54 A Dor

*

Porque Sentimos Dor

A DOR que sentimos é um mecanismo que a natureza criou para advertir-nos de que algo não está bem.

Doenças e lesões, agudas ou crônicas, são as causas mais comuns que provocam o aparecimento da sensação dolorosa, ativando as terminações nervosas distribuídas por todo o organismo.

Estas são as portas de entrada para os estímulos nocivos que provocam a dor, a qual será identificada pelo cérebro, conscientizando-nos da importância e da grandeza da lesão.

A DOR se manifesta de duas maneiras principais: a dor aguda, resultante de um trauma, por exemplo, ajuda-nos a nos defender de maiores agressões, pois logo que sentida faz com que nos afastemos da causa que a originou.

A segunda maneira, prolongada e muitas vezes crônica, é sentir a dor que ficou no local machucado e que permanecerá nos incomodando até a completa cura do processo.

É o mesmo tipo de dor que sentimos quando alguma doença atinge nosso corpo ou algum de seus órgãos.

A DOR nos deprime e nos impede de fazer nossas atividades diárias da forma como estamos acostumados, gerando mau humor, impaciência e desgosto.

Sabemos, então, que é preciso procurar um médico. Ele nos ajudará a curar a causa da dor e a controlar as dores dela provenientes. Para tratar a dor, ele vai receitar medicamentos que agem nas terminações nervosas, nos processos inflamatórios e no nosso cérebro, acalmando-nos e melhorando as sensações desagradáveis.

Medicamentos analgésicos, sedativos e antiespasmódicos são freqüentemente associados na busca do alívio da dor e dos sintomas por ele causados.

Dr. Manuel Luiz Moreira de Souza Ex-presidente da Sociedade Brasileira de Anestesiologia; Ex-presidente da Sociedade de Anestesiologia do Estado de São Paulo; Docente de Estudo e Treinamento da Beneficiência Portuguesa de São Paulo.
*
*
***

52 Salve uma Criança!

*

Ajude a Salvar uma Criança!

Caso você tenha uma ligação profissional e ou amorosa muito forte com criança (s) entendo ser muito importante sua visita ao site :

http://www.criancaeconsumo.org.br

Ajude a defender as crianças das manipulações do sistema televisivo . Antes de serem transformadas em consumidoras obsessivas ela tem direito a serem estruturadas como cidadãs .
Um abraço
Mario Leal Filho – São Paulo-SP – Brasil
*
*
***

58 Mensagem de um Pai

*

Mensagem de um Pai

Filho, permite-me, hoje, ser apenas humano. Não um herói ou um super-homem, mas apenas humano, com defeitos e limitações. Não um gigante, mas alguém que, como você, tem um limite para cada passo. Espero que isso não o surpreenda.

Filho, permite-me, hoje, dizer-te que sinto dores e aflições, medos e dúvidas e, por isso, choro. Choro como você, lágrimas sentidas, lágrimas amargas, lágrimas tristes. Tão tristes que me queimam. Espero que acredites.

Filho, permite-me, hoje, olhar-te com olhos de gente. Não com olhos de raio X, adivinhando-te cada pensamento, cada sentimento, para corresponder-te às expectativas, mas com olhos de quem espera também ser visto em detalhes.
Espero que não seja pedir-te muito.

Filho, permite-me, hoje, caminhar ao teu lado. Não quero segurar-te a mão, nem indicar-te o caminho. Quero apenas ter-te ao meu lado, quero que me faças companhia, que caminhes comigo alguns passos. Espero que estejas
disponível.

Filho, permite-me, hoje, reconhecer que também cometo erros, tantos quanto você, e que, se o faço, não é porque quero, mas porque sou tão imperfeito quanto qualquer outro ser humano. Espero que não te decepciones.

Filho, permite-me, hoje, calar. O silêncio, às vezes, fala muito mais do que muitas palavras e chega mais depressa ao coração. Espero que compreendas.

Filho, permite-me, hoje, mostrar-te minhas feridas. Sim, tenho feridas e cicatrizes. São minhas, é verdade, mas quero que as conheças, para que vejas que sou humano como tu. Espero que não te envergonhes delas.

Filho, permite-me, hoje, contar-te minhas alegrias, meus sonhos e minhas crenças. Eles falam muito de mim e mostram um lado meu que poucos conhecem. Espero que possam sensibilizar-te.

Filho, permite-me, hoje, trazer-te minhas memórias. Algumas são alegres, outras são tristes, mas são as minhas memórias. São elas que me fazem o que sou. E são um pouco tuas também. Espero que possas aceitá-las.

Filho, permite-me, hoje, abraçar-te sem receio. Talvez eu nunca tenha feito isso, mas é porque eu nunca soube mesmo como fazer. Espero que possas me ensinar.

Filho, permite-me, hoje, sorrir-te novamente. Nunca fui muito dado a sorrisos, mas foi assim que aprendi que um pai deve ser. Espero que sejas capaz de entender.

Filho, permite-me, hoje, abrir-te meu coração. Ele não é de pedra, como, muitas vezes, dei a entender. Ele bate como o teu e quero que o sintas com as tuas mãos. Espero que estejas receptivo.

Filho, permite-me, hoje, voltar a ser teu pai. Estive ausente, é verdade. Errei muito, reconheço. Mas nunca deixei de ser teu pai. E é assim que me sinto agora. Espero que possas me reconhecer e aceitar.

Nota: recebido espiritualmente em 8/out/2006
por Maísa Intelisano – alfamintelis@yahoo.com
Fonte: http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=5445
*
*
***

54 Plantas Medicinais

*

Algumas Plantas Medicinais

UFMS
HORTA ORGÂNICA

ALCACHOFRA – Cynara scolymus
Diurético. Contra diabete, mau colesterol, problemas no fígado, hipertiroidismo, pressão alta, fraqueza, emagrecimento, asma.

