54 Aborto

*

Portugal aprova legalização do aborto

da BBC, em Londres @ 11/02/2007 – 19h50

Os portugueses aprovaram neste domingo em referendo uma mudança na lei do país para legalizar o aborto com até dez semanas de gestação.

Faltando apurar os votos em apenas nove localidades de um total de 4.260, o sim (pró-aborto) vinha vencendo com 59,3% dos votos válidos, contra 41,1% dos votos para o não.

A alta abstenção marcou o referendo – mais de 50% dos eleitores não participaram da votação.

A lei portuguesa estipula que pelo menos metade dos eleitores precisavam votar no referendo para obrigar o Parlamento a adotar a mudança.
*
Leia notícia completa:
http://noticias.uol.com.br/bbc/2007/02/11/ult2363u9405.jhtm
*
*
Amigo visitante deste blog,
Por favor,
Reflitamos: o aborto é um crime.

Façamos nossas preces para que o Brasil tenha bom-senso e não adote o aborto.

Acredito que haverá um comprometimento da felicidade das famílias portuguesas no médio e longo prazo.

Para cada ação uma reação. Lei inexorável.

Leal
ep-leal@uol.com.br
http://sinapseslinks.blogspot.com
*
*
***

52 Criatividade!

*

Escola do Escritor

Curso: Segredos para Despertar a sua Criatividade.
Professor: Armando Alexandre dos Santos.
Realizado em 10fev2007.

Confrades de ideal, salve!
Agradeço a cada um de vocês a oportunidade do re-encontro.
Certamente esta não é a primeira vez que nos encontramos, pois, empatia não é um fenômeno gratuíto e, ou, fortuíto.
Muito obrigado a cada um de vocês, pois muito aprendi com cada um.
Sejam abençoados!
Até a próxima!
Deixo o abraço fraterno para João Scortecci e a Maria Esther Perfetti.
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida.
ep-leal@uol.com.br
http://sinapseslinks.blogspot.com
*
*
***

52 Fuja do Desâmimo!

*

Fuja do Desâmimo!

É incrível como a motivação contagia. Você já percebeu que quando estamos ao lado de alguém motivado também ficamos melhor? É por isso que temos uma forte tendência a gostar mais das pessoas alegres, felizes e de bem com a vida. Mas o contrário também acontece!

A desmotivação contagia da mesma forma. Sabe quando você pergunta para alguém: “Tudo bem?” e ela responde: “Ah, vai indo”, com um desânimo que chega irritar? A primeira coisa que faço é me perguntar onde ela pretende chegar com toda essa “disposição”. E a segunda é dizer que eu estou muito bem, já tentando afastar possibilidade de me contagiar com a desmotivação. Num artigo escrito com exclusividade para a revista Motivação, em março, o especialista Paulo Angelim disse que as pessoas precisam blindar sua mente para evitar o contágio com a desmotivação. “Precisamos vitaminar, alimentar e exercitar nossa mente, para criar nela um campo de força, um escudo capaz de conviver com esses ataques e não sucumbir diante deles.”

E como fazer isso? Bem, há várias formas. Uma das principais é prestar atenção nos desmotivados e ficar alerta para não nos contagiarmos com o desânimo deles. Se possível, tente passar energias positivas para essas pessoas. Talvez assim, você, além de ajudar alguém, ainda elimine um foco de contágio da desmotivação.

Outras maneiras de fazer isso é ler textos positivos, ouvir mensagens motivacionais e procurar se aproximar de pessoas alegres.

E nunca esqueça de que independente do lugar onde estiver ou de quem está por perto, depende essencialmente de você elevar ou diminuir sua motivação. Como diz Angelim em seu artigo, o ambiente pode, se você permitir, influir em quem você é ou em quem você poderá vir a ser. “Seus atos são reflexos do que você crê. E o que você crê é reflexo do que você usa para alimentar sua mente, seja em suas leituras ou em seus relacionamentos.” Preste muita atenção no que está lendo, vendo e com tem conversado. E não se deixe contagiar pela desmotivção!
Motive-se! Um grande abraço.

Karen Jardzwski
Editora-executiva
E-mail: karen@motivaonline.com.br
*
Colaboração: Mário Leal Filho – São Paulo-SP – Brasil
*
*
***