52 ESE Capítulo 18

*

Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos

Fonte:
O Evangelho Segundo o Espiritismo
Allan Kardec
Capítulo XVIII – Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
– Jesus
Transcrição literal:

CAPÍTULO XVIII
MUITOS OS CHAMADOS, POUCOS OS ESCOLHIDOS

Falando ainda por parábolas, disse-lhes Jesus: O reino dos céus se assemelha a um rei que, querendo festejar as bodas de seu filho, – despachou seus servos a chamar para as bodas os que tinham sido convidados; estes, porém, recusaram ir. – O rei despachou outros servos com ordem de dizer da sua parte aos convidados: Preparei o meu jantar; mandei matar os meus bois e todos os meus cevados; tudo está pronto; vinde às bodas. – Eles, porém, sem se incomodarem com isso, lá se foram, um para a sua casa de campo, outro para o seu negócio. – Os outros pegaram dos servos e os mataram, depois de lhes haverem feito muitos ultrajes. – Sabendo disso, o rei se tomou de cólera e, mandando contra eles seus exércitos, exterminou os assassinos e lhes queimou a cidade. Então, disse a seus servos: O festim das bodas está inteiramente preparado; mas, os que para ele foram chamados não eram dignos dele. Ide, pois, às encruzilhadas e chamai para as bodas todos quantos encontrardes. – Os servos então saíram pelas ruas e trouxeram todos os que iam encontrando, bons e maus; a sala das bodas se encheu de pessoas que se puseram à mesa.
*
*
***