ALECRIM – Rosmarinus officinalis
Antisséptico pulmonar, antidepressivo, calmante, auxiliar em problemas de memória, estafa, cansaço mental, afecções das vias respiratórias. Popularmente, é utilizado para afastar os maus sonhos e é símbolo da amizade e da alegria de viver.

ARNICA – Arnica montana
Compressa local em reumatismo, contusões. Não se deve usá-la em cortes, feridas. O uso como chá deve ser somente sob orientação médica.

BOLDO – Peumus boldus
Desintoxicante do fígado, diurético, antidiarréico e estimulante do apetite.

CALÊNDULA – Calendula officinalis
Antisséptico, cicatrizante, para afecções da pele em geral.

CAMOMILA – Matricaria chamomilla
Calmante, sedativo, combate a irritabilidade excessiva, dores de cabeça e tensôes. É uma planta poderosa como restauradora das forças e do equilíbrio orgânico. Também é muito benéfica e eficaz nas moléstias de pele.

CANELA EM CASCA – Cinnamomum zeylanicum
Depurativa, diurética, anti-séptica, resolutiva, tônica, afrodisíaca, anti-reumática, diurética e aromática.

CAPIM CIDREIRA – Cymbopogom citratus
Digestivo, anti-reumático, calmante, sudorífero, febrífugo. Contra dores musculares, afecções cardíacas e gases intestinais.

CARQUEJA – Bacharis tripetra
Diurético, estimulante do fígado e digestivo.

CÁSCARA SAGRADA – Rhamnus purshiana
Laxante suave em pequenas doses. Em doses maiores, é um forte purgante e excita a secreção da bílis.

CENTELHA ASIÁTICA – Hidrocotyle asiatica
Atua no sitema linfático. Excelente para combater celulite, gordura localizada. Circulatória, preventiva contra rugas. Revitalizante. Estimula a memória e o aprendizado.

ERVA CIDREIRA – Lippia citriodora
Eficaz no combate à insônia e doenças nervosas como a melancolia. Extremamente calmante, auxiliar nas afecções do coração.

ERVA DOCE – Pimpinella anisus
Expectorante, digestiva, estimula o amadurecimento dò indivíduo e auxilia a remover as consequências das percepções não completamente assimiladas.

EUCALIPTO – Eucaliptus citriodora
Balsâmico, expectorante, antiasmático, combate distúrbios respiratórios como sinusite, bronquite, etc.

FUCUS – Fucus vesiculosus
Anticelulite, acelera o metabolismo celular.

GINCO – Gingko biloba
Auxiliar no tratamento de úlceras varicosas, flebites. Atua nos radicais livres, combatendo-os. Promove maior oxigenação cerebral. Excelente para problemas de memória e stress.

GRAVIOLA – Anona muricata Linné
Antiespasmódico, antidesintérica, anti-reumática, antinevrálgica, parasiticida, diurética. Existem estudos e pesquisas comprovadas mostrando que a graviola tem excelentes efeitos para redução de tumores malignos.

GUACO – Mikania guaco
Antisséptico das vias respiratórias, expectorante, antiasmático, febrífugo, antigripal, sudorífero, anti-reumático e cicatrizante.

MARACUJÁ – Passiflora alata
Tranqüilizante do sistema nervoso. Usado nos casos de excitação nervosa e emocional. Favorece o sono sem causar depressão.

MELISSA – Melissa officinalis
Usada para insônia, enxaquecas, tensão nervosa, neurastemia, ansiedade, antiespasmódica, sedativa, estimulante do chacra cardíaco. No aspecto místico, fortalece o amor.

PORANGABA – CHÁ DE BUGRE – Cordia encalyculata
Diurético, previne e reduz depósito de gordura e celulite. Utilizar sob forma de chás.

QUEBRA-PEDRA – Phyllantus niruri
Dissolve areia e cálculos renais. Diurética, fortificante do estômago, analgésica e relaxante muscular. Contra enfermidades crônicas da bexiga, cistite e distúrbios da próstata.

SALVIA – Salvia officinalis
Antiinflamatório, usado em gargarejos contra a inflamação de garganta e em inalações para casos de sinusite. Adstringente, antiespasmódico, tônico e estimulante da digestão. Contra inapetência, edema, infecções da boca, afta, tosse, bronquite. Diminui a lactação.

SENE – Cassia angustifolia
Laxante e purgativo, porém sem perturbar de maneira acentuada as funções normais do tubo digestivo. É usado normalmente com um carminativo como o Anis. Contra-indicado na colite.

STEVIA – Stevia reubadiana
Adoçante, indicado nos casos de diabetes. É tônico do sistema vascular, usado em casos de fadiga, insônia e em emagrecimento. Este chá, pelo seu sabor doce, dispensa o açúcar.

UNHA DE GATO – Uncaria tormentosa
Casca do cipó, tratamento e prevenção de artrite e reumatismo, diabetes, câncer, acne, hemorróidas, tratamento de herpes e AIDS. É poderoso antioxidante.

UVA URSI – Arctostaphylos uva ursi
Antisséptico, diurético, contra cálculos renais e problemas do aparelho urinário.

VALERIANA – Valeriana officinalis
Poderoso calmante, antiespasmódico e com algumas virtudes vermífugas. Contra convulsão e dores de cabeça crônicas. A parte utilizada na medicina é a raiz. É, por excelência, o remédio das afecções nervosas.
*
Colaboração: Luciano de Almeida Peruci – São Paulo-SP – Brasil
Conheça mais: http://www.herbario.com.br
*
*
***