52 Sentimentos Descontrolados

*

La razón y el sentimiento

Son fragmentos del libro de Lucia Etxebarria
“Un milagro en equilibro”,
pero antes de que digan algo,
lo se…. nadie es profeta en su blog.

“La tristeza es una sensación antes que una reacción.
Lo razonable nada tiene que ver con lo sensible.”

“No disponemos de más armas que la razón para combatir los sentimientos.”

“El mundo es patrimonio de quien impone voluntad a sus emociones.”
*
Fonte:
http://desdechilangolandiaconamor.blogspot.com/
*
*
***

Anúncios

54 História da Terra

*

História da Terra

Projeto tenta ordenar a história da Terra.
Liderada por geólogo americano, iniciativa quer estabelecer datas precisas dos principais eventos na evolução da vida.
Vide artigo completo:
Fonte: Jornal Folha de São Paulo
02jan2007 – página A14

(números em milhões de anos)

Era Paleozóica

A=550 – Cambriano
B=510 – Ordoviciano
C=438 – Siluriano
D=410 – Devoniano
E=355 – Carbonífero
F=290 – Permiano

Era Mesozóica

G=252 – Triássico
H=205 – Jurássico
I=135 – Cretácio

Era Cenozóica

J=65 – Paleoceno
K=56 – Eoceno
L=35 – Oligoceno
M=23 – Mioceno
N=5 – Piloceno
O=2 – Pleistoceno
P=10 mil anos – Holoceno
*
*
***

52 ESE Capítulo 04

*

Ninguém pode ver o reino de Deus se não nascer de novo

Fonte:
O Evangelho Segundo o Espiritismo
Allan Kardec
Capítulo IV – Ninguém pode ver o reino de Deus se não nascer de novo – Jesus
Transcrição literal:

1. Jesus, tendo vindo às cercanias de Cezaréia de Filipe, interrogou assim seus discípulos: “Que dizem os homens, com relação ao Filho do Homem? Quem dizem que eu sou?” – Eles lhe responderam: “Dizem uns que és João Batista; outros, que Elias; outros, que Jeremias, ou algum dos profetas.” – Perguntou-lhes Jesus: “E vós, quem dizeis que eu sou?” – Simão Pedro, tomando a palavra, respondeu: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.” – Replicou-lhe Jesus: “Bem-aventurado és, Simão, filho de Jonas, porque não foram a carne nem o sangue que isso te revelaram, mas meu Pai, que está nos céus.” (S. Mateus, cap. XVI, vv. 13 a 17; S. Marcos, cap. VIII, vv. 27 a 30.)
*
*
***