem é capaz de ver um irmão sofrendo e não fazer nada? Nós ajudamos, na medida do possível, todos os nossos irmãos. Não é porque não temos os laços de sangue que vamos abandonar”, explicou Cleber Pinheiro Costa. Ainda segundo Cleber, todos os Centros realizam algum tipo de ação social com a comunidade, independente da religião das pessoas. “O objetivo das nossas ações é ajudar, levar um pouco de dignidade para as pessoas. Não interessa a religião, pois somos todos irmão”, disse Cleber.

Para o presidente do Armazém da Caridade, Manoel Lopes, foi uma grande alegria ter sido instituído este dia porque é uma forma de reconhecimento, de uma doutrina que ensina a caridade sem querer nada em troca”, disse Manoel Lopes que desde 1975 faz parte da Doutrina Espírita.

O Armazém da Caridade, foi criado em 1995 e desde então realiza diversas ações. A primeira foi o SOS Seca em 1998 quando semanalmente eram distribuídas 1.500 para as vítimas da seca. O centro também distribui cadeiras de rodas, até hoje já foram entregues 400 cadeiras.“Temos também o projeto Jantar com Jesus, onde mais de 11 mil pessoas já tiveram a oportunidade de ter uma verdadeira Noite de Natal”, disse Manoel Lopes.
*
Fonte:
http://tribunadonorte.com.br/noticias/106836.html
*

Médicos e Espíritas

*

Médicos e Espíritas
Portugal

Médicos e espíritas: Imortalidade em Óbidos

22 Abril 2009
Óbidos, Auditório “A Casa da Música”, 1 e 2 de Maio. Este será o palco das Jornadas de Cultura Espírita, na sua 6ª edição. Médicos, psicólogos e espíritas vão debater os “Factos Espíritas” bem como a vida para além da morte, num programa recheado de pesquisa, filosofia, moral e arte.

Organizadas pelos espíritas caldenses, estas Jornadas têm marcado um espaço próprio, todos os anos, na dinâmica cultural da sociedade local. Sem qualquer objectivo proselitista, as Jornadas de Cultura Espírita, abertas a quem desejar participar, destinam–se à discussão da imortalidade do Espírito. Este ano, tendo como tema central “A Vida Continua: Factos Espíritas”, este evento terá uma figura de peso na abertura: nada mais, nada menos, do que Manuel Domingos, psicólogo e neurocientista, que embora não sendo espírita, foi convidado para abordar a temática “Factos Espíritas nas Experiências de Quase-Morte”.

Com um naipe de convidados, como a psiquiatra Gláucia Lima e Vítor Rodrigues (psicólogo e presidente da ALUBRAT), para além dos conferencistas Eugénia Rodrigues, Jorge Gomes, Noémia Margarido, Ulisses Lopes, Vasco Marques, Reinaldo Barros e José Lucas, este evento contará ainda com música, poesia e um serão cultural com Thomas Back, “O Senhor dos Cordéis”, licenciado em Arte Dramática.

De realçar que, até ao momento, encontram-se inscritas pessoas de Angra do Heroísmo, nos Açores, Bragança, Faro, percorrendo um pouco todo o país, encontrando-se o auditório praticamente esgotado, com poucos lugares disponíveis.

Conversando com um dos elementos da comissão organizadora, João Eduardo Mouro, este referia que este evento é fruto da carolice dos espíritas, apesar da qualidade do mesmo, que conta com o apoio da rádio 94.8 FM, Jornal das Caldas, Jornal Mais Oeste, Laboratórios de Análises Clínicas António Roldão, para além do apoio da Câmara Municipal de Óbidos e de Ricardo Ribeiro, administrador da Óbidos Patrimonium.
Cerca de 200 pessoas irão estar presentes em Óbidos, neste fim-de-semana prolongado, apontando o estudo, pesquisa, o debate aberto e pluricultural como caminho inevitável para o bem-estar social e interpessoal.

Quem desejar mais informações poderá consultar a página na Internet em http://www.adeportugal.org/jornadas ou pelo tlm. 962852825.

Os factos espíritas são tão antigos quanto a Humanidade. Hoje, graças à Doutrina Espírita eles são facilmente explicados, demonstrando à humanidade a sua imortalidade, comunicabilidade dos espíritos e a reencarnação. Nascer, morrer, renascer ainda, progredir sem cessar, tal é a lei.

José Lucas
*
Fonte:
http://www.jornaldascaldas.com/index.php/2009/04/22/exposicao-documental/
*

Chico Xavier

*

Chico Xavier – três filmes

Três filmes sobre Chico Xavier serão lançados até 2 de abril de 2010, quando faria 100 anos. Um deles é o longa Chico Xavier, dirigido por Daniel Filho. A adaptação da obra Nosso Lar será distribuída pela Fox. E o outro vem do empresário Luís Eduardo Girão, que financiou Bezerra de Menezes e, agora, lançará As Mães de Chico Xavier. Entre os nomes cotados estão Nelson Xavier e Ângelo Antônio, confirmados, e provavelmente Glória Pires, que, se aceitar, fará a madrasta do médium.
*
Fonte:
http://www.jmonline.com.br/novo/?noticias,3,VARIEDADES,8132
*