João de Deus

*

BARBARA GANCIA

Experiência de fé?
————————————————–
De cada cinco pessoas que andam pela rua principal de Abadiânia, duas se locomovem de cadeira de rodas
————————————————–

ATÉ A SEMANA passada, nunca tinha ouvido falar em João de Deus. Mas no último domingo fui almoçar na casa de um amigo e acabei saindo de lá decidida a ir até Abadiânia (GO) para conhecer o trabalho do homem que é considerado o sucessor de Chico Xavier.

Luiz Pastore, o amigo que ofereceu o almoço, vem a ser a mesma pessoa que hospedou, no fim do ano, em Paraty (RJ), Christian Martin Wölffer, 70, o empresário alemão que morreu depois de ser atropelado por uma embarcação. Saiu em todos os jornais e telejornais, e até agora a polícia não identificou o responsável pelo acidente.

Quando veio recuperar o corpo do pai para levá-lo de volta aos EUA, a filha de Christian Wölffer passou uns dias na casa de Luiz. E deu a ele o DVD de um documentário realizado no Brasil, que ela ajudou a produzir, intitulado “John of God”.

João de Deus é um médium espírita que realiza “cirurgias espirituais” na mesma linha de Zé Arigó, que nos anos 60 ficou famoso por “incorporar” o “doutor Fritz”. E, como Luiz sofre de um sério problema no quadril que o faz padecer de dores constantes, resolvemos interpretar a sincronicidade dos fatos como uma espécie de chamamento.

Formamos um grupo de quatro pessoas com Luiz, um funcionário dele que está com câncer na medula, o cineasta Bruno Barreto, que foi de curioso, e eu, que entrei na história por conta de uma doença na família.

Chegamos à pequena Abadiânia, localizada a 115 km de Brasília, na tarde de terça-feira. Não imaginava que um povoado com cerca de 10 mil habitantes nos cafundós de Goiás pudesse ser um destino internacional tão requisitado.

A cidade, que mais parece uma grande enfermaria, gira em torno da Casa D. Inácio de Loyola, onde são realizadas as “cirurgias” em cerca de 800 pessoas ao dia. De cada cinco visitantes que andam pela rua, dois se locomovem de cadeira de rodas. E ao menos quatro são estrangeiros.

Para acomodar essa clientela, os cartazes do comércio de Abadiânia são escritos em inglês e há uma profusão de tradutores trabalhando na cidade, que é toda equipada por rampas de acesso para deficientes.

Na quarta-feira, antes de o sol raiar, nós já estávamos na casa, eu com a foto do meu familiar embaixo do braço e Bruno com sua câmera de filmagem rodando a mil. Depois de uma reza, o médium começou a operar diante de todos os presentes. Abro aqui um parêntese para esclarecer que não sou mais tonta do que a média. Pois eu vi com meus olhos (que a terra há de comer e sofrer para digerir) médium João abrir um talho de 5 cm no seio de uma mulher sem que ela esboçasse a mínima reação. Ele então enfiou a ponta de uma tesoura cirúrgica dentro do corte e cutucou a incisão com vigor. Mas apenas umas poucas gotas de sangue escorreram sobre o peito da “paciente”. Finalmente, ele retirou lá de dentro o que parecia ser um caco de cristal, bateu no ombro dela e disse: “Pode ir”.

Depois da cerimônia, ainda meio grogue pela intensidade dos eventos presenciados, conheci um americano que alega ter sido curado de cegueira.

Estive também com um engenheiro formado em Stanford que diz ter se livrado de convulsões.

Não me pergunte se voltei de Abadiânia cética ou crédula. Certas manifestações não se questionam, cabe apenas vivenciá-las. O tempo dirá se Luiz, seu funcionário e meu familiar irão ou não se restabelecer.

barbara@uol.com.br
www.barbaragancia.com.br
*
Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff0602200903.htm
JFSP 06FEV09C2
*
Publiquei:
SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com
*
Janelas da Alma:
https://sites.google.com/site/eudisonleal/
*

Harvard

*

Harvard

20 Conselhos para melhorar qualidade de vida.

As universidades de Harvard e Cambridge publicaram recentemente um compêndio com 20 conselhos saudáveis para melhorar a qualidade de vida de forma prática e habitual.

1- um copo de suco de laranja diariamente para aumentar o ferro e repor a vitamina C.

2- salpicar canela no café (mantém baixo o colesterol e estáveis os níveis de açúcar no sangue).

3- trocar o pãozinho tradicional pelo pão integral que tem quase 4 vezes mais fibra, 3 vezes mais zinco e quase 2 vezes mais ferro que tem o pão branco.

4- mastigar os vegetais por mais tempo. Isto aumenta a quantidade de químicos anticancerígenos liberados no corpo. Mastigar libera sinigrina. E quanto menos se cozinham os vegetais, melhores efeitos preventivos têm.

