52 Agradecer!

*

Agradecer!

Somos todos Assistidos!
É importante que façamos sempre nosso Agradecimento.
Quando voltamos nossos olhos espirituais para o Alto e emanamos a mensagem de agradecimento, estamos, automaticamente, elevando nosso Padrão Vibratório.
Quanto mais alta a freqüência, maior a sensação da presença do Amor.
Façamos nosso Agradecimento.
Fraternalmente,
Leal
*
*
***

Anúncios

52 Alegria, Alegria e Alegria!

*

Alegria, Alegria e Alegria!

Nosso muito querido Irmão, Espírito José Grosso, recomenda:
Alegria, Alegria e Alegria!
Tudo na Vida é passageiro e necessário para nosso aprendizado.
*
*
***

52 Foco Mental

*

Pense!

Podemos escolher nosso próprio Foco Mental.
Temos uma tendência de alocar tempo em coisas negativas.
O mesmo tempo poderia ser utilizado em coisas positivas.
Pergunto:
Quais outras “trilhas” criamos e nelas nos atemos?
Você tem sugestões?
Você tem comentários?
Obrigado por se manifestar!
Fraternalmente,
Leal – ep-leal@uol.com.br
*
*
***

Atire a Primeira Pedra

*

Atire a Primeira Pedra

Livro: O Evangelho Segundo o Espiritismo
Capítulo X – BEM-AVENTURADOS OS QUE SÃO MISERICORDIOSOS
Perdoai, para que Deus vos perdoe: 1 a 4
Reconciliação com os adversários: 5 e 6
O sacrifício mais agradável a Deus: 7 e 8
O argueiro e a trave no olho: 9 e 10
Não julgueis, para não serdes julgados
Atire a primeira pedra aquele que estiver sem pecado: 11 a 13
Instruções dos Espíritos: Perdão das ofensas: 14 e 15
A indulgência: 16 a 18
É permitido repreender os outros, notar as imperfeições de outrem, divulgar o mal de outrem?: 19 a 21.

***

Não julgueis, para não serdes julgados.

Atire a primeira pedra aquele que estiver sem pecado.

11. Não julgueis, a fim de não serdes julgados; – porquanto sereis julgados conforme houverdes julgado os outros; empregar-se-á convosco a mesma medida de que voz tenhais servido para com os outros. (S. MATEUS, cap. VII, vv. 1 e 2.) 12. Então, os escribas e os fariseus lhe trouxeram uma mulher que fora surpreendida em adultério e, pondo-a de pé no meio do povo, – disseram a Jesus: “Mestre, esta mulher acaba de ser surpreendida em adultério; – ora, Moisés, pela lei, ordena que se lapidem as adúlteras. Qual sobre isso a tua opinião?” – Diziam isto para o tentarem e terem de que o acusar. Jesus, porém, abaixando-se, entrou a escrever na terra com o dedo. – Como continuassem a interrogá-lo ele se levantou e disse: “Aquele dentre vós que estiver sem pecado, atire a primeira pedra.” – Em seguida, abaixando-se de novo, continuou a escrever no chão. – Quanto aos que o interrogavam, esses, ouvindo-o falar daquele modo, se retiraram, um após outro, afastando-se primeiro os velhos. Ficou, pois, Jesus a sós com a mulher, colocada no meio da praça. Então, levantando-se, perguntou-lhe Jesus: “Mulher, onde estão os que te acusaram? Ninguém te condenou?” – Ela respondeu: “Não, Senhor.” Disse-lhe Jesus: “Também eu não te condenarei. Vai-te e de futuro não tornes a pecar.” (S. JOÃO, cap. VIII, vv. 3 a 11.)
*
*
***