5- adotar a regra dos 80%: servir-se menos 20% da comida que ia ingerir evita transtornos gastrintestinais, prolonga a vida e reduz o risco de diabetes e ataques de coração.

6- o futuro está na laranja, que reduz em 30% o risco de câncer de pulmão.

7- fazer refeições coloridas como o arco-íris. Comer uma variedade de vermelho, laranja, amarelo, verde, roxo e branco em frutas e vegetais, cria uma melhor mistura de antioxidantes, vitaminas e minerais.

8- comer pizza. Mas escolha as de massa fininha. O Licopene, um antioxidante dos tomates pode inibir e ainda reverter o crescimento dos tumores; e ademais é melhor absorvido pelo corpo quando os tomates estão em molhos para massas ou para pizza.

9- limpar sua escova de dentes e trocá-la regularmente. As escovas podem espalhar gripes e resfriados e outros germes. Assim, é recomendado lavá-las com água quente pelo menos quatro vezes à semana (aproveite o banho no chuveiro), sobretudo após doenças quando devem ser mantidas separadas de outras escovas.

10- realizar atividades que estimulem a mente e fortaleçam sua memória… Faça alguns testes ou quebra-cabeças, palavras-cruzadas, aprenda um idioma, alguma habilidade nova… Leia um livro e memorize parágrafos.

11- usar fio dental e não mastigar chicletes. Acreditem ou não, uma pesquisa deu como resultado que as pessoas que mastigam chicletes têm mais possibilidade de sofrer de arteriosclerose, pois tem os vasos sanguíneos mais estreitos, o que pode preceder a um ataque do coração. Usar fio dental pode acrescentar seis anos a sua idade biológica porque remove as bactérias que atacam aos dentes e o corpo.

12- rir. Uma boa gargalhada é um ‘mini-workout’, um pequeno exercício físico: 100 a 200 gargalhadas equivalem a 10 minutos de corrida. Baixa o estresse e acorda células naturais de defesa e os anticorpos.

13- não descascar com antecipação. Os vegetais ou frutas, sempre frescos, devem ser cortados e descascados na hora em que forem consumidos. Isso aumenta os níveis de nutrientes contra o câncer.

14- ligar para seus parentes/pais de vez em quando. Um estudo da Faculdade de Medicina de Harvard concluiu que 91% das pessoas que não mantém um laço afetivo com seus entes queridos, particularmente com a mãe, desenvolvem alta pressão, alcoolismo ou doenças cardíacas em idade temporã.

15- desfrutar de uma xícara de chá. O chá comum contém menos níveis de antioxidantes que o chá verde, e beber só uma xícara diária desta infusão diminui o risco de doenças coronárias. Cientistas israelenses também concluíram que beber chá aumenta a sobrevida depois de ataques ao coração.

16- ter um animal de estimação. As pessoas que não têm animais domésticos sofrem mais de estresse e visitam o médico regularmente, dizem os cientistas da Cambridge University. Os mascotes fazem você sentir se otimista, relaxado e isso baixa a pressão do sangue. Os cães são os melhores, mas até um peixinho dourados pode causar um bom resultado.

17- colocar tomate ou verduras frescas no sanduíche. Uma porção de tomate por dia baixa o risco de doença coronária em 30%, segundo cientistas da Harvard Medical School.

18- reorganizar a geladeira. As verduras em qualquer lugar de sua geladeira perdem substâncias nutritivas, porque a luz artificial do equipamento destrói os flavonóides que combatem o câncer que todo vegetal tem. Por isso é melhor usar á área reservada a ela, aquela caixa bem embaixo.

19- comer como um passarinho. A semente de girassol e as sementes de sésamo nas saladas e cereais são nutrientes e antioxidantes. E comer nozes entre as refeições reduz o risco de diabetes.

20- e, por último, um mix de pequenas dicas para alongar a vida:

-comer chocolate. Duas barras por semana estendem um ano a vida. O amargo é fonte de ferro, magnésio e potássio.

– pensar positivamente. Pessoas otimistas podem viver até 12 anos mais que os pessimistas, que ademais pegam gripes e resfriados mais facilmente.

– ser sociável. Pessoas com fortes laços sociais ou redes de amigos têm vidas mais saudáveis que as pessoas solitárias ou que só têm contato com a família.

– conhecer a si mesmo. Aqueles que priorizam o ‘ser’ sobre o ‘ter’ têm 35% de probabilidade de viver mais tempo.

Uma vez incorporados, os conselhos, facilmente tornam-se hábitos… É exatamente o que diz uma certa frase de Sêneca:’

‘Escolha a melhor forma de viver e o costume a tornará agradável’!

*
Colaboração:
Telma Canettieri Ferrari
Pindamonhangaba-SP
*
Publicado em:
SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*
Visite:
Janelas da Alma
https://sites.google.com/site/eudisonleal/
*